NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

COMO E ONDE AGEM OS DEMÔNIOS

“E chegaram ao outro lado do mar, à província dos gadarenos. E, saindo ele do barco, lhe saiu logo ao seu encontro, dos sepulcros, um homem com espírito imundo; o qual tinha a sua morada nos sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia alguém prender; porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões em migalhas, e ninguém o podia amansar.” (Marcos 5:1-4)

            Jesus foi até a província de Gandara com o objetivo definido, como tudo o que Ele fazia, e neste caso foi o libertar uma pessoa totalmente possessa de espíritos malignos. Jesus aproveitava todo o seu tempo para ensinar o Evangelho e para libertar os cativos, que era a sua missão. Neste caso em tela veremos que Jesus não somente libertou esse prisioneiro das trevas como também ensinou como arregimentar discípulos, além de confrontar o pecado e o mal. Também nos ensina que é possível espíritos malignos possuírem animais. Observemos que a situação dessa pessoa era terrível, como de tantas que encontramos pelo mundo, e geralmente gostamos de tachá-las de pessoas com problemas mentais. Esse ninguém conseguia prendê-lo nem mesmo com corrente; vivia em cemitérios, e ninguém conseguia acalmá-lo. “E andava sempre, de dia e de noite, clamando pelos montes, e pelos sepulcros, e ferindo-se com pedras.” (Marcos 5:5). Essa pessoa vivia andando nas noites, gritando e fazendo peripécias como sempre encontramos nas ruas; pessoas imundas, com cabelos grandes, roupas sujas e rasgadas, comendo do lixo, mas nunca lhes damos atenção, ao contrário, queremos nos afastar por medo ou por nojo, e nunca agimos como deveríamos. “E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-o. E, clamando com grande voz, disse: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? conjuro-te por Deus que não me atormentes.” (Marcos 5:6-7). Os demônios, todos os espíritos das trevas reconhecem Jesus de longe, e o temem e procuram afastá-lo, pois sabem que Jesus veio para libertar os cativos; aqui os demônios se submeteram ao Senhor e pediam para  não expulsá-los. Como o Senhor Jesus está vivo em nós, se formos os seus servos, e temos autoridade no nome Dele, assim também todos os espíritos malignos devem nos reconhecer e se submeter a nós por causa do nome do Senhor Jesus Cristo.
            “(Porque lhe dizia: Sai deste homem, espírito imundo.) E perguntou-lhe: Qual é o teu nome? E lhe respondeu, dizendo: Legião é o meu nome, porque somos muitos.” (Marcos 5:8-9). Vemos que o Senhor já tinha dado a ordem para os espíritos saírem e sabemos que era uma grande quantidade, porque todas as vezes em que a Bíblia se refere a legiões, era uma grande quantidade, apesar de que não dá para precisar o número exato. O Senhor perguntou o nome desses demônios simplesmente para podermos entender que era uma grande quantidade, fazendo os próprios demônios confessarem, mesmo porque sabemos que, nos casos de possessão  por legiões, sempre existe um demônio, um espírito que comanda a tropa, que lidera, e,  nesse caso, foi o que respondeu ao Senhor. “E rogava-lhe muito que os não enviassem para fora daquela província. E andava ali pastando no monte uma grande manada de porcos. E todos aqueles demônios lhe rogaram, dizendo: Manda-nos para aqueles porcos, para que entremos neles.”(Marcos 5:10-12). Aqui devemos prestar atenção para compreendermos que existem demônios territoriais, esses espíritos que se apossam de uma região, pode ser uma casa, rua, bairro, cidade ou estado, país,  ou de uma família, que  fica de geração a geração sofrendo  todo tipo de sofrimento, ou em áreas específicas, e, enquanto não for expulso, vai causar dano. Aqui esses demônios pediam para que não fossem expulsos daquela região. Também devemos entender que naquela época era contra a lei de Deus comer carne de porco e também criá-los, e, portanto, sabemos que os gadarenos não respeitavam a Palavra de Deus, por esse motivo davam legalidade e permaneciam atormentando. Também percebemos de forma clara que demônios podem possuir animais. Aqui, sabendo que seriam expulsos, que tinham que sair, tinham que obedecer à ordem de Jesus, pediram então para serem enviados para os animais, ou seja, eles estavam mostrando  a permissão para agirem. “E Jesus logo lho permitiu. E, saindo aqueles espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada se precipitou por um despenhadeiro no mar (eram quase dois mil), e afogaram-se no mar.” (Marcos 5:13). Jesus permitiu que  esses espíritos entrassem nos porcos para que a causa do pecado, nesse caso, fosse destruída e pudéssemos hoje entender a sua palavra. Quase dois mil porcos se atiraram despenhadeiro abaixo e morreram todos.
            “E os que apascentavam os porcos fugiram, e o anunciaram na cidade e nos campos; e saíram muitos a ver o que era aquilo que tinha acontecido.” (Marcos 5:14). Os cuidadores dos porcos fugiram com medo diante do que tinha precipitado e  relataram a todos, tanto na cidade como nos campos, e as pessoas foram ver  se realmente era verdade, isto por estarem preocupados com a perda, com o prejuízo material, e não  perceberam o ganho espiritual, na verdade não estavam preocupados com  isto. Assim são muitos os que falam o nome de Jesus, mas, interessados somente em bens materiais, acham que o Evangelho é prosperidade material e não faltam pregadores para incentivar essa prática que, na verdade, é antibíblica e demoníaca.  “E foram ter com Jesus, e viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido e em perfeito juízo, e temeram. E os que aquilo tinham visto contaram-lhes o que acontecera ao endemoninhado, e acerca dos porcos.”(Marcos 5:15-16). Satisfeita a curiosidade do povo a respeito da libertação do que antes estava possesso, e tendo conhecimento do que acontecera com os porcos, o que era motivo para glorificar o nome de Deus e agradecer pela vida que antes estava destruída e agora estava livre, eles  resolveram expulsar o Libertador. “E começaram a rogar-lhe que saísse dos seus termos.” (Marcos 5:17).Pediram, mandaram que Jesus saísse daquela província, eles escolheram as trevas, o pecado, porque a luz mostrava a escuridão. “E, entrando ele no barco, rogava-lhe o que fora endemoninhado que o deixasse estar com ele. Jesus, porém, não lho permitiu, mas disse-lhe: Vai para tua casa, para os teus, e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor te fez, e como teve misericórdia de ti.”(Marcos 5:18-19). Gratidão somente daquele que foi liberto, este queria sim estar com o Senhor, acompanhá-lo, mas Jesus  o nomeou missionário, mandou-o anunciar o Evangelho e testemunhar o poder de Deus em sua vida. “E ele foi, e começou a anunciar em Decápolis quão grandes coisas Jesus lhe fizera; e todos se maravilharam.” (Marcos 5:20). Decápolis conjunto de dez cidades era onde  o que antes era possesso agora evangelizava e testemunhava.

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço.
                                                    Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeus
Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 

MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário