NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

SER MINISTRO DO SENHOR.

Pelo contrário, em tudo recomendamo-nos a nós mesmos como ministros de Deus: na muita paciência, nas aflições, nas privações, nas angustias, nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos, nas vigílias, nos jejuns. (2 Coríntios 6:4,5)

            Muitos pastores, pregadores, líderes de grandes e pequenos ministérios não se recomendam, ou seja, não confiam em si mesmos como homens, e mulheres de Deus; e claro está falta de confiança é porque agem em alguma coisa em desacordo com a Palavra de Deus. Exemplo disto, é que sempre estão recorrendo a outros em busca de orações, pedindo para que outros intercedam por eles; se eles se recomendassem, eles mesmos entrariam na presença do Senhor e clamaria, e resolveria a sua causa; mas, como não confiam em suas próprias orações, tem que pedir socorro a um colega. Mas, muitos que veem o Evangelho como uma fonte de riqueza, de poder material, que cuidam de igreja como empresas, e ovelhas como clientes, acham que eles devem ter o melhor, viver de forma nababesca, tem consciência do erro, pois, no aperto busca socorro, e ajuda, pedem intercessão. "Na pureza, no saber, na longanimidade, na bondade, no Espírito Santo, no amor não fingido.” (2 Coríntios 6:6)Porque muitos se fantasiam de ministros de Deus, são especialista em atrair multidões, em encher igrejas; atualmente muitos se denominam como conferencistas, sabem  fazer uso das emoções,  e são especialistas em pregar o que o povo quer ouvir; são expert  em falar de ofertas, dízimos, e campanhas várias, em vender produtos que fazem com as pessoas creiam que realmente tem necessidade daquilo, ou que se não adquirir estará em pecados.
            "Na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça, quer ofensivas, quer defensivas.” (2 Coríntios 6:7)Ministros que não amam as suas ovelhas, pois nem mesmo sabem o que acontecem com as mesmas, que não se preocupa com seu estado espiritual; mas somente se preocupa com eles mesmos, e  não conhece o amor de Deus, pois, se conhecem, amaria as ovelhas com o mesmo amor, ministros que  estudaram, em faculdades para se tornar um  pregador formidável,  que sabem usar a oratória, assim como advogados, médicos, engenheiros e outros profissionais liberais, eles se especializam; mas não tem o principal, o poder de Deus, não foram chamados, se fizeram, e, por isto eles não se recomendam. "Por honra e por desonra, por infâmia e por boa fama, como enganadores e sendo verdadeiros.” (2 Coríntios 6:8) Estes, quando tem algum problema com  um dos seus familiares, eles são os primeiros a ligarem, a chamarem, e pedirem socorro a outros, para que orem; e isto por não confiarem em suas próprias orações; mesmos porque vivem contrariamente ao Evangelho, não conhecem, o poder de Deus, e não são discípulos de Jesus, nunca foram como Jesus mandou ir.
            "Como desconhecidos e, entretanto, bem conhecidos; como se estivéssemos morrendo e, contudo, eis que vivemos; como castigados, porém não mortos.” (2 Coríntios 6:9)O verdadeiro ministro assim como Paulo tem que ter estas qualidades, tem que ter experiência com o Senhor, e não pode de forma nenhuma estar comprometido com as coisas deste mundo, não pode estar preocupado com as coisas materiais; assim como os Levitas não tiveram herança, os ministros legítimos do Senhor também não se preocupam em adquirir patrimônio material aqui, confia, e sabe, que o Senhor o sustentará. Ministros, pastores conhecem suas ovelhas e ficam vinte e quatro horas por dia a disposição das mesmas, não tira férias, e nem buscam descanso, o seu prazer e cuidar de ovelhas. "Entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo a tudo.” (2 Coríntios 6:10) O verdadeiro ministro do Senhor não procurar interpretar o Evangelho, mas simplesmente recebem a revelação, ele pratica, e não procura desculpas, e maneira para justificar suas ações malignas; se tem uma luta, um problema com familiares, amigos, ele não pede socorro a homens, mas ao Senhor, ele ora, entra na presença do Senhor, e pleiteia a sua causa, e sabe que obterá resposta, pois assim como ele trata a sua causa, ele trata as das ovelhas,  ele ama o próximo como a ele mesmo. Leia e pratique a Bíblia. Que Deus abençoe.
Um abraço.
                       Pr.Henrique lino                                                         
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou até mesmo preso, entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Fale Conosco TEL: (31) 3568.1077CEL TIM: (31) 93428855 OI 31-88172771 VIVO 31-98004621 CLARO 31-82134027FAX(31)2565.4577 E-MAILS  ,MSN, E, Orkut: (ministerioatalaiadedeus@hotmail.com) BLOG http://ministerioatalaiadedeus.blogspot.com/Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência jurídica aos detentos e seus familiares, oração e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 
MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário