NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

IGREJAS MISTAS.

"Geralmente se ouve que há entre vós fornicação, e fornicação tal, que nem ainda entre os gentios se nomeia, como é haver quem abuse da mulher de seu pai.” (1 Coríntios 5:1)

            Paulo estava triste e chateado com as coisas que vinham acontecendo na igreja de Corintos, com pessoas que estavam mantendo ou haviam mantido relação sexual com a madrasta, além de outros pecados sexuais com pessoas que eram da igreja, e mesmo assim a liderança não tinha expulsado esses pecadores da igreja. Exatamente como acontece hoje na maioria das igrejas, onde existem adultérios, prostituições, fornicações, e muitos desses estão nos púlpitos, nos altares das igrejas, cantando e pregando, e ninguém os exorta, ninguém os expulsa das igrejas. Assim como em Corintos, atualmente existe a concordância com o pecado nas igrejas, pois não se cobra ou se exige santificação, não se prega mais a Verdade, não se ensina nem se cobra vida em santidade."Estais ensoberbecidos, e nem ao menos vos entristecestes por não ter sido dentre vós tirado quem cometeu tal ação.” (1 Coríntios 5:2). As lideranças das igrejas estão comprometidas com os dízimos e ofertas, com o inchaço das igrejas, e não corrigem e nem expulsam  os escarnecedores do Evangelho, porque preferem ter uma igreja cheia de qualquer coisa a ter  poucos membros realmente comprometidos com o Evangelho, porque sabem que em igreja com poucas pessoas também haverá poucas entradas de recursos. Portanto, aceitam e se calam quando não concordam de forma aberta com os pecados; igrejas estão lotadas de pessoas vivendo em adultério, no segundo ou terceiro casamento. "Eu, na verdade, ainda que ausente no corpo, mas presente no espírito, já determinei, como se estivesse presente, que o que tal ato praticou, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, juntos vós e o meu espírito, pelo poder de nosso Senhor Jesus Cristo, seja entregue a Satanás para destruição da carne, para que o espírito seja salvo no dia do Senhor Jesus.”(1 Coríntios 5:3-5).Paulo, no  nome de Jesus,  exige, determina que  aquele adúltero, fornicador, seja expulso da igreja, para que receba a devida punição, para que sofra  na carne, para que deixem o diabo agir na vida dele, pois foi o que buscou servindo-o, prostituindo-se. As igrejas de hoje estão lotadas de todos os tipos de crimes sexuais, e nem o líder tem coragem de expulsá-los, porque também está vivendo de igual maneira, mesmo que só em pensamento, uma prostituição. Dizem que não expulsam porque a igreja é para pecador, mas, na verdade, isso é desculpa furada para justificar a conivência deles com os pecados, porque  o correto é  as pessoas chegarem às igrejas desconhecendo os preceitos do Senhor, por isto pecam, mas, quando se convertem, se  for uma igreja que prega e ensina a verdade, com certeza aprenderão o caminho da santidade e, se não aceitarem, que sejam expulsos.
"Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que um pouco de fermento faz levedar toda a massa?” (1 Coríntios 5:6). Não é bom permitir quem quer que seja em pecado na igreja, pois sabemos que, se toleramos uma,  estamos abrindo caminho para que outras pessoas procedam de igual maneira, pois o pecado contamina e atrai. Temos visto grandes igrejas que do altar até a porta predominam o pecado e o comércio; na verdade são empresas sem éticas. "Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós.”(1 Coríntios 5:7). Quando  viemos para o Evangelho,  viemos para a santidade, portanto,  é dever nos desprover do velho homem, da velha mulher, e não mais aceitar ou tolerar o pecado, a impureza; é dever ensinar o caminho puro,  mas, se alguém não o aceita, devemos excluí-lo da igreja e do nosso relacionamento. Temos que nos limpar de pensamentos contraditórios e passarmos a agir segundo o Evangelho. A nossa direção tem que ser a Palavra de Deus, e não nosso entendimento ou emoção. "Por isso façamos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade.” (1 Coríntios 5:8). A nossa alegria tem que ser não pelas nossas posses, ou por ser  uma grande igreja, templo, ou pela quantidade de membros, ou patrimônios, mas sim pela santidade dos seus dirigentes, seus membros, ser reconhecida pela  santidade dos seus, pela maneira que  se tem aplicado ao Evangelho,  não sendo tolerante de maneira nenhum com os pecados, cobrando e exigindo  sempre  obediência aos preceitos do Senhor. "Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem;” (1 Coríntios 5:9).Paulo, da mesma maneira, já tinha escrito carta exigindo que na igreja não houvesse associação, comunhão  com  os que vivem em pecados, em desrespeito à Palavra de Deus.
"Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo.” (1 Coríntios 5:10). Mas  o que Paulo faz questão de deixar claro é de  quais  pecadores devemos nos afastar, não  é dos que estão no mundo vivendo de forma desordenada, dos que não conhecem a Palavra de Deus, o Evangelho, dos que estão  vivendo no mundo e para o mundo, porque, se fosse assim, não teríamos lugar para viver, pois o mundo jaz no maligno. Desses  que estão no mundo, na verdade, devemos nos aproximar deles e pregar e falar do Evangelho, para que se convertam e abandonem os pecados, isso é evangelismo."Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais.” (1 Coríntios 5:11). Mas os pecadores dos quais devemos nos afastar são os tais que se identificam como sendo irmãos, sendo evangélicos, sendo crentes, que estão dentro de igrejas, nos altares, mas que são pecadores, mentirosos, enganadores,  vivem em erros, em vícios. Com essas pessoas não podemos nem mesmo dividir uma refeição; devemos simplesmente correr delas. "Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo.” (1 Coríntios 5:12-13). É nosso dever julgá-los e  expulsá-los; o que não podemos é julgar os que não conhecem a Palavra, o Evangelho, e sim os que conhecem, mas não querem obedecer, esses devemos expulsar.
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
                                 Pr.Henrique Lino

Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeusVisitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 
MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário