NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

OS ANANIAS

"Mas um certo homem chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade, E reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e, levando uma parte, a depositou aos pés dos apóstolos." (Atos 5:1-2)

         Quando meditamos sobre essa passagem bíblica, conseguimos entender como os templos estão cheios de pessoas mortas espiritualmente; falamos dos famosos mortos-vivos. São pessoas que buscam um templo, uma denominação qualquer em prol de conseguirem uma bênção, uma vitória, vão para negociar, fazer desafios, e os líderes destas, os pastores, apresentam todos os tipos de campanhas, desafios, fogueiras santas, para as atender. Mas mesmo no meio dessas pessoas existem as que se julgam ainda mais espertas, pois são as que fazem votos, pegam envelopes, fazem compromissos, mesmo sabendo que não terão condições de honrá-los, e outras o fazem com intenção de não cumpri-los mesmo. São pessoas que se julgam inteligentes, que acham que não devem devolver o dízimo de maneira integral, ou que o fazem de qualquer maneira. Nesse relato bíblico, observamos que no início da Igreja as pessoas se propunham a trazer ofertas para a igreja sem que se houvesse pedido ou houvesse algum clamor para isso. Também vemos que a função dessas ofertas era manter o templo e os irmãos, era para a manutenção diária de todos os membros que precisavam. As pessoas que tinham condições traziam suas ofertas e as colocavam aos pés dos apóstolos, outros vendiam propriedades e também faziam a mesma coisa. E esses recursos eram usados ali mesmo com todos, e não existiam privilégios para ninguém, todos eram tratados por igual e recebiam recursos iguais. Mas, quando alguém tentava enganar, a morte acontecia, exatamente para que pudéssemos entender que ninguém consegue enganar o Senhor. Ananias, ao ver as outras pessoas ofertarem, venderem propriedades e trazerem os recursos aos apóstolos, ele entendeu de fazer o mesmo, mas não com sinceridade, porque ele vendeu uma propriedade, mas não trouxe o valor integral, mentiu, escondendo, retendo parte. Ninguém tinha pedido que ele vendesse nada, e muito menos tinham pedido dinheiro a ele, mas esse homem quis aparecer, quis dar uma de bom moço, ele quis entrar nas graças de todos de maneira errada. Propôs-se a fazer igual aos outros, mas não cumpriu, ele pegou o envelope, mas não colocou a oferta. Fez voto e não cumpriu, queria receber de Deus, mas pensou que seria uma negociação, esquecendo que o nosso Deus tudo vê e sabe. Prometeu e não cumpriu, agiu de má fé, e ninguém engana o Senhor e permanece vivo, digo espiritualmente.
 "Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade?" (Atos 5:2). Pedro, cheio do Espírito Santo, o confronta, na verdade dando-lhe a oportunidade de se redimir, de confessar a verdade, de assumir o seu erro. Questiona por que tinha permitido que o diabo o fizesse cometer tamanha loucura, porque o diabo é que o tinha conduzido, feito com que ele agisse daquela maneira. Mas isto porque ele permitiu. O diabo seduz, induz, força, mas a decisão final sempre será nossa, podemos ser tentados, mas a escolha sempre será nossa. O diabo não pega em nossas mãos e nos obriga a fazer algo que não queremos, ao contrário, ele tenta convencer, e somos convencidos de acordo com a nossa natureza, com nosso caráter desonesto e corrupto. Quando o nosso adversário age em nossas vidas, é porque houve a nossa permissão, nossa concordância, porque, se perseverarmos em fazer o que é o certo, em praticar o Evangelho, venceremos. "Resisti o diabo e ele fugirá de vós". Ananias permitiu ser guiado pelo diabo e tentou enganar, dar uma de esperto, e, após vender a propriedade, apresentou um valor menor, dizendo que foi somente aquele. "Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus." (Atos 5:4). Ninguém tinha pedido oferta, tinha pedido nada a Ananias ou a outra pessoa qualquer, mas esse homem de livre e espontânea vontade se ofereceu para doar, dar o valor da propriedade ao ministério dos apóstolos, mas ofereceu de maneira fraudulenta, e Pedro lhe lembra que era dele, e nada tinha pedido, ele poderia ter vendido e ficado com tudo, mas ele que ofereceu, e ao mesmo tempo tentou enganar o Senhor. Quando mentimos ou tentamos enganar o Senhor de maneira deliberada, pagamos o preço mais alto, pagamos com a própria vida. A questão não é dinheiro, não é valor, mesmo porque o Senhor não pede nada, a não ser a nossa obrigação com os dízimos, que é mandamento, mas oferta é algo espontâneo e voluntário, é uma decisão nossa, e o valor é o que Deus coloca em nosso coração. Mas não podemos prometer, fazer votos e não cumpri-los; fazemos não a homens ou a templos ou denominação, mas ao Senhor. Por tal motivo, as pessoas deveriam pensar bem antes de pegarem envelopes, fazerem votos, se não têm condições de cumpri-los, ou se não têm essa intenção. "E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou. E um grande temor veio sobre todos os que isto ouviram. E, levantando-se os moços, cobriram o morto e, transportando-o para fora, o sepultaram." (Atos 5:5-6). Quando confrontado, caiu morto e foi sepultado imediatamente. Hoje a morte também é instantânea, mas é espiritual, assim, quando as pessoas agem de igual maneira, automaticamente, instantaneamente, são mortas, e, depois que partirem deste mundo, irão para o sofrimento e derrota eterna. As pessoas, talvez por não sentirem na carne a morte, por não verem nada acontecer fisicamente, elas não acreditam e se deixam seduzir pelo nosso adversário. Por isso que tantos templos estão criando uma classe de mortos-vivos, pessoas que não herdarão o Reino, por serem carnais, por serem mortas espiritualmente. "E, passando um espaço quase de três horas, entrou também sua mulher, não sabendo o que havia acontecido. E disse-lhe Pedro: Dize-me, vendestes por tanto aquela herdade? E ela disse: Sim, por tanto. Então Pedro lhe disse: Por que é que entre vós vos concertastes para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e também te levarão a ti. E logo caiu aos seus pés, e expirou. E, entrando os moços, acharam-na morta, e a sepultaram junto de seu marido." (Atos 5:7-10). Ananias não somente errou e destruiu a sua vida como induziu a sua esposa ao mesmo erro e, consequentemente, também ela pagou com a sua vida. Assim também muitas pessoas estão induzindo, conduzindo a sua família à morte a degradação eterna. Muitos são os responsáveis pelo sofrimento e morte dos familiares que dizem amar. "E houve um grande temor em toda a igreja, e em todos os que ouviram estas coisas." (Atos 5:11). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário