NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

OS ESCÂNDALOS

"E disse aos discípulos: É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem!" (Lucas 17:1)

Veja essa afirmação de Jesus. Ele diz que é IMPOSSÍVELque não venham os escândalos, ou seja, é previsto que essas aberrações, atualmente muito comuns na igreja chamada evangélica, aconteçam. Ficamos sabendo de pastores que estão abandonando as esposas, maridos divorciando-se e casando novamente, que estão roubando, mentindo, sendo violentos, pregando mentiras, ensinando heresias e tendo um comportamento totalmente contrário à doutrina de Jesus Cristo. Esses escândalos que vemos acontecer são esperados, mas aqueles que os estão praticando viverão, experimentarão, receberão o mais duro castigo, porque estão escandalizando as ovelhas do Senhor. Observemos que o Senhor Jesus diz um dos seus AIS, e sabemos da seriedade dos AIS de Jesus. Todos os que estão tendo comportamento inadequado, contrário à Palavra de Deus nas igrejas, templos, com certeza enfrentarão um terrível castigo nem mesmo imaginado por eles. Assim como quem faz uma pessoa se converter e com essa atitude cobre uma multidão de pecados, também os que fazem uma se extraviar recebem o pior dos castigos por toda a eternidade. "Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma mó de atafona, e fosse lançado ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequenos." (Lucas 17:2). O Senhor não aceita que esses que deveriam ter a obrigação de ensinar ao povo o caminho da salvação pelo seu comportamento o façam desviar. Algumas pessoas, estando no altar ou não, mas que estão frequentando uma igreja ou templo qualquer, falam o nome do Senhor, mas agem contrário, praticando pecado, desobediência e também ensinando com palavras e comportamento, e por tal motivo muitos as seguem, porque apresentam tolerância aos pecados, facilidades não encontradas na Bíblia. Esses pregadores ensinam um evangelho diferente, contrário ao Evangelho de Jesus Cristo, e por tal motivo muitos se afastam do Senhor, porque seguem a doutrina de Balaão. "Mas algumas poucas coisas tenho contra ti, porque tens lá os que seguem a doutrina de Balaão, o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos filhos de Israel, para que comessem dos sacrifícios da idolatria, e fornicassem." (Apocalipse 2:14). Infelizmente essas práticas são muito comuns hoje nas igrejas, pois estão ensinando as facilidades de um evangelho diferente,uma vez que ensinam o divórcio, o recasamento,oferecem bênçãos sem santidade, como se fosse possível.
"Olhai por vós mesmos. E, se teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoa-lhe." (Lucas 17:3). Jesus inicia falando sobre o perdão aqui, mas de maneira diferente, porque a necessidade de perdoarmos é tão séria que Ele diz:"olhai por vós mesmos". Se quisermos ser perfeitos diante do Senhor, se quisermos alcançar vida, então devemos olhar com muito cuidado a questão do perdão e agir de acordo com os nossos ensinamentos, e não de acordo com as nossas emoções. Se alguém errou, pecou contra nós, devemos então chamar a sua atenção, repreendê-lo, mesmo porque isso é um ato de amor, uma vez que ele, arrependendo-se, não se afasta dos caminhos do Senhor. Se ele se arrependeu, então perdoa, e perdoar é esquecer, não é ficar trazendo à tona aquele assunto, é não mais comentar, é lançar-se no total esquecimento. "E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe." (Lucas 17:4). Mesmo que essas pessoas errem, pequem repetidas vezes, devemos exortá-las, repreendê-las, chamar sua atenção, mas todas as vezes em que elas se arrependerem, devemos simplesmente perdoá-las, indefinidamente, porque, quando o Senhor fala setenta vezes sete, quer dizer um número ilimitado de vezes; portanto,perdoar é necessário por nós mesmos. Devemos olhar por nós porque, não perdoando, também não seremos perdoados pelo nosso Pai que está no Céu. Mas sempre é necessário conduzirmos as pessoas ao arrependimento, porque se simplesmente a perdoarmos não as estaremos ajudando, muito pelo contrário. Então com palavras e atos devemos fazer a pessoa compreender os seus erros e as consequências desses, para que isso gere o arrependimento e, consequentemente, uma transformação. Simplesmente perdoar, várias vezes, sem cobrança, sem ensinamentos não é prática da Palavra de Deus, por isso devemos sempre aprender com Jesus e aplicarmos a nossa fé no cumprimento da Palavra. "Disseram então os apóstolos ao Senhor: Acrescenta-nos a fé." (Lucas 17:5). A Fé vem pelo ouvir, e ouvindo a Palavra de Deus, quando nos envolvemos com as leis do Reino de Deus, a nossa fé aumenta, e só podemos perdoar pela fé em Cristo. A prática da Palavra gera a fé, e a fé mostra o poder sobrenatural de Deus.
"E disse o Senhor: Se tivésseis fé como um grão de mostarda, diríeis a esta amoreira: Desarraiga-te daqui, e planta-te no mar; e ela vos obedeceria." (Lucas 17:6).Jesus cita um exemplo de fé mostrando que temos a fé necessária para operar maravilhas, e mesmo porque a fé que temos, se a praticarmos, se a colocarmos em ação, é o suficiente para fazer tudo o que é necessário. O Senhor  já nos capacitou com a fé necessária, o que precisamos é colocar essa fé em ação, agir, pois a fé sem obra é morta. Temos que levantar e dar a ordem para as amoreiras da vida, e crermos que vai acontecer segundo a nossa ordem, e veremos o poder de Deus agindo. "E qual de vós terá um servo a lavrar ou a apascentar gado, a quem, voltando ele do campo, diga: Chega-te, e assenta-te à mesa?" (Lucas 17:7). Ninguém que tem um empregado, quando chega a sua casa, empresa, ou a outro local qualquer o serve primeiro, ou manda que ele se sirva primeiro, ou seja,ninguém dá o lugar de honra ao seu funcionário e ocupa o lugar do mesmo. "E não lhe diga antes: Prepara-me a ceia, e cinge-te, e serve-me até que tenha comido e bebido, e depois comerás e beberás tu?" (Lucas 17:8). Muito pelo contrário, o empregado sabe as suas funções e, com certeza, logo providenciará aquilo de que seu patrão necessita, e só depois ele cuidará de si mesmo e das suas necessidades. Ele primeiro cuidará do seu patrão porque é a sua obrigação, afinal ele recebe salário exatamente para fazer isso; se não o fizer, estará sendo negligente, desobediente, relapso, e poderá perder o seu emprego. A função do funcionário é servir ao patrão, e isso não é motivo de louvor, mas simplesmente a sua obrigação. "Porventura dá graças ao tal servo, porque fez o que lhe foi mandado? Creio que não." (Lucas 17:9). O patrão não vai ficar agradecido, nem vai parabenizar o empregado por ele ter cumprido com a sua obrigação, porque, afinal, é para isto que o paga. Assim também somos nós que nos dizemos cristãos, e se fazemos alguma coisa - eu disse se- só fazemos aquilo que nos é mandado, não nos esforçamos para fazer além. Sabemos que não podemos tirar vidas, mas nada fazemos para salvá-las; sabemos que não podemos mentir, mas não fazemos nada para que a verdade apareça; sabemos que a prostituição e o adultério são pecados, e nada fazemos para combatê-los; sabemos das mentiras e heresias, mas não fazemos nada para levar o Evangelho; sabemos que o pecado gera morte, mas não procuramos levar obediência que gera a vida. Fazemos somente o que devemos fazer e somente o que somos mandados, e nada fazemos além. Como esperamos receber galardão do Senhor? Na verdade, estamos em pecado e nada receberemos do Senhor, porque somos inúteis "Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer."(Lucas 17:10).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino

Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário