NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

RECEBENDO A REVELAÇÃO

"Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte." (Mateus 17:1)

 Jesus tinha estado na Cesáreia de Filipe, onde, conversando, interrogando os seus discípulos sobre o que o povo dizia a seu respeito, Pedro tinha dito, confessado pelo Espírito, que Ele era o Cristo, o Filho de Deus. Logo após, o mesmo Pedro, usado pelo nosso adversário, tinha tentado consolá-lo ou atrapalhar os planos de Deus, e Jesus tinha-o repreendido. Mas agora chama Pedro e mais outros dois discípulos, Tiago e João, e os conduz a um monte mais distante, para apresentar, revelar algo fantástico. Pedro, por ser um dos discípulos mais dedicados, por ser um dos que mais amavam e obedeciam ao Senhor, também foi o mais perseguido e acusado. Dos que andaram com Jesus, a não ser Judas Iscariotes, o traidor, Pedro foi o que mais foi tentado e usado por satanás para tentar atrapalhar os planos de Deus. Mas o Senhor já tinha explicado, quando Ele disse que "aos que muito é dado, muito é cobrado". Pedro recebeu muito amor e cuidado do Senhor e, consequentemente, a cobrança seria maior. Muitas vezes não entendemos o porquê de pessoas que conhecemos com profundidade, sabemos da sua seriedade e respeito ao Evangelho, passarem por tantas lutas e turbulências. Não entendemos o porquê de enfrentarem tantas batalhas espirituais, mas não entendemos exatamente por não estarmos no mesmo patamar espiritual que elas. "E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz." (Mateus 17:2).Jesus tinha pelo menos mais nove outros discípulos junto com Ele, mas somente esses três Ele chamou para se revelar diante deles. E um deles foi Pedro, o discípulo questionador, o que tinha sido usado pelo adversário, e no futuro o negaria, mas também o foi o que, após se converter por inteiro, foi o mais usado e, na primeira pregação, usado pelo Espírito Santo, três mil pessoas se renderam ao Senhor. Por tal motivo é que devemos tomar muito cuidado em querermos julgar alguém que sabemos que está passando por lutas, batalhas espirituais, porque não sabemos e nem entendemos o porquê. Devemos saber que aqueles que são do Senhor são testados, passam por provas, porque somente se aprovados é que são dignos de agir no Nome do Senhor, porque muitos são os que citam o Nome do Senhor, mas não têm compromisso com Ele.
 "E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com Ele. E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, um para Moisés, e um para Elias." (Mateus 17:3-4). Pedro, antes, tinha dito pelo Espírito que Jesus era o Filho de Deus, e Jesus tinha afirmado que sobre aquela revelação seria construída a sua igreja. Essa é a revelação: Jesus veio ao mundo, sofreu e morreu para nos libertar do pecado, para nos dar salvação. Agora o Senhor complementa a revelação e mostra o representante da lei, que era Moisés, e Elias, que representava os profetas. Faço questão de salientar que Pedro não sabia como era Elias e nem Moisés, mesmo porque estes tinham vivido centenas de anos antes, e naquela época ainda não tinha sido inventada a fotografia. Mas o Espírito revelou que aqueles eram Moisés e Elias, e ele, sem compreender exatamente o que estava acontecendo, fala de maneira carnal em providenciar lugares, acomodações para os três. Portanto, entendemos que, por mais espirituais que sejamos, isso não nos exclui de em algum momento agirmos ou falarmos de maneira carnal diante de ações espirituais. Às vezes as revelações que recebemos são tão grandes que na hora não conseguimos discernir, e só tempos depois é que as entendemos. Mas, neste caso dessa grandiosa revelação, da complementação dessa revelação em que se fundamenta a igreja do Senhor, que Pedro recebeu, é que tempos depois, após a morte e ressurreição do Senhor, Ele a colocou em prática. "E, estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o." (Mateus 17:5). Deus interveio diretamente fazendo-o calar, dizendo exatamente quem era Jesus, pois, além de mostrar Moisés e Elias, Deus fala que Jesus é que é o Filho amado, e que é a Ele que todos nós devemos ouvir. Assim estava mostrando que a lei e os profetas se cumprem em Jesus, e que a partir daquele momento quem deveria ser reverenciado, amado, temido era Jesus, que era seu Filho que deveria ser escutado, ouvido, obedecido, e, principalmente, amado. Assim explica de maneira clara que não devemos tentar ouvir ou tentar aplicar a lei em nossa vida, não mais a lei, mas a Graça. A lei não foi invalidada, era necessária até Jesus, ela cumpriu o seu papel, agora temos o Salvador, temos o Filho de Deus.
 "E os discípulos, ouvindo isto, caíram sobre os seus rostos, e tiveram grande medo." (Mateus 17:6). A revelação foi tão grandiosa, foi tão surpreendente, porque viram a materialização da lei, e dos profetas e ouviram Deus Pai falando diretamente com eles. Assim, com respeito, temor, com medo mesmo eles se curvaram. O que eles estavam assistindo, ouvindo, vendo, era algo jamais esperado por eles, portanto já se esperava que fossem consumidos também. Deus Pai falando diretamente com eles, dando uma ordem direta, mandando-os obedecerem a Jesus. Não conseguimos entender o porquê de algumas religiões e seitas teimarem em não seguir Jesus e ainda continuarem seguindo Moisés, a lei. São várias que, apesar de usarem a Bíblia, as escrituras, praticam somente a lei, o Antigo Testamento, a Antiga Aliança que se cumpriu em Jesus. Essas pessoas não estão nem mesmo ouvindo Deus Pai, que mandou ouvirmos Jesus. É ilógico e desobediência contra o Senhor tentar viver, aplicar a Antiga lei, porque os que assim procedem estão pisando no Sangue de Cristo, no Sangue que foi derramado por nós. A revelação é que quem tem todo o comando nos céus e na terra é Cristo. "E, aproximando-se Jesus, tocou-lhes, e disse: Levantai-vos, e não tenhais medo. E, erguendo eles os olhos, ninguém viram senão unicamente a Jesus." (Mateus 17:7-8). Jesus os toca, os conforta e lhes manda ficar de pé, e agora, quando eles abrem os olhos, veem que não há mais ninguém a não ser Jesus. Tudo acabou, agora é só Jesus, a Ele que devemos obedecer e seguir. Viram tudo o que foi apresentado para eles e para nós, para entendermos que agora só temos Jesus, é a Ele que devemos ouvir. Assim são injustificados, imperdoáveis os que não pisam no Sangue de Cristo, os que o abandonam e tentam ir na antiga lei buscar algum favorecimento, algum escape, pois não existe, o que temos é o Verbo, é a Palavra. Não existe alternativa, só podemos obedecer a Cristo, só podemos seguir Jesus e, se não o fizermos, seremos somente religiosos e, consequentemente, iremos padecer por toda a eternidade. Estávamos caídos com o rosto em terra, mas Jesus nos mandou ficar de pé e, quando abrimos os olhos, só vimos Jesus, não existiam mais Moisés, ou Elias, porque eles já vieram e já fizeram o que deveriam fazer, já cumpriram a sua missão. Todos têm um papel fundamental para exercer, mas todos passam, somente um permanece, só um é eterno e reina para sempre. Somente em Jesus tudo se encerra, pois Ele recebeu as chaves e tem todo o Poder no Céu e na terra. Jesus é antes de todos, antes da fundação do mundo, agora o vemos como Ele é, porque Ele está na sua Palavra, Ele é o Verbo e nos fala, basta querermos ouvir. "E, descendo eles do monte, Jesus lhes ordenou, dizendo: A ninguém conteis a visão, até que o Filho do homem seja ressuscitado dentre os mortos." (Mateus 17:9). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário