EVANGELIZAR.

NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 3 de julho de 2018

GRAÇA E PAZ

“Paulo, apóstolo (não da parte dos homens, nem por homem algum, mas por Jesus Cristo, e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos), E todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia: Graça e paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo, O qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai, Ao qual seja dada glória para todo o sempre. Amém.” (Gálatas 1:1-5)

          O apóstolo Paulo inicia essa carta aos irmãos, aos crentes da Galácia saudando-os com cumprimento cristão e ao mesmo os abençoando em Nome de Jesus. Mas faz questão de esclarecer que é um apóstolo, um servo do Senhor, um pregador das Boas Novas, mas não por chamado ou convocação humana, e sim porque foi chamado, preparado e capacitado por Jesus Cristo e por Deus Pai. Ainda lembra quem é Jesus Cristo, pois mostra que Ele morreu e foi ressuscitado por Deus Pai para Honra e Glória do seu Nome que (é Santo para sempre Amém). Esse apóstolo ainda cumprimenta todos com a Paz do Nosso Senhor Jesus Cristo, e sabemos que a Paz Dele é diferente da paz que o mundo oferece, porque a sua Paz transcende todo o nosso entendimento, uma vez que, para o mundo, para se ter paz, é necessária ausência de problemas e sofrimento, mas a do Senhor é sentirmos paz mesmo se estivermos atravessando uma grande luta, uma batalha, um deserto. Paulo lembra que Jesus se deu, permitiu, concordou em ser preso e sofrer por nossa causa. Temos que compreender o Amor de Jesus a Deus Pai, porque, primeiramente, tudo fez em obediência ao Pai, e depois por amor a nós. Temos que compreender que tudo o que aconteceu com Jesus foi com o seu consentimento, porque assim Deus Pai tinha determinado e, portanto, Ele foi obediente até a morte, e morte de cruz. Deus queria nos libertar do jugo do pecado, queria que tivéssemos condições de sermos salvos, tivéssemos condições de poder nos livrar do pecado, e somente através da morte, do derramamento do Sangue do seu Filho isso foi possível, porque, antes de Jesus vir, não tínhamos condições de sermos salvos, uma vez que a lei simplesmente mostrava, apontava o pecado, mas era impossível saná-lo.
            “Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à Graça de Cristo para outro evangelho; O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o Evangelho de Cristo.” (Gálatas 1:6-7). O apóstolo Paulo, após cumprimentá-los com a Paz de Cristo, começa a exortá-los, a chamar a atenção, porque se permitiram aceitar ensinamentos que não são ou estão de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo. Da mesma maneira, nos dias de hoje encontramos vários templos, vários pregadores que ensinam um evangelho diferente, que não é o Evangelho de Jesus Cristo. Atualmente se especializaram em pregar, em ensinar o famigerado evangelho da prosperidade, que nada tem a ver com o Evangelho verdadeiro. São os evangelhos da felicidade, das bênçãos sem medidas, do desafio a Deus, da cobrança e exigência de bênção, das campanhas, dos votos, das fogueiras santas, dos desafios dos amuletos e vários outros, pelos quais as pessoas são induzidas a buscar bênção e prosperidades, e não Cristo. Esses evangelhos dizem que todos têm que ser felizes aqui, que Deus tem compromisso com a felicidade aqui, e que o Senhor não quer e não permite que ninguém sofra. São tantas as heresias, tantos os evangelhos e ensinamentos estranhos que não sabemos mais quem é verdadeiramente cristão, quem realmente é servo do Senhor, porque muitos que estão se identificando como crentes não querem deixar seus pecados, suas rebeldias, e ainda querem ou acham que o Senhor as entende e compreende. “Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.” (Gálatas 1:8-9) Todos os que ensinam um Evangelho diferente, discordante do que Jesus nos deixou, são malditos, porque nada podemos tirar ou acrescentar à Palavra de Deus. Esses pregadores, esses mestres cegos que ensinam heresias ao povo e cuja preocupação é encher templos para aumentar a arrecadação, pregadores preocupados em agradar ao povo, são pessoas mortas espiritualmente, são malditos de Deus, são pessoas que infelizmente já não é possível serem salvas, porque cometeram e estão cometendo pecados de maneira consciente. E todos os que os acompanham, mesmo sabendo que a Bíblia, que o Evangelho de Jesus Cristo é contrário, e mesmo assim teimam em atender à vontade carnal, estão caminhando a passos largos para o sofrimento e desonra eterna. As pessoas estão preocupadas em ser felizes, querem reinar aqui, e por isso acham que a Bíblia, o Evangelho é somente um livro de autoajuda. Pessoas que estão frequentando templos onde o pecado é tolerado, aceito, onde o adultério, o recasamento, o homossexualismo, a mentira, a mercantilização e o comércio são aceitos estão concordando com o diabo, e sobre eles virá a maldição, pois estão indo frontalmente contra Cristo. “Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? Ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo. Mas faço-vos saber, irmãos, que o Evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens. Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo. Porque já ouvistes qual foi antigamente a minha conduta no judaísmo, como sobremaneira perseguia a igreja de Deus e a assolava. E na minha nação excedia em judaísmo a muitos da minha idade, sendo extremamente zeloso das tradições de meus pais. Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua Graça, Revelar seu Filho em mim, para que o pregasse entre os gentios, não consultei a carne nem o Sangue.” (Gálatas 1:10-16).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino


Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário