NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

ADULTOS OU INFANTIS

"E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo." (1 Coríntios 3;1)

 Paulo faz um alerta sobre os crentes imaturos, os que são levados por toda sorte de doutrinas. Devemos entender que o crente infantil, imaturo, não é o novo crente, geralmente são pessoas que já estão há algum tempo frequentando uma denominação. São pessoas que muitas vezes defendem uma placa de igreja, uma denominação, religião ou até mesmo um pastor, um líder, independentemente de estarem de acordo com a Palavra de Deus. São pessoas que praticam e vivem uma doutrina de homens, que seguem à risca os preceitos denominacionais. Eles transformam a palavra de um pregador em uma verdade única, mesmo que esteja frontalmente contra a Palavra de Deus. Fecham os olhos para não verem os erros, as falhas que acontecem ao seu redor e geralmente utilizam algum versículo isolado para justificarem a sua inércia, porque, quando somos adultos, não fazemos a vontade da nossa carne, e, portanto, buscamos a Verdade e não permitimos o engano, e isso da parte de ninguém. Os verdadeiros filhos de Deus são sedentos da Palavra e sempre pesquisam, analisam, conferem se o que estão ensinando é a verdade, se realimente é o Evangelho de Jesus Cristo. "Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?"(1 Coríntios 3:2-3). Quando vamos ao Senhor, quando nos convertemos, somos bebês na fé, e nada sabemos, portanto começamos com leitinho. Iniciamos aos poucos, conhecendo a Verdade, sabendo quem é o Senhor e o que espera de cada um de nós. Assim, no início, não conseguimos e não temos condições de compreender muita coisa, mas, de acordo como vamos crescendo na fé, que vamos conhecendo mais o Senhor, conhecendo o Evangelho, temos que ir colocando em prática e aumentando o nosso crescimento espiritual. Desta maneira vamos adquirindo condições de discernir tudo, e, quando buscamos agradar ao Senhor, analisamos tudo de acordo com o Evangelho, entendemos o agir do Senhor, e, principalmente, qual é o comportamento que Ele espera de cada um de nós. Portanto, temos que saber que é Ele o nosso Mestre, e não os homens.
 "Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais?" (1 Coríntios 3:4). Não se vive defendendo denominações, como se a salvação viesse delas. Temos que entender que os templos denominacionais, igrejas, congregações são simplesmente lugares, locais para nos reunir e louvar, exaltar, glorificar o Senhor. São locais para se falar do Seu amor, para aprender mais da sua Palavra, e os pastores, líderes são simplesmente pessoas treinadas, capacitadas para ensinar a Verdade, ensinar o Caminho da Verdade, ensinar como trilhar o Caminho da Salvação, e esse ensino é o que o Senhor nos deixou. Assim, não é a opinião desses líderes que é importante e nem o prédio, as instalações. O importante é a palavra que é ensinada. Portanto, não importam denominações, se é uma grande denominação com vários templos, ou se é uma pequenina, não importa a qualidade das instalações, o que importa é o ensino e se lá se prega o Verbo. Templos denominacionais não são locais de recreação, não são locais para diversão ou para reunir amigos, mas simplesmente para louvar, agradecer ao Senhor e, principalmente, aprender a Palavra. Templo não é local de buscar mostrar, se exibir, nem de buscar bajulações, e sim de falar e ouvir Jesus. O pregador simplesmente é um instrumento do Senhor, uma ferramenta, e, portanto, tem que falar, ensinar somente a Palavra, independentemente de agradar ou não às pessoas. Não importa a denominação, temos que ser a igreja do Senhor, e não membros de uma denominação. Não existe uma necessidade, determinação de sempre frequentarmos a mesma denominação, mas de irmos sempre aonde se está ensinando e vivendo a Verdade, e isso independe de placa de igreja. "Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um?" (1 Coríntios 3:5). Denominações não são nada, e os defensores de placas do Senhor não vivem o Evangelho, são bebês, crianças na fé. Absolutamente nenhuma denominação pode conduzir alguém à salvação, quem conduz é Jesus, é a prática do seu Evangelho, que tem que ser ensinado nos templos. Temos que ser especialistas em falar do Evangelho, conhecer a vontade do Senhor, porque, se estivermos em um local, um templo congregacional, onde não estão vivendo e ensinando o verdadeiro Evangelho, devemos simplesmente sair, abandoná-lo, porque, se lá permanecermos, estaremos tomando parte nas suas obras, que são malignas.
 "Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento.
Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento. Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho."(1 Coríntios 3:6-8).
 Não importa a igreja, o templo em que nos convertemos, ou em que aceitamos Jesus, nem onde nos batizamos, o que importa é vivermos a Palavra de Deus. Não importa quem foi o pastor, o ministrante que nos ensinou inicialmente, porque simplesmente eles foram e são instrumentos do Senhor. Mas tudo e todos têm um objetivo claro, todos devem simplesmente adorar a Deus. Não se pode, em hipótese alguma, adorar ou exaltar pessoas, não importa quão ungido seja este ou aquele, porque a capacitação vem do Senhor, e não é nada para a glória de homens, mas do Senhor, todos têm que ser servos do Deus Altíssimo. O nosso galardão receberemos é do Senhor, e não de homens, não de pessoas, assim não se deve adorar homens, e nem ficar recebendo adoração. Receberemos nossas recompensas do Senhor de acordo com o nosso procedimento aqui. "Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus." (1 Coríntios 3:9). A função dos pastores é simplesmente ensinar, apresentar o Reino de Deus, é chamar o povo ao arrependimento, conduzi-lo ao Senhor. A função é cuidar das ovelhas do Senhor e não da própria, sabendo que todas são preciosíssimas para Jesus, que as comprou com o seu sangue. Nós somos os cuidadores, que temos a obrigação de cuidar da lavoura do Senhor. Temos a obrigação de apresentar bons frutos, boa produção, apresentar frutos saudáveis e bons para a obra do Senhor. Assim, temos o dever de apresentar os bons frutos, e não simplesmente apresentar uma grande quantidade, mas qualidade. Temos que apresentar uma lavoura de belos frutos, por menor que seja. Assim, não buscamos denominação, buscamos servir o Senhor, fazer a sua vontade, temos preocupação em sermos lavoura do Senhor, em sermos cooperadores de Deus. "Segundo a graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio arquiteto, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele." (1 Coríntios 3:10). O fundamento é Jesus, é sobre Ele que levantamos as nossas construções. Não falamos e nem podemos falar ou ensinar doutrinas e preceitos humanos. Não temos que agradar ninguém e nem ser rigorosos ao extremo, mas simplesmente viver e ensinar as ordenanças do Senhor. Temos que saber viver como servos, porque somos servos do Senhor e não de homem algum, porque a nossa denominação legítima é a Igreja do Senhor Jesus Cristo."Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo." (1 Coríntios 3:11). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário