NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

OBEDIÊNCIAS PELA FÉ

"Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos." (Judas 1:3)

 Judas era meio irmão do Senhor Jesus, pois era filho de Maria com José e se converteu após a morte e ressurreição de Cristo. Como um fiel servo do Senhor e sendo um presbítero ou pastor (em ambos os casos o título se refere a um supervisor de igreja), escreve aos irmãos exortando, alertando sobre o destino dos ímpios, dos que vivem em desobediências. Começa incentivando que todos batalhem, lutem para manter a fé inicial, porque só se pode praticar e viver o Evangelho pela fé, sabendo que as lutas, as dores e as afrontas acontecem e são normais e esperadas, mesmo porque o cristão torna-se estrangeiro neste mundo, e a perseguição e discriminação são naturais. Viver o Evangelho legítimo não é fácil, Jesus deixou bem claro que a porta é estreita, que o caminho é apertado, que no mundo teríamos aflições, mas que Nele venceríamos. Pela fé no Senhor, olhando para o futuro, para além, perseveramos na santidade, porque sabemos qual é o destino dos pecadores, dos desobedientes. Permanecer na fé é viver em espírito, vigilante, com os olhos abertos, voltados exclusivamente para o Evangelho, para Jesus, porque o mundo entrou nas igrejas, e são muitas que ensinam um evangelho paralelo."Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo." (Judas 1:4).São muitos os supostos pastores, pregadores que adentraram o meio denominado evangélico e trazem heresias e ensinos contrários à Palavra de Deus, mas falando o nome do Senhor. Esses já são esperados pelo povo de Deus, uma vez que o próprio Jesus nos alertou pela sua Palavra que esses falsos surgiriam e que levariam muitos ao engano. Pessoas usam o nome do Senhor, mas ao mesmo tempo negam a Graça, negam-no com os ensinos contrários, com as mentiras e a concordância às desobediências. São vários ensinamentos emotivos sem nenhum fundamento bíblico, mas praticados, respeitados e admirados por muitos. Ensinos religiosos falam somente de coisas materiais e físicas e não conduzem à salvação e à vida; a bem da verdade, desviam as pessoas do Caminho.
 "Mas quero lembrar-vos, como a quem já uma vez soube isto, que, havendo o Senhor salvo um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu depois os que não creram" (Judas 1:5). Deus não aceita e nem tolera desobediências, pecados, exemplo é que Ele tirou com seu imenso Poder o povo hebreu, que era escravo no Egito. Com muitos milagres e prodígios, os resgatou com o objetivo de levá-los, conduzi-los a uma terra boa e onde seriam livres e prosperariam. Esse povo vivia em constante presença do Senhor, porque Deus era a sombra no deserto escaldante, era a luz e o calor nas noites geladas, além de enviar água, alimento e cuidar das suas vestes e saúde durante quarenta anos. Mas essas pessoas que receberam cuidado tão especial do Senhor preferiram o pecado e a desobediência e o abandonaram, e por esse motivo o Senhor as destruiu, as matou todas no deserto, não permitindo que entrassem na terra prometida. Permitiu que somente os fiéis Josué e Calébe entrassem, e nem mesmo Moisés, que foi o guia, o líder, pôde entrar, portanto sabemos que não podemos brincar com o Senhor, brincar de ser crente. Sabemos que, se não formos fiéis, também não entraremos na terra prometida, na Nova Jerusalém, não entraremos no descanso. "E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia." (Judas 1:6). Deus não aceita, permite ou tolera o pecado, a rebelião aos seus mandamentos, e esses que andam ensinando descansar nas misericórdias do Senhor estão conduzindo o povo à morte; são guias cegos. Luz e trevas não se coadunam. Deus é luz, e, portanto, não se admitem trevas. O seu próprio Filho amado Jesus Cristo, quando, na Cruz do Calvário, estando cheio dos nossos pecados, Deus se afastou Dele, onde houve trevas, Ele gritou: "Pai, porque me abandonastes?" Deus não tolerou a desobediência, o erro dos anjos que o serviam e os amaldiçoou e atirou-os para baixo. Sabemos que o diabo era um anjo de luz, mas, por se rebelar contra a Palavra de Deus, recebeu o devido castigo e hoje e para todo o sempre viverá em tormento eterno. Portanto, a religião, o frequentar uma igreja, um templo; oração, jejum, campanha, sacrifícios, se não estiverem acompanhados de santificação, nada valem. Se não houver respeito e prática da Palavra de Deus, com certeza morrerá no deserto, pois o Senhor não tem filhos preferidos, todos são iguais, e Ele ama os que lhe obedecem.
 "Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno."(Judas 1:7). Deus não perdoou, não tolerou ou aceitou todo aquele povo das cidades de Sodoma e Gomorra e das regiões circunvizinhas. Sabemos que nessas cidades havia homens, mulheres, crianças, bebês, recém-nascidos, idosos, deficientes físicos e tudo mais. Pessoas que aos nossos olhos seriam passíveis de perdão, de tolerância, de misericórdias, mas o Senhor não só não os perdoou, como os destruiu por inteiro. Portanto, não podemos nos deixar enganar. O Senhor não permite pecado e desobediências, e se queremos salvação, abundância, vitória, só existe um Caminho, que é Jesus, que é Santo. Deus não vai perdoar ou tolerar ninguém por piedade, ou por qualquer motivo, só existe uma única maneira de sermos vitoriosos, que é a prática da Palavra de Deus, caso contrário, seremos destruídos. Não precisamos ter medo do diabo, tenhamos medo do Senhor que não somente mata o corpo como destrói a alma, e nada acontece sem a sua vontade ou permissão. A única maneira de nos livramos do mal da destruição é nos chegar ao Senhor, pela prática do Evangelho de Jesus Cristo. "E, contudo, também estes, semelhantemente adormecidos, contaminam a sua carne, e rejeitam a dominação, e vituperam as dignidades." (Judas 1:8). Esses que ensinam uma doutrina estranha, esses arrogantes e soberbos que praticam o descansar nas misericórdias, o desafiar o Senhor, a cobrança de bênçãos, a exigência de milagres, os que não ocupam o lugar de criatura sabendo que o Criador é soberano e as suas decisões são maravilhosas e de amor legítimo, os que ensinam um amor diferente, querendo fazer o Senhor aceitar, tolerar e permitir o pecado, e as desobediências fundamentam isso na fraqueza humana. Esses que pensam que são alguma coisa e que o Senhor tem que os ouvir, por orar ou por citar o seu nome, estão indo a galope para a destruição e conduzindo junto muitos. "Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda." (Judas 1:9). Se nem o anjo Miguel teve coragem de ser arrogante com o diabo quando contendia com ele, pois o satanás queria o corpo de Moisés por ele ter matado um homem sem Deus ter mandado, se Miguel simplesmente disse que Deus é que repreenderia, como podem pessoas hoje ditarem sentenças contra pessoas e o diabo? Temos que simplesmente praticar, viver o Evangelho, e não a emoção, que é carnal e destrutiva. "Estes, porém, dizem mal do que não sabem; e, naquilo que naturalmente conhecem, como animais irracionais se corrompem. Ai deles! porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré. Estes são manchas em vossas festas de amor, banqueteando-se convosco, e apascentando-se a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos de uma para outra parte; são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas; Ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações; estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas."(Judas 1:10-13). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário