NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

A LEI NÃO SALVA

"Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus." (Romanos 3:19)

Sabemos que a lei veio para que se tornasse real o pecado da desobediência; caso contrário, não existiria pecado se em algum lugar não se apontasse aquele ato ou ação como pecado. Portanto, a função da lei para nós foi nos mostrar as nossas falhas, fraquezas, desobediências e pecado, porque a lei, por si mesma, não podia e nem pode salvar ninguém.Pela lei era impossível salvar alguém, por isso veio Jesus para cumpri-la, e Nele veio a salvação para toda a humanidade. A função da lei foi deixar claro que todos, sem exceção, eram pecadores, ou melhor, são pecadores, e que, se não for por Jesus, não existe salvação. "Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém." (Deuteronômio 27:26). Como era impossível alguém cumprir toda a lei, assim não existia a menor possibilidade de salvação, e sim de ser maldito. Algumas religiões que teimam em cumprir parte da lei estão, na verdade, buscando maldições para suas vidas. Muitos que querem guardar o sábado, ou não comer carne de porco ou qualquer outra coisa, mas não cumprem o restante, não oferecem holocaustos e sacrifícios todos os dias, e não fazem todas as outras coisas que a lei exige estão em maldição. A Lei por si mesma exigia o cumprimento total, caso contrário, era maldito. "Por isso nenhuma carne será justificada diante Dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado." (Romanos 3:20) Assim ninguém pode se justificar diante de Deus por cumprir toda a lei, uma vez que ela foi criada como um conjunto de normas que deveriam ser cumpridas, observadas, obedecidas, caso contrário era infrator, e os infratores recebiam condenação. O descumprimento da lei era pecado, mas era impossível cumpri-la toda, ou seja, o objetivo da mesma foi somente apresentar o pecado e mostrar que nenhum homem é justo diante do Senhor. A lei é um código de sentença, e não existia nenhum compêndio ou outra coisa que encaminhasse à libertação do pecado, ou que possibilitasse a absolvição, uma vez que falamos da impossibilidade do cumprimento total da lei, e o descumprimento de uma só parte gera a morte.
"Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas; Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que creem; porque não há diferença." (Romanos 3:21-22).A justiça de Deus se manifestou através de Jesus Cristo e veio sem a lei, fora da lei, para se cumprir toda a lei, e sendo centenas de anos antes revelado pela própria lei e pelos profetas. Essa justiça de Deus é para todos os que creem e não para todos os que pecaram. Todos os que creem são justificados gratuitamente, e não os que praticam a lei, porque os que creem vivem segundo as ordenanças do Senhor Jesus Cristo, e não é possível unir a lei à Graça como o próprio Jesus mostrou. "Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha, porque semelhante remendo rompe a roupa, e faz-se maior a rotura.Nem se deita vinho novo em odres velhos; aliás rompem-se os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam."(Mateus 9:16-17).É impossível tentar cumprir a lei e viver na Graça, na justiça de Deus, porque ela se cumpriu em Jesus e agora vivemos e ouvimos Ele. Portanto, sabemos que todos somos pecadores, e somente seremos libertos, salvos pela fé em Jesus. Também sabemos que a fé é produtiva, ativa e conduz à pratica de santidade, a seguir o caminho do Mestre. Os pecadores que não creem e, consequentemente, não praticam o Evangelho de Jesus Cristo não serão salvos, nem justificados, não que os pecados deles sejam piores ou maiores do que os nossos, mas simplesmente porque não creram. Sabemos que não creram simplesmente porque não praticam os mandamentos do Senhor, que é a única maneira de demonstrar amor para com Ele. "Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Sendo justificados gratuitamente pela sua Graça, pela redenção que há em Cristo Jesus." (Romanos 3:23-24). A nossa redenção é Cristo, a nossa salvação é Ele, e somente crendo Nele podemos alcançá-la. Para que isso ocorra, é necessário reconhecer que somos pecadores, que a nossa origem e concepção é o pecado, e que somente em Jesus podemos obter a salvação. E essa necessidade só pode ser sanada, quando nos rendermos aos pés do Senhor, não basta saber que Jesus é o salvador. "Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o creem, e estremecem.Mas, ó homem vão, queres tu saber que a fé sem as obras é morta?" (Tiago 2:19-20). Não basta saber, é necessário saber e praticar as suas ordenanças, pois isto é o que comprova a nossa fé Nele. Tem o conhecimento, mas não o segue, por isso ele é o diabo.

"Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus." (Romanos 3:25). Sacrifício para propiciação: o significado da expressão no original é de um sacrifício que aplaca a ira de Deus. Sem essa oferta "propiciação", todas as pessoas estão, com toda razão, destinados ao castigo eterno. A fé salvifica olha para Jesus Cristo em sua morte sacrificial em nosso favor. Mas, embora todos sejam pecadores e não filhos, Deus declarará não culpados, mas justos, todos os que depositarem a confiança em Cristo. Essa declaração jurídica é válida porque Cristo morreu para pagar a pena do nosso pecado e levou uma vida perfeita e de justiça, que também pode ser imputada a nós. "Para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus." (Romanos 3:26). Os pecados do povo de Deus castigados simbolicamente nos sacrifícios de animais do período do Antigo Testamento seriam punidos de forma completa no sacrifício definitivo de Cristo na cruz. Portanto, sabemos que não se pode no tempo presente falar em cumprir a lei, porque se torna maldito diante de Deus Pai, invalidando assim o sacrifício da Cruz. Não podemos nos justificar nem pagar pelos nossos erros e pecados, mas, se crermos no Senhor, eles serão apagados, esquecidos, anulados. Não se pode confundir cumprir a lei e a Graça, os preceitos de Jesus, o viver pelas obediências ao Mestre e praticar a lei do Antigo Testamento. "Onde está logo a jactância? É excluída. Por qual lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé. Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei." (Romanos 3:27-28). Jactância, orgulho, soberba é o que não podemos ter alegando que se cumpre a lei para a salvação, porque a lei é inoperante e nula para salvar quem quer que seja. Somos salvos pela lei da fé em Jesus Cristo, e não por nada da lei. Em todo tempo devemos ouvir Jesus, e o que praticamos em obediência a Jesus não é lei, mas demonstração de amor e fé. "É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente, Visto que Deus é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão. Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei." (Romanos 3:29-31). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
a na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário