NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

PASSEANDO NO TEMPLO

E em Jerusalém havia a festa da dedicação, e era inverno. E Jesus andava passeando no templo, no alpendre de Salomão." (João 10:22-23)

 A festa da dedicação (Hanukkah) é a comemoração da dedicação do templo. A Bíblia faz questão de ressaltar que era inverno quando aconteceu essa festa. Naquele dia, Jesus estava passeando no templo, estava no alpendre de Salomão, uma estrutura com teto, algo semelhante a um pórtico grego que, em geral, embora erroneamente, se acreditava remontar aos tempos de Salomão. Jesus estava passeando nesse local que, por sinal, ficava distante do altar. Observamos que o Senhor não buscava lugar de destaque, até mesmo lugares mais tranquilos e sem chamar a atenção. "Rodearam-no, pois, os judeus, e disseram-lhe: Até quando terás a nossa alma suspensa? Se tu és o Cristo, dize-no-lo abertamente." (João 10:24). Mas, mesmo nos lugares mais discretos, os perseguidores o buscavam para acusá-lo e persegui-lo. Os judeus o cercaram e perguntaram se Ele iria ou não confirmar se era o Filho de Deus, mas não fazem essa pergunta com o intuito de saber a verdade, e sim para formalizar uma acusação ou desmoralizá-lo, porque Jesus já tinha declarado que Ele era o Filho de Deus, mas o que eles queriam era que Jesus confessasse para eles, assim poderiam ter a desculpa para apedrejá-lo, matá-lo, alegando que Ele, um humano, se fez filho de Deus. Ou se ele por medo dissesse que não era, então poderiam desmoralizá-lo dizendo que não era nada, somente um falastrão. Esse questionamento é simplesmente mais um dos que vemos no Evangelho, pois durante todo o tempo esses judeus, os fariseus, tentaram armar ciladas, jogos de palavras para o pegar, e no final, não o conseguindo, conseguiram testemunhas falsas para o levar a um julgamento ilegal e condená-lo. "Respondeu-lhes Jesus: Já vô-lo tenho dito, e não o credes. As obras que eu faço, em nome de meu Pai, essas testificam de mim." (João 10:25). Jesus respondeu de maneira direta, repetindo e afirmando que Ele já tinha dito isso, Jesus já tinha falado, demonstrado com Poder que Ele era o Filho de Deus, o Messias, o esperado. Disse ainda que tudo o que Ele fazia, os inúmeros milagres, os sinais, Ele não o fazia por Ele mesmo, mas pelo Pai, mesmo porque nem em Israel e em nenhuma parte do mundo tinham visto pessoa alguma fazer tantos sinais como Ele fazia. E já tinha deixado bem claro que o que fazia não era por Ele, mas por Deus, que habitava Nele.
 "Mas vós não credes porque não sois das minhas ovelhas, como já vô-lo tenho dito. As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão." (João 10:26-28). Jesus fala que eles não acreditam Nele porque não são ovelhas do seu rebanho, porque não são pessoas convertidas, não conhecem Deus, pois, se o conhecessem, conheceriam o seu Filho. Assim são muitos os que falam, ou melhor, citam o nome de Deus, falam que conhecem Jesus, que Deus está em toda parte e em todas as religiões, mas são pessoas que não o conhecem e nunca o viram. São pessoas que nada têm com o Reino de Deus nem com Jesus, por não serem ovelhas do seu pasto. Não é por ser religioso, por frequentar um templo denominacional qualquer que as pessoas se transformam em servos, filhos de Deus. Os que são filhos de Deus, são irmãos de Jesus e o conhecem e o seguem, por Ele são protegidos. Muitos dos que se dizem filhos de Deus nunca o viram e nem o conheceram e não têm parte no seu Reino, são pessoas inimigas, são lobos. Os verdadeiros, os que o conhecem, os que creem na sua Palavra não ficam questionando várias vezes, mas ouvem e sabem que foi Ele quem falou, e por isso colocam em prática as suas ordenanças. Esses têm proteção, cuidados e desfrutam do amor do Pai, e Jesus se manifesta neles. Jesus afirmou àqueles judeus que eles não eram suas ovelhas. "Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai. Eu e o Pai somos um."(João 10:29-30). Os que ouvem e seguem Jesus, independentemente de qualquer coisa, são suas ovelhas, e ninguém, nenhum lobo consegue arrebatá-las das suas mãos. Por isso, todos os que dizem que estiveram na presença do Senhor e saíram, se desviaram, não eram do Senhor, porque, se eles se desviaram, não eram ovelhas. Se foram para o mundo, se eles se desviaram, é porque o lobo os arrebatou, e, se isso aconteceu, não eram ovelhas do Senhor, uma vez que as suas ovelhas são protegidas por Ele, e nenhum lobo pode tirá-las Dele. Pessoas dúbias, que estão em igrejas, que falam que são convertidas, mas que ficam olhando para o mundo, e que por qualquer motivo se afastam da presença do Senhor e vão para o mundo, a bem da verdade, nunca se converteram. Sabemos que a maioria dos que se dizem crentes, evangélicos, nada mais são do que religiosos, pois frequentam somente uma congregação, mas os seus pensamentos e ações são mundanos e contrários à Palavra de Deus.
 "Os judeus pegaram então outra vez em pedras para o apedrejar."(João 10:31). Esses judeus, ao serem confrontados, e Jesus afirmar que eles não eram ovelhas, pegaram em pedras com o objetivo de apedrejá-lo até a morte, e depois se esconderiam na lei mosaica, dizendo que foi por Ele ter dito que era filho de Deus. Mas o que eles não entendiam era que Jesus não era somente o Filho de Deus como era o próprio Deus. Os religiosos não queriam ser contrariados, não queriam que fosse revelado que não eram filhos de Deus e que não conheciam o Senhor. Tentaram matar com pedradas o Filho de Deus por ignorância, por amarem a lei e desprezarem Deus, por serem mundanos. Mundanos, porque só quem vive no mundo é que busca pretexto para usar a Palavra para agradá-lo ou ter permissão para fazer o que o Senhor condena. Todos os que tentam mudar a Palavra de Deus, ou alegar uma misericórdia que não existe, não são filhos de Deus, nem fazem parte do rebanho de Jesus, eles são os que com pedras querem apedrejar o Senhor. "Respondeu-lhes Jesus: Tenho-vos mostrado muitas obras boas procedentes de meu Pai; por qual destas obras me apedrejais?" (João 10:32). Jesus ainda questiona por qual obra queriam apedrejá-lo, assim Ele continua perguntando a todos os que querem apedrejá-lo. E todos os que não aceitam o seu Evangelho, que o distorcem, que tentam fazê-lo ser somente um profeta, os que o colocam em imagens, os que adoram ídolos e ainda falam que amam Deus, são religiosos e apedrejadores de Cristo. Todos os que dizem que não gostam Dele por este ou aquele motivo, os que dizem que não se convertem por discordarem Dele neste ou naquele assunto, todos os que não se submetem a Ele são os que não são ovelhas e não têm parte no Reino. "Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa, mas pela blasfêmia; porque, sendo tu homem, te fazes Deus a ti mesmo." (João 10:33). Jesus era o Filho de Deus e era o próprio Deus, e por mostrar isso não só com palavras, mas, principalmente, Poder, eles disseram que queriam matá-lo. Os que queriam fazer isso diziam que eram praticantes da Palavra, da lei mosaica, mas, se eles realmente o fossem, não poderiam jamais alegar esse motivo para querer matá-lo, e Jesus mostra isso. "Respondeu-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: Sois deuses?"(10:34). A Palavra diz que fomos feitos à imagem e semelhança de Deus, portanto os homens são pequenos deuses, porque os filhos de peixe peixinhos são, assim os filhos de Deus são pequenos deuses. "Pois, se a lei chamou deuses àqueles a quem a palavra de Deus foi dirigida, e a Escritura não pode ser anulada, «aquele a quem o Pai santificou, e enviou ao mundo, vós dizeis: Blasfemas, porque disse: Sou Filho de Deus?"(João 10:35-36). Se a Palavra diz isso e ela não pode ser mudada, então todos os homens, filhos de Deus, são pequenos deuses, por esse motivo eles realizam milagres e prodígios no Nome de Jesus. Mas se Deus disse que são deuses, então o Filho Dele, que foi ungido e consagrado por Ele, não pode ser questionado. "Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis. Mas, se as faço, e não credes em mim, crede nas obras; para que conheçais e acrediteis que o Pai está em mim e eu Nele." (João 10:37-38).
 Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário