NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sábado, 28 de fevereiro de 2015

AINDA HÁ TEMPO

"Ora, pois, já que Cristo padeceu por nós na carne, armai-vos também vós com este pensamento, que aquele que padeceu na carne já cessou do pecado." (1 Pedro 4:1)

Sabemos que Cristo viveu sem pecado e morreu pelos nossos pecados, para nos livrar, então Jesus foi quem sofreu e morreu injustamente, sem reclamar. Esse ato de injustiça nos trouxe libertação e salvação. Portanto, o nosso Mestre tudo sofreu para que a vontade do Pai acontecesse, se realizasse. Jesus sofreu horrores,inclusive a morte, sendo inocente, e as acusações contra Ele eram somente por praticar o Evangelho, cumprir a vontade de Deus. Assim, se Ele é o nosso Mestre, se somos os seus discípulos, devemos estar preparados para passar por lutas por causa do Evangelho. Temos que nos armar com esse pensamento, sabendo que os sofrimentos por causa do Evangelho os verdadeiros cristãos passarão por eles infalivelmente. Mas passar por lutas pelo Evangelho não é só para os evangelistas, missionários ou pregadores por serem rejeitados onde tentam levar a Palavra. É sofrer no dia a dia, em casa, no trabalho, na igreja e em toda parte por viver o Evangelho, e praticá-lo, uma vez que o mundo jaz no maligno. Sofrimento quando você defende o casamento bíblico, ou seja, somente um até que a morte o separe; quando condenamos o divórcio e o recasamento; quando não aceitamos e nem concordamos com o homossexualismo, com a mentira, a prostituição, fornicação, a desonestidade, os ensinos heréticos, as mentiras nos altares, o comércio nos templos; quando defendemos o Evangelho assim como Ele é, sem permitir novidades, e assim as pessoas se voltam contra. Somos chamados de fanáticos, alienados, mas continuamos e não abrimos mão de praticar a verdade. "Para que, no tempo que vos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências dos homens, mas segundo a vontade de Deus." (1 Pedro 4:2). Sabemos que não podemos aceitar ou concordar com o pecado; e falamos em viverem santificação. Sofremos quando rejeitamos as pregações e o ensino falso, quando apresentam um deus bonzinho e tolerante com o pecado. Somos rejeitados pelos nossos parentes, amigos, conhecidos, pelos supostos irmãos de igreja, mas devemos olhar para o Senhor e glorificar por sermos achados dignos de sofrer pelo Evangelho.
"Porque é bastante que no tempo passado da vida fizéssemos a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borrachices, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias." (1 Pedro 4:3). Quando não conhecíamos o Senhor, vivíamos segundo o curso deste mundo, segundo a vontade da carne. Fazíamos tudo o que desagrada ao Senhor, preocupávamo-nos somente em viver o momento presente a qualquer custo, não sabendo que onde buscávamos felicidade, encontrávamos a infelicidade. Onde buscávamos vida e alegrias, encontrávamos morte e tristezas. Vivíamos em ilusões e mentiras, mas agora, conhecendo o Senhor e a sua vontade, não temos desculpas para não viver o Evangelho. Portanto, sabemos que as lutas virão, e quem não se habilita a suportar as afrontas, perseguições por causa do Evangelho não tem parte no Reino. Os que acreditam que devem viver de maneira confortável aqui, sem afrontas, e que Deus não quer que eles sofram estão em engano e não são discípulos de Jesus. "E acham estranho não correrdes com eles no mesmo desenfreamento de dissolução, blasfemando de vós."(1 Pedro 4:4). É normal as pessoas nos acusarem por não compartilharmos os mesmos prazeres e ações delas; é normal e esperado sermos acusados de tolos e de termos sofrido lavagem cerebral por termos prazerem servir ao Senhor. Quando muitos querem apresentar um evangelho light permissivo, nós devemos buscar viver somente a Verdade. Por esse motivo recebemos acusações e não podemos ficar reclamando por essas perseguições, porque, se o nosso Mestre é Jesus, seguimos então os seus passos. E Ele em nenhum momento reclamou ou lamentou, então, que sejamos acusados de defendermos e vivermos o Evangelho. Mas aqueles que nos acusam e perseguem prestarão contas no dia do Senhor. "Os quais hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos." (1 Pedro 4:5). Todos os nossos perseguidores serão julgados e darão conta das acusações e afrontas que fazem. Porém, que sejamos acusados e perseguidos por vivermos e praticarmos o Evangelho do Senhor Jesus, e não por vivermos de forma errada, não pelos ímpios que vêem como desrespeitosa a maneira como vivemos, não por falarmos uma coisa e vivermos outra, mas que sejamos acusados de vivermos o Evangelho de Jesus Cristo. Porque só teremos louvor se formos legítimos filhos de Deus.
"Porque por isto foi pregado o evangelho também aos mortos, para que, na verdade, fossem julgados segundo os homens na carne, mas vivessem segundo Deus em espírito." (1 Pedro 4:6).O Evangelho de Jesus Cristo foi e é pregado às pessoas mortas espiritualmente para que tenham conhecimento da verdade, pois persistem em continuar vivendo na carne, ou seja,que na morte recebamo julgamento e a condenação. O objetivo é que essas pessoas mortas, ao ouvirem o Evangelho verdadeiro, se convertam e não mais vivam segundo a carne, que vivam em espírito. O objetivo do Senhor é que todos se salvem, por esse motivo Jesus veio em carne e sofreu perseguições e afrontas até a morte, e morte de cruz. "E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração."(1 Pedro 4:7).Eo grande Dia já está próximo, Jesus está voltando, o dia do julgamento está às portas, portanto devemos andar em vigilância. Não podemos nos permitir sair fora do Evangelho, não nos desviar, não nos permitir ser atraídos pelas coisas do mundo. Devemos orar por nós mesmos, pelos nossos, pela nossa cidade, estado, orar pelo mundo, porque enquanto as pessoas estão aqui, enquanto Jesus não volta, ainda há tempo de se converterem, de se salvarem. Depois não mais terão chance, da mesma maneira que devemos sempre ser sóbrios, porque por um deslize qualquer,se acontecer no momento em que Jesus voltar, iremos padecer por toda a eternidade. "Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados." (1 Pedro 4:8). Ardente amor; amar o próximo como a nós mesmos, assim como esmurramos os nossos corpos para nos santificarmos ao Senhor, assim como não permitimos pecados, ou atos de desobediência ao Evangelho em nossas vidas, porque sabemos as consequências. Devemos da mesma maneira amar o próximo, pregar a verdade, ensinar, exortar, admoestar para que, quem sabe, se convertam e abandonem os pecados e se salvem. Não podemos concordar, aceitar erros e pecados nas pessoas com desculpas de que as amamos, pois na verdade estaremos odiando, uma vez que sabemos que quem ama quer salvar. O verdadeiro amor demonstramos levando o Evangelho com os nossos lábios, gesto, nossa maneira de viver, sendo exemplo, preocupando-nos em salvar o próximo. "Sendo hospitaleiros uns para com os outros, sem murmurações, Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus." (1 Pedro 4:9-10). Devemos administrar no próximo o dom como o recebemos, quer dizer, assim como recebemos a Palavra, o Evangelho, devemos ensinar o próximo, porque somos despensa de Deus, de onde tem que sair coisa boa, tem que ter salvação em nós. "Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém."(1 Pedro 4:11).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário