NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 28 de março de 2016

GANHAR SEM PALAVRAS

"Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à Palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra; Considerando a vossa vida casta, em temor." (1 Pedro 3:1-2)

 A Palavra de Deus é o manual de vida, e, se a seguirmos, se a colocarmos em prática, seremos vitoriosos em todas as situações. O apóstolo Pedro aqui traz ensinamentos sobre como as mulheres devem se portar. Infelizmente, vemos inúmeros lares que são comandados, dominados pelas esposas, e isso com a concordância do marido, e geralmente nessas casas, nessas famílias, há bagunça e desordem, não raro quando termina o casamento em divórcio. As mulheres cristãs ou as que se dizem cristãs devem mostrar a obediência aos preceitos do Senhor não só fora, mas, principalmente, em casa, em família, porque se têm um marido descrente, pelo seu comportamento, fé e obediência o conquistarão     e o conduzirão à presença do Senhor. É necessário entender que o homem é o cabeça da mulher, assim como Cristo é o cabeça da Igreja. Portanto, as esposas devem procurar ser submissas ao seu marido, mas também é necessário entender o que é submissão ao marido, porque muitas são as mulheres que não sabem o que é essa submissão. Evidentemente que nenhuma mulher deve se submeter a escárnio, adultério, traições do marido; não pode aceitar violências físicas ou psicológicas do esposo, para esses casos existem as leis terrenas. Também a mulher tem que entender que a submissão ao marido vem em segundo lugar, porque em primeiro vem a submissão ao Senhor. Evidentemente, quando existe conflito entre os mandamentos de Deus e o marido, a mulher deve seguir e obedecer ao Senhor. Assim, não justifica mulheres que dizem não ir à igreja, ao templo, porque o marido não gosta ou não permite. Temos que entender que casamento não é um cativeiro, e sim uma convivência harmoniosa entre dois seres imperfeitos, com o objetivo de fazer um relacionamento perfeito. Mas se existe violência, prisão, que se busquem as leis, afinal, em nosso país existe a Lei Maria da Penha para isso. Mas jamais se divorciar, pois o que Deus uniu o homem não separa.
 "O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de joias de ouro, na compostura dos vestidos; Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus." (1 Pedro 3:3-4). As mulheres casadas, principalmente, devem observar a maneira de se vestir, os adornos, as joias que usam, a maquiagem, porque muitas usam roupas totalmente incompatíveis com o proceder cristão. Vemos mulheres casadas com roupas muito justas, mostrando o contorno do corpo, delineando as partes íntimas. Outras fazem questão de usar decotes que a melhor palavra que podemos usar para qualificá-los é indecente, porque mal cobrem os bicos dos peitos. Ainda usam maquiagem de uma maneira que chega a ser vulgar, umas cores berrantes de batom, para que deixem seus lábios mais sensuais; usam esmaltes nas unhas de cores berrantes para chamar a atenção. Sabemos que a mulher se veste mais para se mostrar a outras mulheres do que propriamente aos homens, mas as que assim procedem estão não só pecando como fazendo outras pecarem, e, portanto, não somente prestarão contas da sua própria alma como de todos os que se desviaram, pecaram por sua causa. Claro que não estamos dizendo que as mulheres, principalmente as esposas, não devem se maquiar, ou usar batom, mas que usem algo discreto, de acordo, que não venha a servir de tropeços. Óbvio que devem se vestir bem, principalmente se a condição financeira permite, mas que esse vestir não seja nada catalogado como sexual ou indecente. O seu interior deve ser realmente limpo, lindo, adornado para o Senhor. Fazemos questão de frisar que não é a calça ou o vestido que faz a diferença, mesmo porque a Palavra de Deus não condena nem a calça nem o vestido, mas sim como são essas vestes. Portanto, vista calça ou vestido, mas que sejam decentes. "Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos; Como Sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor; da qual vós sois filhas, fazendo o bem, e não temendo nenhum espanto." (1 Pedro 3:5-6). Respeitar os seus maridos é um mandamento do Senhor, portanto deve se pensar muito antes de tomar a decisão de se casar, para não trazer vergonha para casa, ou para a sua família, que é constituída de marido e mulher, filhos são somente o complemento. As esposas devem amar e respeitar os seus maridos, e lhes obedecer de acordo com a Palavra de Deus.
 "Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações."(1 Pedro 3:7). Os homens casados, os maridos devem sempre dar honra a suas esposas, devem aprender a amá-las assim como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela. Viver, conviver com as esposas com entendimento, sabendo que elas são mais frágeis e não são idênticas aos homens. Afinal, são mulheres e têm as suas características, prova tal que são capazes de gerar outro ser humano em seu ventre. Entender que, mesmo nessa fragilidade feminina, elas são mais fortes em muitas situações dos que os homens, do que os seus maridos. Entender e compreender as ações e reações da esposa e saber que ela não é inferior, mas igual. Portanto, não se pode tratar com desdém, violência ou superioridade, mas com amor, sabendo que juntos formam um só corpo, porque, ao casar, tornaram-se uma só carne, até que a morte os separe. O marido que não ama, não cuida da esposa não será ouvido por Deus, por mais que ore e clame ao Senhor. Jamais podem existir adultério ou traições, porque, ao trair a esposa, ou seja, envolver-se sentimentalmente ou sexualmente com outra mulher, está não somente traindo a esposa, mas, principalmente, o Senhor que os uniu. Não podemos esquecer que os adúlteros não herdarão o Reino de Deus. Também jamais esquecer que a obrigação do marido é amar, proteger, cuidar da esposa. "E, finalmente, sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, amando os irmãos, entranhavelmente misericordiosos e afáveis." (1 Pedro 3:8). Todos devem aprender a viver de acordo com a Palavra de Deus, porque os que praticam o Evangelho de Jesus Cristo desfrutam não só de um casamento feliz e abençoado, como tudo o que os cerca é de paz. A esposa deve amar seu marido e lhe obedecer, assim como o marido deve fazer o mesmo, para que ambos desfrutem da Graça do Senhor, e juntos busquem sempre a presença do Senhor, busquem conhecê-lo e se submeterem a Ele, aprendendo que todos nós devemos ser seus servos. Pratiquemos o Evangelho e aprendamos a perdoar todos, principalmente os da nossa casa, e jamais procuremos revidar ou sair vitoriosos em relação ao outro, porque a nossa vitória é alcançar a vida eterna. "Não tornando mal por mal, ou injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo; sabendo que para isto fostes chamados, para que por herança alcanceis a bênção. Porque quem quer amar a vida, E ver os dias bons, Refreie a sua língua do mal, E os seus lábios não falem engano. Aparte-se do mal, e faça o bem; Busque a paz, e siga-a. Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, E os seus ouvidos atentos às suas orações; Mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o mal." (1 Pedro 3:9-12). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário