EVANGELIZAR.

NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 8 de março de 2018

PRETEXTO DO SÁBADO

"E por esta causa os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque fazia estas coisas no sábado. E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também." (João 5:16-17)

          Os judeus tinham as Escrituras, tinham a Palavra, que mostrava, apontava, garantia a vinda do Messias; e mais: mostrava de maneira clara onde Ele viria, como viria, o que faria e como morreria. Os profetas, tais como Isaías, Jeremias, Moisés e o próprio Davi, usado pelo Espírito de Deus, assim como tantos outros profetas, tinham revelado tudo. E os judeus, esses religiosos, todos os sábados se reuniam nos templos para lerem as Escrituras, mas se recusaram a aceitar e a receber Jesus como o Filho de Deus; não quiseram aceitar que Ele era o cumprimento da Promessa de Deus. Esses religiosos, tanto fariseus como saduceus, simplesmente não queriam enxergar, ver que tudo se cumpria em Jesus, que era um novo tempo prometido por Deus. Queriam estar presos a preceitos antigos e superados com a vinda do Messias, do Filho de Deus, e, portanto, estavam indo contra o próprio Deus que eles diziam seguir, amar e respeitar. Jesus estava e está no Pai e no Espírito Santo, os três são um, e ao se levantar contra um deles, automaticamente se levantará contra todos, ou seja, se levantará contra Deus. Eles não admitiam que as pessoas fizessem alguma coisa aos sábados, mas eles mesmos faziam, porque cometiam pecados, e, além do mais, eram hipócritas, porque falavam uma coisa e faziam outra. Como buscavam um pretexto para prender Jesus, o sábado foi a melhor das desculpas que conseguiram, que na verdade foi a usada para o prenderem e o condenarem no final, uma vez que de nada conseguiam acusá-lo. Mas Jesus mostrou, respondeu que Deus Pai trabalha e Ele também. Temos que observar que não há desculpas para a preguiça, porque Deus trabalha até agora atendendo aos nossos pedidos, cuidando de cada um, e principalmente mantendo este mundo funcionando, porque, no momento em que Ele se afastar, tudo desmoronará. Jesus não fica descansando, Ele continua nos servindo, intercedendo por cada um junto ao Pai, Ele continua nos abençoando, curando, libertando, transformando vidas. "Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus." (João 5:18). A inveja é algo terrível, os judeus sabiam que Jesus era realmente o Filho de Deus, mas eles não queriam aceitar, uma vez que o viam como homem e preferiam continuar como estavam, por isto, certa feita, Jesus contou uma parábola, que se chama os Lavradores Maus, a qual se encontra nos três Evangelhos: Lucas 20:9-19 Marcos 12:1-12 e Mateus 21:33-46, exatamente para ilustrar bem esse comportamento deles.
 "Mas Jesus respondeu, e disse-lhes: Na verdade, na verdade vos digo que o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se o não vir fazer o Pai; porque tudo quanto Ele faz, o Filho o faz igualmente. Porque o Pai ama o Filho, e mostra-lhe tudo o que faz; e Ele lhe mostrará maiores obras do que estas, para que vos maravilheis." (João 5:19-20) Jesus afirma e reafirma que Ele é o Filho de Deus e tudo o que Ele faz é porque Deus lhe mostrou, e o mandou fazer, porque, se Ele não estivesse em Deus Pai, Ele nada poderia fazer. Na verdade, Ele nos dá uma grande lição, mostrando que, se não estivermos no Senhor, nós não conseguiremos nada, porque, para libertarmos uma pessoa possessa, ou curar uma pessoa enferma, o fazemos em seu Nome. Assim, todas as curas e libertações, os sinais, os milagres que fazemos só o conseguimos porque estamos Nele, e na verdade é Ele quem o faz. Jesus está no Pai e é o Senhor, assim, quando fazemos qualquer coisa, é Ele quem o faz, e, portanto, sabemos que Ele continua trabalhando até agora e que Ele está no Pai. Jesus explicou que tudo o que Ele faz é porque Ele viu Deus fazer, e Deus lhe ensinou e lhe deu autoridade para o fazer, e que eles veriam coisas maiores. Ao longo dos séculos temos visto coisas grandiosas, temos visto Deus operar coisas e sinais inacreditáveis. "Pois, assim como o Pai ressuscita os mortos, e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer. E também o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o Juízo; para que todos honrem o Filho, como honram o Pai. Quem não honra o Filho, não honra o Pai que o enviou." (João 5:21-23). Jesus já fala também da sua ressurreição e diz que Deus Pai ressuscita os mortos e lhes dá vida, assim Ele também dará vida a quem Ele quiser. Os judeus sabiam, tinham conhecimento de vários casos de pessoas que tornaram a viver, que Deus lhes tinha dado vida novamente, como no caso em que o profeta Elias foi usado com o filho de uma viúva, ou Eliseu na casa da senhora que o hospedava. Jesus mostra que Deus dá a vida, e que Ele morreria e seria ressuscitado, que teria vida, mas que depois Ele daria vida a quem Ele quisesse. Explica ainda que Deus Pai entregou em suas mãos o julgamento de toda a humanidade, que quem nos julgará será Ele. Portanto, Deus Pai nos entregou a Jesus porque Ele sofreu e morreu por nossa causa, assim quem nos julgará será Ele, e todos os que não o amarem, que não o respeitarem, não praticarem seus preceitos e ordenanças padecerão por toda a eternidade. E não adianta clamar a Deus, pois fomos entregues a Jesus, e quem decide sobre nós é somente Ele. " Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha Palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida." (João 5:25). Todos os que ouvem a Palavra de Deus, não a antiga lei, ou os profetas, mas os que ouvem Jesus, os que creem Nele, creem em Deus têm a vida eterna. Crer é saber que Ele é o Filho de Deus, e, portanto, somos obrigados a obedecer-lhe, se quisermos ter vida; caso contrário, iremos padecer por toda a eternidade. Crer em Jesus é viver em obediência a sua Palavra, a seu Evangelho, pois somente assim se obterá vida e fugirá da perdição eterna que está reservada para todos os desobedientes, e quem os enviará é o próprio Jesus. "Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão. Porque, como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu também ao Filho ter a vida em si mesmo; E deu-lhe o poder de exercer o juízo, porque é o Filho do homem. Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação." (João 5:25-29).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário