NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

DEUS DESCONHECIDO PARA MUITOS

"E, enquanto Paulo os esperava em Atenas, o seu espírito se comovia em si mesmo, vendo a cidade tão entregue à idolatria." (Atos 17:16)

 Paulo, quando estava em Atenas, ficou inquieto, chateado, incomodado, quando se deparou com tão grande idolatria, porque por toda parte viam-se imagens de todos os tipos de deuses e de pessoas que o povo transformara em deuses após a sua morte. Não é muito diferente de vários lugares em que vamos e encontramos todos os tipos de imagens de santos e santas, de padroeiros e protetores. Mas, ao contrário do apóstolo Paulo, as pessoas hoje, que se dizem cristãs, que se dizem conhecedoras da Palavra, não se importam com isso, e acham até mesmo natural. Prova tal que muitos já concordam e dividem o altar, o púlpito com adoradores de imagens, dizendo que é o mesmo Deus, a mesma fé. Temos que compreender que temos a função de ser luz, de ensinar a Verdade, falar a Verdade, e não fazer acordos; temos que mostrar o Caminho. Ensinar que é idolatria, é pecado contra Deus, e os idólatras não herdarão o Reino de Deus; ensinar isso é amar a Deus e ao próximo. "De sorte que disputava na sinagoga com os judeus e religiosos, e todos os dias na praça com os que se apresentavam." (Atos 17:17). A fé de Paulo não era uma fé inativa, mas produtiva para o Reino de Deus, prova tal que ele não se calava e confrontava o pecado quando se deparava com pessoas o cometendo. Assim, em Atenas, ele não ficou somente chateado com a idolatria, mas externou essa chateação ensinando, demonstrando, provando que estava errado quem idolatrava qualquer imagem ou deuses que não o nosso Deus. Paulo confrontava os religiosos e mostrava-lhes o erro, por esse motivo ele foi o maior evangelizador do Novo Testamento, o que mais trabalhou para o Reino de Deus, foi um dos maiores apóstolos de Jesus. Mas nós acabamos concordando com o pecado, porque nos calamos, dizemos que temos que respeitar a religião dos outros. Mas não temos que falar de religião, temos que falar de Jesus, temos que ensinar a Verdade, ensinar o Evangelho, falar de Bíblia. É nosso dever mostrar que o Senhor condena todos os tipos de idolatria, que não existem outros deuses, que imagem de barro, pedra, gesso, ferro ou de ouro nada valem, a não ser para conduzir à morte. Ensinar que santos são todas as pessoas que vivem em santidade, e que ninguém pode fazer nada nem conduzir ninguém à salvação, a não ser Jesus Cristo.
 "E alguns dos filósofos epicureus e estóicos contendiam com ele; e uns diziam: Que quer dizer este paroleiro? E outros: Parece que é pregador de deuses estranhos; porque lhes anunciava a Jesus e a ressurreição." (Atos 17:18). Paulo ensinava sobre Jesus, falava de vida, de ressurreição, e por isso o chamavam de falador, paroleiro, mas isso não o fazia parar, se calar. As pessoas deveriam mostrar que todos nós temos a obrigação e o dever de respeitar o Senhor, respeitar Jesus Cristo, e não essa ou aquela religião. Nossa obrigação como pessoas que amam o próximo é falar e ensinar a verdade, e não concordar com o erro, com medo de ofender ou de ser acusado de qualquer coisa. Imagens e santos, santas, deuses não passam de imagens sem valor ou de demônios, e as pessoas têm que saber disso, deve-se-lhes ensinar que os mortos nada podem fazer por ninguém. Que após a morte nada podemos fazer para mudar a sorte de alguém, não podemos melhorar os seus caminhos e nem elas os nossos. Que não é missa de sete dias, de mês, anos que fará qualquer diferença; que vela, preta, branca ou de qualquer maneira, só é útil em um momento de falta de energia elétrica em nossas casas. Que quando se faz uma imagem ou que se a esteja adorando, estão indo contra o Senhor, estão se colocando como adversários Dele, e os adversários serão destruídos. "E tomando-o, o levaram ao Areópago, dizendo: Poderemos nós saber que nova doutrina é essa de que falas? Pois coisas estranhas nos trazes aos ouvidos; queremos pois saber o que vem a ser isto."(Atos 17:19-20). Paulo mostrava, provava que estavam enganados, e isso fez com que quisessem ouvi-lo. Nós temos a Bíblia, temos a Palavra de Deus, e por ela podemos provar que o que falamos está correto. Podemos mostrar em qualquer Bíblia que o Senhor abomina, condena qualquer imagem e qualquer adorador ou idólatra. As pessoas têm sede, querem conhecer a Verdade, e muitos vivem em erro exatamente pelo desconhecimento, porque aprenderam errado com os país, praticam uma tradição, erram tentando acertar. Infelizmente, faltam homens de Deus, pessoas sérias, comprometidas com o Evangelho, para confrontá-las, ensinar-lhes sem medo. Faltam pessoas que não tenham medo de pregar e ensinar a Verdade, de confrontar o pecado, não tenham medo de sofrer pelo Evangelho. Há pessoas que querem viver o modernismo, uma cultura mundana contra a Palavra de Deus, uma cultura que diz que respeitam as religiões de todos.

"(Pois todos os atenienses e estrangeiros residentes, de nenhuma outra coisa se ocupavam, senão de dizer e ouvir alguma novidade). E, estando Paulo no meio do Areópago, disse: Homens atenienses, em tudo vos vejo um tanto supersticiosos."(Atos 17:21-22). Esse abnegado servo de Deus mostrou que o povo era supersticioso, religioso, e estava aplicando a fé de maneira errada. Há os que praticam várias religiões, que adoram imagens e coisas, pessoas que adoram objetos ou pessoas, que rezam pelos mortos, que esperam algo dos mortos. Essas têm superstições, são religiosas, têm fé, mas estão aplicando a fé de maneira errada. Portanto, quando elas conhecerem a Verdade, serão não somente salvas como conduzirão muitas almas ao Senhor. As pessoas que dizem conhecer o Evangelho de Jesus Cristo têm que aprender a enfrentar qualquer reunião, agrupamento de pessoas, independentemente de religião, e falar de Jesus Cristo, falar do Caminho, da Salvação, da Vida. "Porque, passando eu e vendo os vossos santuários, achei também um altar em que estava escrito: AO DEUS DESCONHECIDO. Esse, pois, que vós honrais, não o conhecendo, é o que eu vos anuncio." (Atos 17:23). Paulo observou que aqueles atenienses tinham tantos deuses, tantas imagens que fizeram um Deus desconhecido, um Deus que eles não sabiam quem era. Mas essa é uma realidade, porque todos os que estão na idolatria, no engano, falam o Nome do Senhor, mas não conhecem o Deus que citam, porque, se assim fosse, não seriam idólatras. Se conhecessem Deus, saberiam a sua vontade, e não colocariam o seu Nome, que é maravilhoso, junto com nomes e imagens de mortos. O Deus que os idólatras citam é para eles um Deus desconhecido, porque não sabem o seu Poder nem as suas ordenanças, não conhecem e nem sabem o que Ele quer e espera de nós. O que eles conhecem é um deus morto, algo inanimado, e não sabem que o Senhor é um Deus vivo, real e zeloso, e que não divide a sua Glória com ninguém, que não aceita ou permite tentar relacioná-lo com qualquer coisa. "O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas; E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação; Para que buscassem ao Senhor, se porventura, tateando, o pudessem achar; ainda que não está longe de cada um de nós."(Atos 17:24-27).Temos que ensinar que nosso Deus é o Criador de tudo, e é Ele quem cuida de nós e de tudo, e que tudo deve se submeter a Ele, porque só Nele há vida. Temos que apresentar Jesus, apresentar o Evangelho, e não uma religião, temos que conduzir as pessoas à salvação, a Jesus. "Porque Nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração. Sendo nós, pois, geração de Deus, não havemos de cuidar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou à prata, ou à pedra esculpida por artifício e imaginação dos homens. Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos." (Atos 17:28-31). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário