NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

FALANDO DO REINO

“E, ajuntando-se uma grande multidão, e vindo de todas as cidades ter com ele, disse por parábola” (Lucas 8:4)

            Jesus falava muito por parábolas, que é falar sobre um determinado assunto de maneira ilustrativa, uma explicação de fácil entendimento, que pode ser feita através de comparações. Como Ele sempre falava das coisas concernentes ao Reino e poucos entendiam, então Ele utilizava esse método, que era para um fácil aprendizado, e assim poder discernir sobre o assunto sem muitas interrupções para questionamentos. Mas, mesmo falando por parábolas, muitos não as entendiam, e a falta desse entendimento se dava porque tinham o coração fechado, e, portanto, como o próprio Senhor vai nos mostrar, a esses também estava fechado o Reino. Jesus aonde ia sempre havia uma multidão de pessoas ao seu redor e por vários motivos, uns porque criam realmente que Ele era o Messias, o enviado, e queriam ouvi-lo; outros em busca de uma cura para si ou para pessoas próximas, e havia os que desejavam vê-lo como rei físico de Israel, por imaginarem que o seu reino seria terreno, e mais outras tantas de curiosos. Muitos estavam em busca de alimento, depois de terem saciado a fome na primeira multiplicação dos pães, mas o fato é que existia sempre uma multidão ao seu redor, claro que não podemos nos esquecer dos que queriam pegá-lo, os fariseus também. “Um semeador saiu a semear a sua semente e, quando semeava, caiu alguma junto do caminho, e foi pisada, e as aves do céu a comeram.” (Lucas 8:5). Essa parábola é uma das mais conhecidas e faladas nas igrejas pelos pregadores, mas o que devemos analisar é que mesmo os seus discípulos não a entenderam, apesar de Jesus ter falado de maneira clara, e só mais tarde é que sozinho com eles deu então a explicação. Assim são muitos que vão à igreja, ouvem a Palavra e nada entendem e saem de lá assim como entraram: vazios, e isso porque na verdade não ouviram com o coração, não abriram a porta para o Senhor entrar, para o Verbo adentrar. Como isso não aconteceu, simplesmente ouviram palavras que para eles não têm nenhum significado, e portanto ficam impossibilitados de receber as bênçãos, o milagre do Senhor. São pessoas que frequentam há anos os bancos de uma igreja e continuam da mesma maneira, sem ouvir nada; todos os outros saem da igreja cheios, pois a Palavra falou com eles para exortar, consolar, admoestar, mas algumas pessoas nada entenderam, e, se abrirem a Bíblia, nada entenderão, são como um livro fechado.
            “E outra caiu sobre pedra e, nascida, secou-se, pois que não tinha umidade; E outra caiu entre espinhos e crescendo com ela os espinhos, a sufocaram; E outra caiu em boa terra, e, nascida, produziu fruto, a cento por um. Dizendo ele estas coisas, clamava: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.” (Lucas 8:6-8). Jesus aqui conta uma parábola de uma pessoa que saiu para semear, para plantar sementes, assim como qualquer agricultor o faz com as suas sementes, mas o fato é que Ele fala das irregularidades do terreno, fala dos vários tipos de terrenos e das dificuldades encontradas por cada semente em seu terreno em que foi semeado. Como sabemos que Jesus sempre falava das coisas concernentes ao Reino, então sabemos que Ele falava de algo relacionado ao Reino, mas nem os seus discípulos aqui atentaram para isso, e, se atentaram, não entenderam, pois foram questionar, pedir uma explicação sobre essa parábola.“E os seus discípulos o interrogaram, dizendo: Que parábola é esta?” (Lucas 8:9). Isso porque possivelmente os discípulos estavam somente vendo o lado material, físico da situação, estavam pensando em sementes mesmo de alguma coisa, e de plantação, e como não conseguiram entender, foram questionar: que relato é este? Ou que tipo de história é essa que nada captamos? “E ele disse: A vós vos é dado conhecer os mistérios do Reino de Deus, mas aos outros por parábolas, para que vendo, não vejam, e ouvindo, não entendam.” (Lucas 8:10). Por essa resposta do Senhor Jesus, fica claro que, para conseguirmos algo do Senhor, temos que querer, desejar, pois, apesar da cegueira espiritual dos discípulos, eles queriam entender, aprender, eles tinham sede da Palavra, por isso então era dado a eles a oportunidade de saber sobre o Reino, mas aos outros não, porque ouviram a Palavra de qualquer maneira. “Porque o coração deste povo está endurecido, E ouviram de mau grado com seus ouvidos, E fecharam seus olhos; Para que não vejam com os olhos, E ouçam com os ouvidos, e compreendam com o coração, e se convertam, e eu os cure.” (Mateus 13:15). Quando ouvimos de qualquer maneira ou com dúvidas nada entendemos e não recebemos o milagre. Se buscarmos com o coração, acharemos a resposta, porque o Senhor Jesus nos esclarecerá todas as dúvidas, seja lendo a Bíblia, ouvindo uma pregação ou de outra maneira, com certeza obteremos resposta, porque Ele disse: bata que a porta se abrirá.
            “Esta é, pois, a parábola: A semente é a palavra de Deus; E os que estão junto do caminho, estes são os que ouvem; depois vem o diabo, e tira-lhes do coração a palavra, para que não se salvem, crendo.” (Lucas 8:11-12). Aqui na explicação percebemos que era fácil, e só não entenderam quem estava com o coração fechado. A semente é a preciosa Palavra de Deus que ouvimos, seus ensinamentos, seus mandamentos; quando as pessoas estão às margens do caminho, as margens são fora do caminho, e sabemos que o Caminho é Jesus. Os que estão às margens ouvem em um breve momento, gostam, mas logo depois não a aceitam, pois o diabo traz as dúvidas e incredulidade, e assim perdem a salvação por não darem ouvidos à Palavra do Senhor. “E os que estão sobre pedra, estes são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria, mas, como não têm raiz, apenas creem por algum tempo, e no tempo da tentação se desviam.” (Lucas 8:13). Os que estão sobre as pedras são os que na verdade têm endurecido o seu coração, pois, quando ouvem a Palavra, ficam alegres, choram, cantam, ficam empolgados, mas isso tem pouca duração, pois as promessas que fizeram de praticar a Palavra são esquecidas assim que vem uma provocação, uma tentação, uma oferenda do adversário, então a pessoa se desvia para a prática do pecado e já não se lembra mais do Senhor. “E a que caiu entre espinhos, esses são os que ouviram e, indo por diante, são sufocados com os cuidados e riquezas e deleites da vida, e não dão fruto com perfeição.” (Lucas 8:14). As pessoas que caíram sobre espinhos são os que aceitam a Palavra, mas querem desfrutar de riquezas, poder, e, ao mesmo tempo, da palavra de Deus; são os que são buscadores de bênçãos, andam sempre atrás de campanhas e mais campanhas, e Deus para elas é simplesmente um abençoador e nada mais. “E a que caiu em boa terra, esses são os que, ouvindo a palavra, a conservam num coração honesto e bom, e dão fruto com perseverança.” (Lucas 8:15). Esses são os que se converteram totalmente ao Senhor, vivem praticam a Palavra.
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
                                  Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeus
Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 

MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário