NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

REJEITANDO JESUS.

E, estando ele no tribunal, sua mulher mandou dizer-lhe: Não te envolvas com esse justo; porque hoje, em sonho, muito sofri por seu respeito. (Mateus 27:19)

            Jesus estava sendo julgado, e não pediu clemência, não chorou, ou, clamou por justiça, nem, mesmo questionou a Deus, o porquê Dele está passando por aquele momento tão doloroso, uma vez, que era inocente; e, tudo só estava acontecendo, porque Ele estava cumprindo a ordem de Deus. Pilatos, em pleno tribunal recebe um recado da esposa, pedindo para Ele não se envolver, não acusar, nem sacrificar, aquele justo, pois, em sonho ela tinha sofrido; ou seja, ela sabia que Jesus era justo;, e, estava pedindo para o marido tentar de alguma maneira não sacrificar o cordeiro de Deus. "Mas os principais sacerdotes e os anciãos persuadiram o povo a que pedisse Barrabás e fizesse morrer Jesus.” (Mateus 27:20) Os religiosos, os responsáveis por pregar, e ensinar a Palavra de Deus; convenceram o povo,e  que queriam ser convencidos, a pedirem, a morte de Jesus.Observemos, que o povo que se deixou convencer, era  o mesmo que desfrutaram dos milagres de Jesus, que receberam curas, libertações, e se alimentaram da Palavra, e de pão e peixes quando das multiplicações dos mesmos. Os que queriam a morte de Jesus eram os conhecedores da Palavra, mas, por inveja é que assim procediam; assim são muitos os pastores (a), que se dizem homens e mulheres de Deus, mas, que pregam e são favoráveis o divorcio, e outras praticas condenadas por Jesus. Na verdade, eles estão crucificando o Senhor novamente. São piores do que aqueles, e imperdoáveis, pois, hoje, sabem do que aconteceu naquela época, e foram avisados para não agirem assim.
            "De novo, perguntou-lhes o governador: Qual dos dois quereis que eu vos solte? Responderam eles:Barrabás!”(Mateus 27:21)Pilatos, creio, que por ter recebido o recado da mulher,  ainda tentou de alguma maneira libertar o Filho de Deus, mas, o povo juntamente com os religiosos pediram que libertasse, soltasse, um assassínio que é Barrabás. Foi colocada a opção de o povo escolher, Jesus, o salvador, a vida, ou, Barrabás, a violência, o crime a morte; a Criação, e a destruição.  Mas, todos foram unanimes em escolher Barrabás, e tudo o que ele representava. "Replicou-lhes Pilatos: Que farei, então, de Jesus, chamado Cristo? Seja crucificado! Responderam todos.” (Mateus 27:22)Mais uma vez disseram, exigiram, a morte de Jesus, e isto, quem estava exigindo era o povo que dizia amar a Deus . Seria os mesmos que lotam igrejas em busca de benção, de prosperidade, que fazem campanhas, que segue procissão,  que adoram imagens, são todos os religiosos, que dizem amar a Deus, mas, não o conhecem e nem respeitam os seus mandamentos."Que mal fez Ele? Perguntou Pilatos. Porém cada vez clamavam mais: Seja crucificado.” (Mateus 27:23) O povo que dizia amar a Deus, somente exigia a morte, cada vez, mais ,a morte como companhia, que é Barrabás, e a crucificação e  morte de Jesus.
            "Vendo Pilatos que nada conseguia, antes pelo contrario, aumentava o tumulto, mandando vir água, lavou as mãos perante o povo, dizendo: Estou inocente do sangue deste (justo); fique o caso convosco.” (Mateus 27:24)Pilatos,ao ver que nada conseguia com o povo, e sabendo ,que Jesus era inocente, não teve alternativa a não ser entregar Jesus, mas, fez questão de deixar claro, que ele, estava livre da condenação do Filho de Deus, ou seja, ele, não o condenava, e nem achava motivo algum para isto; e vejam, que esta afirmativa era de um estrangeiro, não era do povo escolhido. "E o povo todo respondeu: Caia sobre nós o seu sangue e sobre nossos filhos.” (Mateus 27:25) O povo assumiu, pediram a condenação sobre eles e seus filhos, pediram para a culpa da morte de Jesus o Filho de Deus recaísse sobre eles e seus filhos, ou seja, pediram a maldição sobre as suas vidas. Ainda hoje o povo pede a maldição, pedem, a morte quando não respeitam os preceitos do Senhor, quando são desobedientes, e buscam somente benção e socorro, e não a Deus. "Então, Pilatos lhes soltou Barrabás; e, após haver açoitado a Jesus, entregou-o para ser crucificado.” (Mateus 27:26) Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus abençoe.
Um abraço.
                           Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou até mesmo preso, entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Fale Conosco TEL: (31) 3568.1077CEL TIM: (31) 93428855 OI 31-88172771 VIVO 31-98004621 CLARO 31-82134027FAX(31)2565.4577 E-MAILS  ,MSN, E, Orkut: (ministerioatalaiadedeus@hotmail.com) BLOG http://ministerioatalaiadedeus.blogspot.com/Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência jurídica aos detentos e seus familiares, oração e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 
MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário