NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

A ELE OUVI

"E seis dias depois Jesus tomou consigo a Pedro, a Tiago, e a João, e os levou sós, em particular, a um alto monte; e transfigurou-se diante deles." (Marcos 9:2)

Jesus também tinha as pessoas certas com as quais Ele compartilhava mais coisas, e juntos oravam. Jesus sempre fazia questão de levar com Ele esses três discípulos. Vemos isso em algumas situações, como no caso da filha de Jairo. Jesus os levava para serem testemunhas e aprenderem, para assim depois também poderem ensinar. Neste caso em tela, Jesus os conduziu para que testemunhassem no momento certo o que iriam ver. (transfiguração: ação ou efeito de transfigurar ou transfigurar-se; metamorfose ou transformação). Jesus os separou para que vissem aquele acontecimento e depois entendessem que tudo se encerrava Nele. "E as suas vestes tornaram-se resplandecentes, extremamente brancas como a neve, tais como nenhum lavadeiro sobre a terra os poderia branquear." (Marcos 9:3). Jesus diante deles se transforma de maneira radical, pois isso que é uma transfiguração, as suas roupas mudaram, ficaram de uma cor extremamente branca, jamais vista, e o ambiente ao seu redor é mudado, as coisas ficam diferentes. Digo isso porque logo veremos que aparecerá ali onde Ele estava mais duas pessoas, que eles o viram no corpo glorificado como todos os que forem salvos no Senhor terão. "E apareceu-lhes Elias, com Moisés, e falavam com Jesus." (Marcos 9:4). Moisés, aquele que foi usado por Deus para libertar o povo da escravidão do Egito, para conduzir os hebreus pelo deserto em direção à terra prometida, o homem que operou inúmeros milagres e maravilhas no nome do Senhor, mas, principalmente, o homem que foi usado por Deus para trazer as leis, para obediência e proteção do povo de Deus. Moisés ficou por duas vezes 40 dias com o Senhor no monte, e na primeira vez Deus escreveu em tábuas de pedras com suas mãos e lhe entregou, mas no momento da ira Moisés as quebrou. Moisés, o homem da lei, já tinha vivido e falecido centenas de anos antes, e nenhum dos discípulos o conhecia, e como naquela época não existia máquina fotográfica ou outro recurso, eles, na verdade, não sabiam nem mesmo como ele era. Elias, o grande profeta, o homem que orou e não choveu durante mais de três anos, e tornou a orar e desceu chuva, homem poderoso que até fogo do céu fez cair, foi muito usado por Deus e senhor de grandes feitos, considerado o pai dos profetas. Mas,assim como Moisés, tinha vivido centenas de anos antes, e também ninguém daquela geração o conhecera.
"E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Mestre, é bom que estejamos aqui; e façamos três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias."(Marcos 9:5). Mas vemos que Pedro,mesmo sem conhecê-los, os reconheceu,pois ele não somente expressa isto como a preocupação em providenciar alojamento para eles. Portanto, o que naquele momento ele teve foi uma revelação por parte do Senhor, para que pudesse compreender o sentido da transfiguração. O Senhor deu entendimento a Pedro, cremos que também aos outros, apesar de as Escrituras não citarem isso, para que compreendessem de forma ampla quem era Jesus. Pedro reconheceu Moisés e Elias, duas pessoas que tinham vivido e morrido há centenas de anos, e ele nunca os tinha visto, nem mesmo por fotos, mas, ao vê-los, sabia quem eram. "Pois não sabia o que dizia, porque estavam assombrados." (Marcos 9:6). Como ele falava pelo Espírito, como foi uma revelação do Senhor, nem ele mesmo sabia exatamente o que estava dizendo e o que estava acontecendo, e, é claro, diante do que estava presenciando estava com medo. Devemos saber que tudo o que o Senhor faz ou mostra tem um propósito definido. "E desceu uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e saiu da nuvem uma voz que dizia: Este é o meu filho amado; a ele ouvi." (Marcos 9:7). Então Deus pai se manifesta e fala de forma clara para que os três discípulos ouvissem e entendessem. Deus fala que aquele era Jesus e era ele que todos deveriam ouvir, que a Lei (Moisés), Elias (os Profetas), se encerrava em Jesus. Tudo o que aconteceu era somente sombra do que deveria acontecer, e tudo se encaminhava para se cumprir em Jesus. Portanto, a lei, os profetas conduzem a Jesus, e sempre devemos ouvir Jesus, o Verbo, é Nele que estão todas as respostas, pois tudo foi para Ele. Temos que ouvir Jesus. "E, tendo olhado em redor, ninguém mais viram, senão só Jesus com eles." (Marcos 9:8). Depois que tiveram essa revelação fantástica, que ouviram Deus Pai falando com eles, em voz audível, após verem aqueles que representavam a lei e os profetas, ou seja, representavam o poder e os mandamentos do Senhor, a base da fé cristã na época, e isso tudo estando junto com Jesus, o Filho de Deus, que é Deus, e receber essas instruções, eles, extasiados, perceberam que a visão tinha acabado.
"E, descendo eles do monte, ordenou-lhes que a ninguém contassem o que tinham visto, até que o Filho do homem ressuscitasse dentre os mortos." (Marcos 9:9). Após receberem todo esse manjar de ensinamento, revelação do Senhor Jesus Cristo, após beberem direto na fonte, Jesus ordenou que não falassem nada ainda e que só tornassem público após a sua ressurreição. Veja, o Senhor ainda revela de maneira direta para esses três que Ele iria morrer (pois, para ressuscitar, tem que estar morto) e ainda diz que somente após a sua ressurreição é que eles deveriam contar, testemunhar aquele fato, deveriam pregar, ensinar que tudo se encerra Nele. Mostra que até aquela época eram a lei e os profetas, mas agora era o Verbo. "A lei e os profetas duraram até João; desde então é anunciado o Reino de Deus, e todo o homem emprega força para entrar Nele." (Lucas 16:16). João Batista é aquele que veio preparar o caminho do Senhor, foi o que batizou Jesus no rio Jordão, e desde então tudo se encerra em Jesus, é Ele que todos devem ouvir. Portanto, o que Jesus diz é o que devemos ouvir e obedecer, pois é uma ordem direta de Deus Pai. "E eles retiveram o caso entre si, perguntando uns aos outros que seria aquilo, ressuscitar dentre os mortos. E interrogaram-no, dizendo: Por que dizem os escribas que é necessário que Elias venha primeiro?"(Marcos 9:10-11). Vemos que,mesmo após ter todas essas revelações,esses três discípulos ainda não tinham o entendimento completo, pois não conseguiam entender sobre a ressurreição de Jesus, apesar da lei e os profetas, de Moisés ter falado, e vários profetas também. Eles não conseguiam entender que Jesus, sendo o Filho de Deus, fosse morrer para depois ressuscitar; eles ainda não tinham o entendimento completo. O que eles sabiam era o que os escribas, os entendidos da lei diziam, que era necessário Elias vir primeiro, antes de Jesus, o Messias. Mas esses escribas, na verdade, não conheciam a Palavra, as Escrituras como supunham, pois eles esperavam uma segunda vinda de Elias, mas o que as Escrituras falavam era que Jesus viria após Elias, e esse profeta já tinha vindo. "E, respondendo ele, disse-lhes: Em verdade Elias virá primeiro, e todas as coisas restaurará; e, como está escrito do Filho do homem, que ele deva padecer muito e ser aviltado."(Marcos 9:12).Elias viria primeiro, e veio, só que eles não atentaram para isso, e estavam aguardando uma segunda vinda de Elias, assim como era necessário a lei vir antes da Graça. Elias veio, operou maravilhas e prodígio e sofreu todo tipo de perseguição como todos os profetas, todos os que pertencem ao Reino sofrem perseguições aqui no reino terreno. "Digo-vos, porém, que Elias já veio, e fizeram-lhe tudo o que quiseram, como dele está escrito." (Marcos 9:13).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino

Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário