NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

AS DÚVIDAS

“E os discípulos de João anunciaram-lhe todas estas coisas. E João, chamando dois dos seus discípulos, enviou-os a Jesus, dizendo: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?” (Lucas 7:18-19)

            João Batista, aquele que veio para preparar o caminho do Senhor, que anunciou que o Messias estava chegando e chamava todos ao arrependimento, e teve a honra, o privilégio de batizar o Senhor Jesus, agora preso no cárcere e já prevendo o seu fim, manda perguntar se realmente Jesus era o Messias. Não que ele estivesse duvidando, mas ele só queria ter a certeza de ter cumprido a sua missão. A única preocupação de João era se tinha executado a missão que o Deus Pai lhe tinha dado, e por isso envia seus discípulos a perguntar se Jesus era o Messias? “E, quando aqueles homens chegaram junto Dele, disseram: João o Batista enviou-nos a perguntar-te: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?”(Lucas 7:20). Os discípulos de João Batista perguntam então a Jesus se Ele era o Messias ou se deveriam esperar outro. Observamos agora a resposta de Jesus, que foi longa e não como a que nos damos, nós gostamos de nos enaltecer, e não perdemos oportunidade, mas veremos no final que Jesus enalteceu, elogiou foi João Batista. Gostamos muito de nos identificar como pessoas espirituais, mesmo sendo carnais, mesmo procedendo de maneira equivocada, gostamos de afirmar que somos seres espirituais e que temos a nossa salvação garantida, e não percebemos que devemos conquistá-la diariamente, e que, se queremos ser grandes, devemos aprender primeiro a ser pequenos. “E, na mesma hora, curou muitos de enfermidades, e males, e espíritos maus, e deu vista a muitos cegos. Respondendo, então, Jesus, disse-lhes: Ide, e anunciai a João o que tendes visto e ouvido: que os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e aos pobres anuncia-se o evangelho. E bem-aventurado é aquele que em mim se não escandalizar.” (Lucas 7:21-23). Pelos frutos conhecereis a árvore, e que é o princípio aplicado aqui por Jesus, Ele estava cumprindo a sua missão curando, libertando e, principalmente, pregando o Evangelho, e a sua resposta enviada a João foi que os discípulos deveriam somente falar o que eles estavam vendo, presenciando, pois João entenderia. As Escrituras diziam como Ele, ou melhor, o Messias agiria, e elas estavam se cumprindo ali Nele. Nós muitas vezes queremos que Deus nos garanta a nossa vitória nesta ou naquela área, e ficamos buscando revelações, e esquecemo-nos da maior das revelações: o Livro de Revelações, que é a Bíblia, pois ali na Palavra temos todas as respostas de que necessitamos.
            “E, tendo-se retirado os mensageiros de João, começou a dizer à multidão acerca de João: Que saístes a ver no deserto? uma cana abalada pelo vento?” (Lucas 7:24).Depois que os discípulos de João foram embora levando a resposta, Jesus então passa a falar de João Batista, enaltece-o e começa a questionar o povo, que antes saía ao deserto, ou às margens do rio Jordão; será que foram ver um bambu sendo balançado pelo vento? Ou quem sabe? “Mas que saístes a ver? um homem trajado de vestes delicadas? Eis que os que andam com preciosas vestiduras, e em delícias, estão nos paços reais.” (Lucas 7:25). Ou iam, foram ver um homem ricamente trajado, com vestes finas, com adornos e adereços chiques, mas sabem que esse tipo de pessoa não se encontra em deserto mas nos palácios, nas mansões, então quem eles foram ver no deserto? Essa é a pergunta de Jesus: o que eles iam fazer no deserto? Mas o Senhor mesmo responde. “Mas que saístes a ver? um profeta? Sim, vos digo, e muito mais do que profeta. Este é aquele de quem está escrito: Eis que envio o meu anjo diante da tua face, O qual preparará diante de ti o teu caminho.” (Lucas 7:26-27). E então vemos que, como sempre, as respostas de Jesus sempre são pela Palavra. Jesus afirma que eles saiam para ver, para encontrar um profeta, mas que João Batista era muito mais do que um simples profeta, era aquele que as Escrituras falavam que viria preparar o caminho Dele, o Messias, João era aquele que os profetas antigos profetizavam, por isto não era simplesmente mais um profeta. Que João foi enviado por Deus com a missão de preparar o seu caminho, preparar as pessoas, seus corações, para receber o cumprimento da promessa, para receber o Messias. Temos encontrado vários “joãos” pelos nossos desertos que nos preparam, nos avisam que o Senhor está voltando, só que não acreditamos e ainda o desmerecemos. Devemos observar mais e nos ater à Palavra, às Escrituras. “E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele.” (Lucas 7:28). Vemos que Jesus afirma que João Batista foi o maior profeta, maior do que Isaías, Elias, Jeremias, aqueles que os teólogos e pregadores teimam em falar que foram os maiores, mas o próprio Messias disse que, nascido de mulher, João foi o maior de todos, ou seja, dos que foram gerados normalmente nenhum foi superior a João. Mas, em contrapartida, no Reino de Deus, o menor lá é maior do que João, que maravilha, que fantástica revelação. Sabemos que, quando estivermos no Reino, se o alcançarmos, seremos maiores do que qualquer vivente, por maior que possa ser o vivente, o menor no Reino é maior.
            “E todo o povo que o ouviu e os publicanos, tendo sido batizados com o batismo de João, justificaram a Deus. Mas os fariseus e os doutores da lei rejeitaram o conselho de Deus contra si mesmos, não tendo sido batizados por ele.”(Lucas 7:29-30). Os que tinham ouvido e sido batizados por João se alegraram por terem agora a confirmação de que fizeram o que era certo, mas os fariseus, os religiosos, os que depois exigiram a morte do Senhor rejeitaram a Palavra de Deus, pois se achavam superiores e não concordavam em ouvir e receber o batismo de João, pois se achavam superiores e entendiam que eram santos e não tinham pecados, eles justificavam a si mesmos. A sabedoria humana é contrária à Palavra de Deus. “E disse o Senhor: A quem, pois, compararei os homens desta geração, e a quem são semelhantes? São semelhantes aos meninos que, assentados nas praças, clamam uns aos outros, e dizem: Tocamo-vos flauta, e não dançastes; cantamo-vos lamentações, e não chorastes.”(Lucas 7:31-32). Jesus faz uma comparação, um paralelo, porque João Batista, que vivia em santidade, tanto no viver como na alimentação, nas vestes, em tudo, ele não se contaminava, e na antiga aliança era exigido isso dos nazireus, e mesmo assim os religiosos o desprezavam e não aceitavam a sua palavra quando pregava, mesmo porque ele pregava essencialmente sobre conversão e arrependimento.“Porque veio João o Batista, que não comia pão nem bebia vinho, e dizeis: Tem demônio; Veio o Filho do homem, que come e bebe, e dizeis: Eis aí um homem comilão e bebedor de vinho, amigo dos publicanos e pecadores. Mas a sabedoria é justificada por todos os seus filhos.” (Lucas 7:33-35).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeus
Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 

MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário