NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

NOS AFASTAMOS DO SENHOR

"Desde os dias de vossos pais vos desviastes dos meus estatutos, e não os guardastes; tornai-vos para mim, e eu me tornarei para vós, diz o SENHOR dos Exércitos; mas vós dizeis: Em que havemos de tornar?" (Malaquias 3:7)

O Senhor nos traz à memória que nos distanciamos Dele, nos afastamos há muito tempo; desde osnossos antepassados, a humanidade se perdeuao longo do tempo. O fato é que nossos avós aprenderam com os pais ou outros a adorar imagens, ídolos, a fazer o que o Senhor proibiu; aprenderam uma religião e não a Palavra de Deus. Misticismos, ocultismos, crenças tolas, e trouxeram para o culto do Senhor várias coisas que são frontalmente contrárias a sua Palavra, por tal motivo Deus se afasta e não aceita esse culto, e nem essa adoração. Mesmo porque o Senhor não divide a glória Dele com ninguém. Esse procedimento de adoração é praticado por ignorância e desconhecimento da Palavra, do Evangelho, porque praticam uma tradição dos antepassados, dos pais, e como se tem orgulho dos pais, acham que o que eles faziam e como adoravam é a maneira correta. Portanto, quando falamos com essas pessoas que elas devem ir ao Senhor e se converter, a maioria pergunta como se converter, porque elas acham que já são do Senhor que lhe servem de maneira correta. Afirmam isso não por arrogância, mas porque creem nisso, por isso a necessidade de sempre mostrar nas Escrituras como se deve adorar ao Senhor, para que elas voltem a nosso Deus. O Senhor continua chamando todos a voltarem para Ele, para que desfrutem das bênçãos, das promessas constantes em sua Palavra. Voltar para Ele é passar a viver segundo as suas ordenanças, seus preceitos; é praticar tudo o que Ele diz que devemos praticar. "Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas." (Malaquias 3:8). O Senhor determinou desde o início que tudo que Ele nos desse - e sabemos que tudo o que temos ou ganhamos de alguma maneira foi Ele que nos deu - que devolvêssemos dez por cento de tudo a Ele. Não que o Senhor precise, necessite de dinheiro, mas é prova de obediência e amor. Portanto,de tudo o que recebemos na verdade somente noventa por cento é nosso, mas a nossa desonestidade e o desrespeito ao Senhor fazem com que muitos simplesmente não devolvam os dízimos, conclusão, estão roubando ado Senhor, estão metendo a mão no que é de outro.
"Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação." (Malaquias 3:9). Vemos aqui uma palavra dura do Senhor, pois Ele mesmo diz que são todos amaldiçoados por roubarem Ele. Deus não precisa de dinheiro, mesmo porque Ele é o dono de tudo, e dá a quem quer, mas exige obediência aos seus preceitos. Dizimo é primícias, ou seja, quando recebemos qualquer valor, seja de salário, presente ou de alguma maneira honesta, devemos imediatamente tirar o do Senhor, em primeiro lugar, e então Ele abençoará os outros noventa por cento. E esse milagre acontece na área financeira de forma multiplicativa, pois às vezes não entendemos, não compreendemos como conseguimos pagar, fazer tudo o que necessitávamos com tão pouco. Mas, quando não devolvemos os dez por cento do Senhor, simplesmente o nosso dinheiro desaparece e nunca conseguimos fazer o que precisávamos, pois sempre fica faltando e não entendemos. Já a oferta é aquilo que queremos dar, doar, ofertar ao Senhor, não existe valor estipulado, mas o que o Espírito Santo falar ao nosso coração. "Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes." (Malaquias 3:10). Veja que declaração, que afirmação, que promessa do Senhor, porque Ele promete bênçãos maiores do que possamos imaginar. Mas devemos devolver os seus dízimos e na casa Dele, e na casa Dele quer dizer ao sacerdote, à igreja que realmente ministre, ensine, pregue e viva a sua Palavra, não entregar em qualquer lugar, ou templo, mas entregar onde se pratica a sua Palavra. Por esse motivo, não podemos devolver os dízimos do Senhor em casa de caridade, ou outro lugar qualquer, porque só podemos fazer caridade com o que é nosso, os dízimos são do Senhor, por isso não podemos usá-lo para nada que não seja somente devolvê-lo. Não podemos devolver os dízimos em nenhuma religião, ou local que não se pregue e viva o Evangelho legítimo, a Palavra verdadeira, por isso devemos examinar o lugar que frequentamos,ver se ali realmente é a casa do tesouro do Senhor capacitado para receber os seus dízimos. O Senhor promete bênçãos grandiosas, e se somos dizimistas e não estamos recebendo as bênçãos, vamos nos examinar e examinar onde estamos devolvendo também,pois a Palavra Dele se cumpre.
"E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos." (Malaquias 3:11).Deus promete repreender o devorador, ou seja, tudo aquilo que assola as nossas finanças. Quando somos fiéis ao Senhor nos seus dízimos, não perdemos nada, os objetos, aparelhos ou qualquer coisa nossa dificilmente dá defeito, some ou se perde. Não tomamos prejuízos, ninguém nos frauda, ou engana, sempre recebemos o que nos é devido, sempre temos o suficiente para nós e ainda para socorrer a quem precise. Quando temos a bênção do Senhor, podemos ganhar um terço da renda do nosso vizinho, parente, amigo, mas temos nossas contas em dia, e ainda lhe emprestamos quando necessita. Quando obedecemos ao Senhor e não o roubamos, temos a bênção Dele não somente sobre a nossa vida financeira, mas em todas as áreas. Dizimo é mais do que dinheiro, é obediência, é adoração, é amor. "E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o SENHOR dos Exércitos." (Malaquias 3:12).Quando obedecemos ao Senhor, então a nossa vidase transforma, e somos testemunhas Dele, porque todos verão a mudança em nossas vidas, e verão a fartura em nossa casa,na nossa família, nosso casamento, na saúde, nas finanças, no trabalho; verão a nossa alegria e, principalmente, a nossa paz. Quando não devolvemos, passamos por todas as lutas, porque somos amaldiçoados por sermos ladrões e roubar o nosso Deus, nosso Pai, o nosso Criador. O Senhor nos manda escolher bênção ou maldição. "As vossas palavras foram agressivas para mim, diz o SENHOR; mas vós dizeis: Que temos falado contra ti?" (Malaquias 3:13). Mas, quando as pessoas ouvem falar em dízimos, em ofertas, se retraeme falamvárias coisas, e geralmente pelo péssimo testemunho que muitos pastores dão elas falam que não devolvem porque eles as irão roubar e isto e aquilo, mas o que devemos fazer é examinara quem devolvemos, e segundo é nossa obrigação devolver, mas se há algum pastor ou outra autoridade religiosa roubando o que é do Senhor, com certeza prestará contas a Ele de forma dolorosa, mas nósfomos obedientes e fizemos a nossa obrigação. "Vós tendes dito: Inútil é servir a Deus; que nos aproveita termos cuidado em guardar os seus preceitos, e em andar de luto diante do SENHOR dos Exércitos? Ora, pois, nós reputamos por bem-aventurados os soberbos; também os que cometem impiedade são edificados; sim, eles tentam a Deus, e escapam." (Malaquias 3:14-15). Muitos justificam dizendo que os ímpios não frequentam igrejas, não oram, não buscam e nem obedecemao Senhor, e vivem bem. Acham que eles não respeitam ao Senhor e vivem bem, mas a bem da verdade é que não conhecem o fim desses, além de não saberem o que realmente acontece com eles. Temos que saber que Deus é vida, e fora Dele não há. "Então aqueles que temeram ao SENHOR falaram frequentemente um ao outro; e o SENHOR atentou e ouviu; e um memorial foi escrito diante dele, para os que temeram o SENHOR, e para os que se lembraram do seu nome. E eles serão meus, diz o SENHOR dos Exércitos; naquele dia serão para mim joias; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve. Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve." (Malaquias 3:16-18). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário