NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 4 de abril de 2017

CRUZ AS COSTAS

"E quando o iam levando, tomaram um certo Simão, cireneu, que vinha do campo, e puseram-lhe a cruz às costas, para que a levasse após Jesus." (Lucas 23:26)

         Quando Jesus foi condenado por um tribunal ilegal e sentenciado à morte por crucificação, após o surrarem, o humilharem, diante da sua fraqueza, obrigaram Simão a carregar a cruz. Jesus foi submetido a um julgamento ilegal, porque foi julgado à noite, o que não era permitido pelo tribunal de Cesar, sob o qual Israel vivia o domínio. Mas, como Jesus tinha dito anteriormente, era hora das trevas, e nas trevas tudo o que não pode ser visto, apresentado, acontece, porque é na escuridão que o erro prevalece. Mas, quando a Luz chega, acabam as trevas, acabam o engano e os tropeços. Mentiram, deram falsos testemunhos, acusaram, espancaram e exigiram a morte de um inocente, e isto não foram os estrangeiros que fizeram, ao contrário, foram os hebreus, os judeus, o povo para quem o Senhor tinha vindo. A Luz incomoda as trevas, Jesus, sendo a Luz verdadeira, incomodou os pecadores, os defensores do erro, do pecado, e por isso exigiram a sua morte. Mas foi exatamente essa ação que fez com que a vontade do pai prevalecesse, e assim a sua Palavra se cumpriu, mas coitados daqueles que procederam contra o Filho de Deus. Jesus os chamava de hipócritas, raça de víboras, porque conhecia muito bem esses fariseus, esses que defendiam uma lei que os favorecia, esses sacerdotes que não amavam nem obedeciam a Deus. Mas eles não foram diferentes de tantos que hoje abundam em nossos templos modernos, porque também falam que amam o Senhor, mas vivem, ensinam, pregam contra o Senhor. "E seguia-o grande multidão de povo e de mulheres, as quais batiam nos peitos, e o lamentavam. Jesus, porém, voltando-se para elas, disse: Filhas de Jerusalém, não choreis por mim; chorai antes por vós mesmas, e por vossos filhos." (Lucas 23:27-28). Jesus, vendo algumas mulheres chorando por sua causa, por causa do seu sofrimento, e sabendo que Ele seria crucificado, se volta para elas e fala que elas deveriam chorar por causa dos seus filhos e por elas mesmas. Sim, porque o sofrimento que Ele passou foi passageiro, e Ele venceu a morte e logo alcançou a Vitória, o posto mais alto, e se sentou à direita de Deus Pai. E tudo recebeu, e hoje todos os joelhos se dobram diante Dele, porque tudo lhe foi entregue tanto no céu como na terra. Mas nós, se não nos convertermos por inteiro, sofreremos, padeceremos por toda a eternidade, então devemos chorar, nos lamentar por nós mesmos, pelos nossos. Jesus estava mostrando para aquelas mulheres que deveriam se lamentar pelos seus, porque, se não houver conversão legítima, o sofrimento, a dor serão por toda a eternidade.
 "Porque eis que hão de vir dias em que dirão: Bem-aventuradas as estéreis, e os ventres que não geraram, e os peitos que não amamentaram! Então começarão a dizer aos montes: Caí sobre nós, e aos outeiros: Cobri-nos. Porque, se ao madeiro verde fazem isto, que se fará ao seco?" (Lucas 23:29-31). Jesus fala sobre o que há de acontecer, o Senhor sempre vai nos falar sobre o futuro, porque o passado nós conhecemos, e Ele também. O passado não se pode mudar, mas o futuro só depende das nossas ações do presente, assim as revelações do Senhor sempre serão reveladas profetizando o futuro. Já o nosso adversário fala do passado, fala do que já aconteceu, e usa isto para acusar e trazer peso na consciência e condenação. Mas, quando ouvimos o Senhor e vamos até Ele pedindo perdão, nos convertemos, Ele apaga o nosso passado, e somos novas criaturas Nele. Mas, se não existir essa conversão, essa mudança, devemos então lamentar por nós e pelos nossos, porque os sofrimentos que virão serão simplesmente aterrorizadores. Muitos pedirão a morte, mas nem mesmo a morte existirá para acabar com os sofrimentos, isto porque ignorarão o Senhor, porque agiram como os fariseus, porque são hipócritas e pensam que podem enganar o Senhor, ou acham que Ele é somente um cabide de bênçãos disponível a todos, e que basta que orem e citem o seu Nome que assim já estão habilitados para recebê-las. "E também conduziram outros dois, que eram malfeitores, para com Ele serem mortos. E, quando chegaram ao lugar chamado a Caveira, ali o crucificaram, e aos malfeitores, um à direita e outro à esquerda. E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes." (Lucas 23:32-34). Escarneceram do Senhor, trataram-no como um bandido, um marginal, e até pior, porque preferiram soltar um bandido, um assassino como Barrabás. E agora o colocam, o crucificam ao lado de dois ladrões, isto para tentar denegrir o seu Nome, que é Eterno. Mas Jesus, mesmo assim, ainda ora, clama ao Pai pedindo para os perdoar pela ignorância, porque Eles realmente não tinham conhecimento pleno do que estavam fazendo. Mas os nossos fariseus da nossa geração sabem o que estão fazendo e teimam em enganar, denegrir a imagem, o Nome do Senhor, e não mudam a maneira fraudulenta de agir. Os comerciantes da fé, os pregadores de mentira, os que se omitem e não chamam o povo ao arrependimento darão conta das suas ações, porque hoje temos a Verdade, temos o Verbo, temos a Palavra, temos Jesus nos ensinando, alertando, mas, assim como estão ignorando, também serão ignorados. "E o povo estava olhando. E também os príncipes zombavam Dele, dizendo: Aos outros salvou, salve-se a si mesmo, se este é o Cristo, o escolhido de Deus. E também os soldados o escarneciam, chegando-se a Ele, e apresentando-lhe vinagre. E dizendo: Se tu és o Rei dos Judeus, salva-te a ti mesmo. E também por cima Dele, estava um título, escrito em letras gregas, romanas, e hebraicas: ESTE É O REI DOS JUDEUS. E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava Dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós."(Lucas 23:35-39). Mas todos os escarnecedores, os que estão rindo, os que acham que o Senhor tem compromisso com esse mundo e com as suas vontades irão sofrer terrivelmente. Os que acham que o Senhor tem a obrigação de os ajudar, de os socorrer aqui e agora, e que não podem levar em consideração seus pecados descobrirão que escolheram o pior dos sofrimentos. Mas os que se arrependerem serão salvos por Ele. "Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez. E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu Reino. E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso." (Lucas 23:40-43). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário