NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 28 de março de 2014

SE FORTALECENDO NO SENHOR.

"No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.” (Efésios 6:10)

            Tudo se resume em nos fortalecer no Senhor, ou seja, somente revestidos com o seu poder é que podemos vencer as inúmeras batalhas que surgem, e todas elas não são contra o ser  humano, são contra os demônios, contra o diabo. Devemos entender que fortalecer no Senhor é mais do que orar, mais do que rezar, ou fazer jejum, ir a igrejas e dizimar ofertas. Fortalecer no Senhor é se revestir da sua Palavra, é viver exclusivamente de acordo com os preceitos e ordenanças do Senhor. Assim como vestimos uma roupa, agasalhamo-nos em tempo de frio, sem querer deixar nada exposto para não nos resfriarmos, também devemos vestir a Palavra de Deus e não deixar nada para fora, assumir tudo, sabendo que, mesmo o que aos nossos olhos possa parecer insignificante para o Senhor é muito importante, e por um desses pequenos mandamentos que deixamos de cumprir podem estar a vida e a morte espiritual. "Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.” (Efésios 6:11). Revestir, cobrir, blindar, proteger, ou seja, usar uma atitude de proteção, de defesa, e, portanto, se  a Bíblia, a Palavra de Deus manda que nos revistamos, nos defendamos, é porque existe um inimigo, e que esse inimigo ataca. Assim sendo, sabemos que a qualquer momento ou a todo o tempo somos bombardeados pelo inimigo de várias maneiras, porque esse inimigo prepara astutas ciladas, ou seja, ele usa de astúcia para fazer armadilhas nas quais, se não estivermos revestidos, podemos cair, nos tornar presas fáceis, e então sermos prisioneiros. Deus já nos disponibilizou toda armadura, toda proteção de que necessitamos para nos proteger de todas as armadilhas do inferno, e se a utilizarmos seremos sempre vencedores. Portanto, quando caímos e somos derrotados em alguma área, é porque saímos da Palavra de Deus, é porque desprezamos a armadura do Senhor e vestimos a nossa carnal, maligna, insensata, que infalivelmente conduz à derrota. Quando achamos que somos autossuficientes, que sabemos como agir e não precisamos viver e andar como o Senhor determinou, já estamos sendo prisioneiros no entendimento.
            "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.” (Efésios 6:12).Portanto, sabendo que temos um inimigo, para o vencermos é necessário identificarmos esse ou esses inimigos, pois batalhas são ganhas com conhecimento. Assim, sabendo que os nossos inimigos não são pessoas, carne e sangue, não são as pessoas que muitas vezes nos ofendem, magoam, nos dão prejuízos, nos decepcionam, mas os espíritos malignos, os demônios que as fazem ter um procedimento que nos causam dano e ofendem, ou seja, são as ciladas do inimigo. Também devemos observar que os inimigos têm várias categorias potestades, principados, ou seja, uns mais cheios de artimanhas e forças que outros, que atacam em grupos as hostes ou legiões, os príncipes, a nata dos demônios, os espíritos, mais graduados nas maldades, e só podemos vencê-los todos combatendo com as armas que o Senhor nos dá, não lutando com a carne pela carne, mas com o espírito, pois as nossas lutas são espirituais. "Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.” (Efésios 6:13). Devemos estar revestidos, porque, com certeza, os ataques virão; o dia mau existe e acontece com todos os cristãos e não cristãos; não existe a possibilidade de não sermos atacados, pois, se o nosso Mestre Jesus Cristo foi durante todo o seu ministério perseguido e atacado pelo inimigo, nós, como seus discípulos, com certeza também o seremos. Portanto, não existe o supercrente que não é atacado, todos o são, e,  por mais firmes que estejam na presença do Senhor, o ataque vem. O que devemos fazer é estar revestidos da Palavra de Deus para que possamos resistir, vencer as batalhas em nome de Jesus."Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça.” (Efésios 6:14). E a base para  vencermos é nos fundamentar sempre na Verdade, nos vestirmos da Verdade e da justiça, praticar e viver a justiça em todo o tempo e para com todos. Assim como os soldados romanos usavam  couraça para se proteger, nós usamos a couraça da justiça, e praticamos a Verdade, e sabemos que a Verdade é Jesus.
            "E calçados os pés na preparação do evangelho da paz” (Efésios 6:15). Viver na paz, praticar  paz, ter paz para com todos, uma vez que as nossas lutas  não são contra pessoas, mas espíritos. Logo, pratiquemos a paz, a que Jesus nos deu, nos deixou, e a todo o tempo ensinando todos a viverem em paz. Praticar a paz é ser pacífico, tranquilo, confiante, porque é necessário confiar, crer no Senhor para desfrutar a paz, e não esqueçamos que é um dos frutos do Espírito Santo."Tomando, sobretudo, o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.” (Efésios 6:16).Somente pela fé, crendo no Senhor, na sua Palavra, podemos vencer, portanto o  nosso escudo, a nossa proteção peitoral, frontal, é a fé, somente ela pode apagar os dardos atirados pelo inimigo, porque, estando firmado na fé, no Senhor, não aceitamos sugestões e pensamentos contrários aos seus ensinamentos. "Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.” (Efésios 6:17).Sobre a nossa cabeça tem que haver  o espírito da salvação, e caminhar, seguir com destino à vida eterna, e tudo fazer de acordo com a Palavra para obtermos a nossa salvação. Toda a nossa luta aqui se resume  somente nisto: salvação ou condenação, vida ou morte eterna. Para  conseguirmos vitórias, alcançar o nosso objetivo, é necessário fazermos uso a todo o tempo da espada do Espírito, e sabemos que espada é uma arma de ataque e defesa, e somente com ela podemos vencer, ela é a Palavra de Deus. Mas não nos esqueçamos jamais de orar, pedir socorro, ajuda,  proteção, e também agradecer ao Senhor. "Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, e por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho.” (Efésios 6:18-19).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
                         Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeusVisitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 
MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário