NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

A PROVISÃO DO SENHOR

“E, logo que chegamos a Roma, o centurião entregou os presos ao capitão da guarda; mas a Paulo se lhe permitiu morar por sua conta à parte, com o soldado que o guardava. E aconteceu que, três dias depois, Paulo convocou os principais dos judeus e, juntos eles, lhes disse: Homens irmãos, não havendo eu feito nada contra o povo, ou contra os ritos paternos, vim contudo preso desde Jerusalém, entregue nas mãos dos romanos; Os quais, havendo-me examinado, queriam soltar-me, por não haver em mim crime algum de morte.” (Atos 28:16-18)

            Paulo, preso, foi conduzido a Roma, onde sabemos que encerrou sua carreira, pois lá foi executado; mas, lá chegando, Deus deu graças às autoridades romanas, que permitiram que Paulo morasse por sua conta até o julgamento. Eles colocaram guardas com ele para o vigiar e permitiram que ele alugasse um local para sua morada. Deus conduziu para que isso acontecesse desta forma, não que estivesse preocupado com o conforto desse apóstolo, mas com a divulgação e pregação do Evangelho, como veremos a seguir. Paulo, tão logo se estabeleceu, mandou convocar as principais autoridades religiosas dos judeus com o objetivo de explicar, colocar a par tudo o que tinha acontecido com ele e mostrar que nada tinha feito em contrário às leis romanas, nem judaicas, e, principalmente, contra a lei de Deus. Paulo expõe tudo o que aconteceu com ele e, principalmente, o porquê de ele ter vindo preso para Roma, pois foi ele mesmo que tinha apelado para César. “Mas, opondo-se os judeus, foi-me forçoso apelar para César, não tendo, contudo, de que acusar a minha nação. Por esta causa vos chamei, para vos ver e falar; porque pela esperança de Israel estou com esta cadeia.” (Atos 28:19-20). Paulo esclarece que por causa dos próprios judeus ele estava naquela situação, pois queriam acusá-lo e matá-lo, mas sem terem com que o acusar, por isto é que ele buscou refúgio em César, mas, a bem da Verdade, sabemos que foi o Senhor que tinha tudo planejado e também já revelado que ele iria pregar em Roma. Inclusive, Paulo agora fala que o motivo maior de ele estar preso é a Esperança de Israel, e a Esperança é Jesus, pois perseguiam Paulo por ele pregar o Evangelho de Jesus, falar do amor de Deus que enviou seu Filho para libertar Israel.
            “Então eles lhe disseram: Nós não recebemos acerca de ti carta alguma da Judéia, nem veio aqui algum dos irmãos, que nos anunciasse ou dissesse de ti mal algum.” (Atos 28:21). Os judeus de Roma, as autoridades religiosas que viviam em Roma disseram que nada sabiam a respeito desses fatos e que também não tinha vindo ninguém de Israel com alguma acusação contra Paulo. Em tudo vemos a mão de Deus, pois permitiu que isso acontecesse para que Paulo pudesse ter a oportunidade de pregar o Evangelho de Jesus Cristo para eles. “No entanto bem quiséramos ouvir de ti o que sentes; porque, quanto a esta seita, notório nos é que em toda a parte se fala contra ela.” (Atos 28:22). Mas eles agora falam que queriam ouvir mais do que eles chamam de seita, pois já sabiam que por toda parte se falava do Evangelho, se falava de Jesus Cristo, mas, como eles não tinham conhecimento, queriam aprender, entender o que era, e como Paulo era um dos principais pregadores e estava sendo acusado por esse motivo, eles tinham a rica e única oportunidade de aprender, ou melhor, conhecer o Evangelho de Jesus Cristo. “E, havendo-lhe eles assinalado um dia, muitos foram ter com ele à pousada, aos quais declarava com bom testemunho o Reino de Deus, e procurava persuadi-los à fé em Jesus, tanto pela lei de Moisés como pelos profetas, desde a manhã até a tarde.” (Atos 28:23). Marcaram um dia e foram ouvir Paulo, que não somente explicava, mas mostrava de forma clara, usando as Escrituras, que Jesus era o Messias, e de acordo com o que os profetas, assim como também a Lei de Moisés, deixavam claro, tudo terminava em Jesus. Paulo mostrava que a lei tinha cumprido o seu papel e que ela finalizava em Jesus, portanto todos deveriam se converter a Jesus e viver segundo os ensinamentos do Senhor. O apóstolo ficava o dia todo, da manhã à tarde, pregando, ensinando sobre o Evangelho, sobre Jesus Cristo, sobre salvação. “E alguns criam no que se dizia; mas outros não criam.” (Atos 28:24). A semeadura de Paulo deu frutos, porque muitos ouviram e aceitaram, mas muitos também rejeitaram a Palavra da Verdade, mas até isso estava escrito, havia sido revelado pelo Senhor.
         “E, como ficaram entre si discordes, despediram-se, dizendo Paulo esta palavra: Bem falou o Espírito Santo a nossos pais pelo profeta Isaías, Dizendo: Vai a este povo, e dize: De ouvido ouvireis, e de maneira nenhuma entendereis; E, vendo vereis, e de maneira nenhuma percebereis.” (Atos 28:25-26). Deus já tinha revelado no livro dos profetas, mais precisamente ao profeta Isaías, sobre a reação desses religiosos de Roma. Assim como muitos religiosos, ou não, na verdade são todos incrédulos, pessoas com o coração duro que ouvem a Palavra, mas não permitem que ela entre em seus corações, e, como assim agem, também nada recebem do Senhor. “Porquanto o coração deste povo está endurecido, E com os ouvidos ouviram pesadamente, E fecharam os olhos, Para que nunca com os olhos vejam, Nem com os ouvidos ouçam, Nem do coração entendam, E se convertam, E eu os cure.” (Atos 28:27). Paulo não tinha medo de falar a Verdade nem do que acontecia com quem despreza o Evangelho, que nada recebe do Senhor, e, por mais que peça, a cura não chega, a prosperidade não acontece, a paz não existe em suas vidas. Geralmente são pessoas que estão dentro de templos religiosos, são pessoas que se identificam como cristãos, só que nada mais são do que religiosos e nada sabem do Poder de Deus. Não procuram ouvir, pois acham que já sabem, portanto, quando alguém fala, eles ouvem de qualquer jeito. “Seja-vos, pois, notório que esta salvação de Deus é enviada aos gentios, e eles a ouvirão. E, havendo ele dito estas palavras, partiram os judeus, tendo entre si grande contenda.” (Atos 28:28-29).Paulo falou de forma clara que a Palavra seria enviada aos incrédulos, aos que não conheciam o Senhor, que eles aceitariam e seriam salvos, mas os religiosos iriam com certeza padecer. Ao ouvir isso eles ficaram chateados e começaram a discutir. De igual maneira, quando falamos a verdade, esses religiosos da atualidade não aceitam e também criticam, brigam, ficam nervosos; mas, quando se fala a Palavra, o Evangelho, a Verdade, o Senhor cria situações para que as pessoas que têm um coração voltado para o que é certo a ouça e se converta e assim sejam abençoadas. Paulo, sabendo que logo seria julgado e sentenciado, ficou até o último momento pregando, evangelizando em Roma, onde muitas almas se converteram ao Senhor. Paulo morreu em Roma. “E Paulo ficou dois anos inteiros na sua própria habitação que alugara, e recebia todos quantos vinham vê-lo; Pregando o Reino de Deus, e ensinando com toda a liberdade as coisas pertencentes ao Senhor Jesus Cristo, sem impedimento algum.” (Atos 28:30-31).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
                                    Pr.Henrique lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeus
Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 

MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário