NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sábado, 23 de maio de 2015

DAR VIDA NOVAMENTE

"E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência." (Efésios 2:1-2)

 Paulo escreveu sobre grandes propósitos e sobre o plano de Deus, que culminam na supremacia universal de Cristo, sendo que tudo isso é "para o louvor da sua Glória". Agora começa a explicar os passos pelos quais Deus realizará seus propósitos, a começar com a salvação do ser humano. Estando todos nós mortos no pecado, aprouve a Deus nos salvar, nos resgatar das mãos do inimigo, da perdição, da morte, nos dando vida Nele. Vivificou, ou seja, tornou a nos dar vida, porque Ele já tinha nos dado vida, e pelos pecados, desobediências, nós morremos, mas pelo seu imenso amor Ele tornou a nos dar vida. Também serve para mostrar que não podemos continuar no pecado, nos erros, pois Deus deu seu Filho amado para sofrer e morrer para que tivéssemos a chance de voltarmos à vida. Quando não conhecíamos o Evangelho, não conhecíamos o Senhor, andávamos segundo os prazeres do mundo, a rebeldia da Palavra, vivíamos de forma desordenada nos pecados da mentira, da desonestidade, do adultério, da prostituição, da violência, das mortes, sendo guiados pelo príncipe deste mundo, que é o diabo. Esse espírito do inferno, o diabo, satanás, o acusador, ainda é o líder de todos os que vivem em desobediência à Palavra de Deus. Não se deixe enganar, não é por muito orar, ou frequentar uma igreja, que as pessoas ficam isentas da culpa, que as transforma em servos, filhos de Deus. Não é por muito jejuar ou participar de campanhas que elas se livram da culpa, mas sim a obediência, a prática da Palavra de Deus. Ser filho de Deus, amá-lo é obedecer, é concordar com os seus preceitos e ordenanças, pois, quando não se procede assim, está-se concordando com o príncipe deste mundo, que é o diabo. "Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também." (Efésios 2:3). Quando não conhecíamos o Senhor, fazíamos o que queríamos, atendíamos a vontade da carne, permitíamos que os nossos pensamentos vagassem por toda parte, não tínhamos limites, porque éramos guiados pelo adversário do Senhor. Agíamos como se a nossa vida se resumisse ao tempo em que estivéssemos aqui como carne, não imaginávamos que podíamos ter vida em abundância.
 "Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)" (Efésios 2:4-5). Deus é amor, pois este é um dos seus nomes: Amor, e Ele nos mostrou isso, pois por desobediência todos pecaram e estavam completamente afastados Dele, e perdidos. Ele mostrou o seu amor nos amando mesmo na condição de pecadores e perdidos. Amor condicional, não amor incondicional, como muitos gostam de apregoar, porque Ele enviou seu Filho amado para sofrer e morrer por nós, mas, para conseguirmos a salvação, temos que aceitar, temos que concordar, submetermo-nos a Ele, caso contrário não desfrutaremos da vida, ou seja, a condição "sine qua non" é a obediência aos seus preceitos, caso contrário é desmerecer o sacrifício da cruz. Somos salvos pela Graça, pelo favor imerecido, mas isso não quer dizer que só pelo fato de falar que aceitamos o Senhor o qualificamos para a vida eterna. Essa salvação gratuita é no sentido de não ter que fazer nada para merecer, para ter direito, tem-se somente que concordar, aceitar, e a aceitação é pela obediência ao Senhor. O amor que devemos demonstrar ao Senhor é somente pela obediência aos seus preceitos. "Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele." (João 14:21). É engano as pessoas acharem que por muito orarem ou frequentarem um templo qualquer, por muito jejuarem Deus as estará ouvindo e atendendo a seus pedidos. Deus não aceita oração junto com desobediências, que são abominação a Ele. Devemos orar, jejuar, ir aos templos, mas, fundamentalmente, devemos praticar os seus preceitos, suas determinações, porque pela maneira como portamos é que confessamos o Senhor em nossas vidas ou não. Pelo seu imenso amor deu a oportunidade a todos de serem salvos, de se reunirem com Ele e desfrutarem de vida por toda a eternidade. Temos direito à salvação, mas, para que isto aconteça, é necessário a concordância, "pois andarão dois juntos se não estiverem de acordo". A porta foi aberta, o véu foi rasgado, portanto podemos ir ao encontro do Senhor, já recebemos o presente da vida, mas temos que aceitá-lo, temos que assinar o recibo concordando.
 "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus." (Efésios 2;8). Texto de maior importância para a compreensão da Graça de Deus, de sua bondade, do favor imerecido e amor perdoador. Quando fala "sois salvos" (vocês são salvos), isso tem uma ampla gama de significados. Inclui sermos salvos da ira de Deus, em que todos tínhamos incorrido pela nossa pecaminosidade. O tempo do verbo faz supor uma ação concluída, levando a crer que o realce recai sobre seu efeito presente por meio da fé, o que confirma a necessidade da fé em Cristo como o único meio de ser contado justo diante de Deus. Mostra que somente pela fé alguém tem condições de obedecer aos preceitos do Senhor e por eles serem salvos. Somente a fé em Cristo é que nos conduz à obediência, e a desobediência é mostra clara da falta de fé Nele. Isso não vem de vós (isso não vem de vocês), isso mostra que nenhum esforço humano pode contribuir para a nossa salvação; é dom de Deus. Assim fica claro que não são sacrifícios que podem nos dar a salvação, mas simplesmente praticar a fé. Não é pessoa alguma, santo, santa, imagem, amuleto ou qualquer coisa que nos conduz à salvação, somente Jesus Cristo. "Não vem das obras, para que ninguém se glorie; Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas." (Efésios 2:9-10). Não é por nenhum sacrifício, ou por muita oração, ou qualquer coisa, o que nos conduz à salvação é o amor de Deus, é a fé em seu Filho amado Jesus Cristo, que tem todo Poder no Céu e na terra. Não temos que ultrapassar limites do que Ele determinou para nós; os preceitos do Senhor não são difíceis nem pesados, mesmo porque a função é proteção. Todos os preceitos do Senhor são para a nossa proteção e cuidados; é o seu amor por nós. Deus preparou com cuidado para que andássemos, vivêssemos pelas boas obras, que são o mapa que nos conduz a Ele e nos afasta do mal e do adversário, porque, quando praticamos as ordenanças do Senhor, o inimigo não tem poder sobre nossa vida. Só existe uma única maneira de sermos salvos: conhecermos o sacrifício pela Cruz, aceitarmos a salvação, demonstrando nosso amor por Ele, submetendo-nos a sua Palavra. "Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada." (João 14:23). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr. Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário