NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

PERCORRENDO AS CIDADES

"E percorria as cidades e as aldeias, ensinando, e caminhando para Jerusalém." (Lucas 13:22)

 Jesus, durante o tempo do seu ministério terreno, que foi de aproximadamente três anos, dedicou-se inteiramente ao ensino da Palavra. Ao contrário do que muitos pensam, Ele não veio ou se dedicou a operar milagres, o que Ele mais fez foi ensinar. Ele percorreu Israel várias vezes pregando, ensinando, mostrando que o Reino havia chegado, trabalhou, evangelizou, pregou durante três anos diretos. Foi incansável no ensino do Evangelho, e, claro que, quando os enfermos, os doentes, se aproximavam, Ele os curava e os libertava de males e de demônios. Mas os milagres eram exatamente para pregar o Evangelho, para mostrar o Poder de Deus. Muitos acham que Cristo veio com a única função de curar, abençoar, mas, na verdade, a missão de Jesus foi de nos libertar dos pecados. Jesus pregava, apresentava o Reino, mostrava o Caminho, chamava ao arrependimento, à conversão e condenava o pecado. Jesus veio para nos dar vida e vida eterna, e não somente para nos abençoar aqui. Muitos pensam ou querem pensar além de alguns falsos mestres, com seus falsos ensinos, que querem apresentar um Jesus que tinha a preocupação de abençoar e de se dar bem estar aqui. Não podemos esquecer que Ele disse que devemos buscar o Reino, e as demais coisas Ele acrescenta. Não devemos e nem podemos estar indo a Ele em oração para ficar pedindo por coisas materiais, ou físicas, devemos buscar com todo afinco conhecer mais Dele. Buscar se aproximar mais e mais do Reino, porque Ele cuida de nós. "E disse-lhe um: Senhor, são poucos os que se salvam? E ele lhe respondeu."(Lucas 13:23). Jesus pregava, respondia às perguntas, curava enfermos, libertava os cativos do inferno. Muito ensinava por parábolas, que é uma maneira de ilustrar o seu ensino, sua explicação. Jesus, pregando e seguindo para Jerusalém, um homem se aproxima Dele e lhe pergunta se seriam poucos os que se salvariam. Observamos que esse homem estava entendendo a pregação do Senhor, estava querendo conhecer mais, porque fez uma pergunta concernente ao que o Senhor ensinava. Essa pergunta deveríamos fazer, ela deveria ocupar as nossas mentes, ela deveria fazer com que pesquisássemos mais na Palavra, para obter a resposta. Digo pesquisar na Palavra, porque é na Palavra, no Evangelho, que obteremos a resposta, porque Jesus só fala pela Palavra, e com certeza não trará nenhuma revelação nova e individual para ninguém.
 "Porfiai por entrar pela porta estreita; porque eu vos digo que muitos procurarão entrar, e não poderão." (Lucas 13:24). Jesus responde de maneira clara e direta; Ele diz que devemos lutar, porfiar, para entrar pela porta estreita. Lutar, correr, para passar pela porta estreita, não pela larga, lutar para entrar pela porta, e que, para alcançá-la, será através de lutas e sofrimento. Porta estreita mostra exatamente as dificuldades, as lutas pelas quais temos que passar para podermos alcançar o nosso objetivo. Como muitos não querem, não aceitam passar por dificuldades, ou por lutas, acham que devem passar e desfrutar do melhor aqui, não alcançam jamais a salvação. Jesus responde mostrando que, para entrar no Reino, temos que passar por dificuldades, mas que devemos lutar com toda a força para alcançarmos o nosso objetivo. O nosso adversário tem seduzido muitos, os enganando, fazendo-os crer que aqui eles têm que desfrutar do melhor, que o caminho do Senhor é de facilidades e de bênçãos. Por isso, tantos religiosos vão a templos em busca de bênçãos, de socorro, de realizações imediatas, negociam, barganham e fazem de tudo pensando que estão agindo de maneira correta. Pessoas acham que estão salvas, mas não percebem que estão enganadas, pois estão muito longe do Senhor. Temos que entender que o mundo jaz no maligno, e que o Senhor em nenhum momento prometeu que nos daria boa vida, riquezas ou outra coisa aqui. Ele prometeu cuidar dos que o buscam em primeiro lugar, prometeu o seu Maná, somente isso. "Quando o pai de família se levantar e cerrar a porta, e começardes, de fora, a bater à porta, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos; e, respondendo ele, vos disser: Não sei de onde vós sois." (Lucas 13:25). Jesus dá um exemplo e nos mostra como será, porque muitos pensam que já estão salvos, esquecendo que a salvação tem que ser conquistada diariamente, e que todos os dias devemos nos esmurrar nos corpos, nossas vontades e desejos, devemos mortificar a nossa carne. Muitos dos que acham que servem o Senhor e vivem da maneira que lhes é conveniente, e acham que têm a aprovação do Senhor, terão uma grande decepção naquele dia. Isto porque amaram mais o mundo e coisas do que o Senhor e o seu Reino, não lutaram, não porfiaram por passar pela porta estreita. Os que acharam que Deus tinha compromisso em lhes agradar aqui encontrarão a porta fechada e a reposta negativa do Senhor.
 "Então começareis a dizer: Temos comido e bebido na tua presença, e tu tens ensinado nas nossas ruas." (Lucas 13:26). Muitos dirão que iam à igreja, que frequentavam os templos, as congregações, que ofertavam, que participavam de vigílias, de campanhas. Que todo mês participavam da Ceia, que subiam ao monte e oravam pelas pessoas, que faziam reuniões nos lares, que participavam de células. Mas, por mais que aleguem o compromisso com a religião, descobrirão naquele dia que nunca conheceram o Senhor, que viveram no engano e enganaram muitos. Pessoas dirão que eram pregadores, pastores, bispos, apóstolos, conferencistas e mais outros tantos títulos. Que pregavam, que curavam, profetizavam, libertavam, que expulsavam demônios, dirão muitas coisas. Dirão que tinham muitos seguidores, que as suas reuniões eram frequentadas por um grande número de pessoas, que construíram grandes templos, mas o Senhor dirá: "não vos conheço". Isto porque o que fizeram foi para si próprios, e não buscaram o Reino de Deus, porque criaram e participaram de um evangelho paralelo. Então descobrirão que foram somente religiosos e que enganaram muitos e foram enganados e, portanto, receberão de Deus essa resposta. "E ele vos responderá: Digo-vos que não vos conheço nem sei de onde vós sois; apartai-vos de mim, vós todos os que praticais a iniquidade." (Lucas 13:27). Então o Senhor mandará que se afastem, dirá que não os conhece, porque são carnais, são falsos, mentirosos, hipócritas, são pessoas que oram, mas permanecem no erro, acham que têm obrigação de serem abençoadas, pessoas, orações, de acordo com a sua vontade, seu coração e sua necessidade atual, e não de acordo com a Palavra. São pessoas que transformaram Jesus em um serviçal, que tem como função abençoá-las em tempo integral. São pessoas que adaptam o Evangelho a suas necessidades e não vão realmente a Ele, pessoas que vivem uma emoção, um engano. Pensam que têm direito a tudo aqui, que Deus as fará viver nababescamente aqui, usam o nome do Senhor para enganar, falam, mas não têm temor. Jesus dirá que não as conhece, mandará que se afastem, porque não o amaram, porque escolheram o caminho largo, a porta larga. "Ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes Abraão, e Isaque, e Jacó, e todos os profetas no Reino de Deus, e vós lançados fora." (Lucas 13:28). Enfrentarão a dor, o sofrimento, e por toda a eternidade. Os prazeres, as regalias, rebeldias que desfrutaram aqui serão esquecidas diante de tanta dor e sofrimento intenso a que serão submetidos. Verão muitos daqueles que desprezavam, que criticavam, que julgavam inferiores agora junto com o Senhor, e eles serem lançados no sofrimento eterno. Religião não salva, pessoas não salvam, quem salva é só Jesus, o Evangelho, a Palavra, o Verbo. Submetam-se a Ele e livrem-se da fornalha ardente e eterna. "E virão do oriente, e do ocidente, e do norte, e do sul, e assentar-se-ão à mesa no Reino de Deus. E eis que derradeiros há que serão os primeiros; e primeiros há que serão os derradeiros." (Lucas 13:29-30).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário