NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

ALÉM DO JORDÃO

"E, levantando-se dali, foi para os termos da Judéia, além do Jordão, e a multidão se reuniu em torno Dele; e tornou a ensiná-los, como tinha por costume." (Marcos 10:1)

         Jesus, que estava em Cafarnaum e tinha dado vários ensinamentos, agora se levanta e caminha para a Judéia. Como já falamos antes, Jesus não veio com a missão de fazer milagres, de curar, mas, ao contrário, a sua missão era apresentar o seu Evangelho, era ensinar. E é claro que Ele operava milagres, maravilhas e prodígios, mas com a função de mostrar o Poder de Deus, de ensinar a Palavra de Deus. Mesmo porque sabemos que, se não houver concordância com o Evangelho, não haverá milagre, e uma cura não salva, porque o que falamos é de vida eterna. Jesus veio apresentar o Caminho, sendo Ele esse mesmo Caminho que conduz à vida; assim se apresentou para que pudéssemos ter direito à vida. Devemos entender que Jesus veio, ensinou, sofreu e morreu na Cruz do Calvário para que pudéssemos ter vida. Mas isto não quer dizer que com esse ato todos nós estejamos salvos, porque a salvação é somente para os que quiserem, para os que aceitarem, e essa aceitação se dá através da obediência aos preceitos do Senhor. Não é como muitos pensam, que só pelo fato de Jesus ter vindo, sofrido e morrido pelos nossos pecados, morrido em nosso lugar já está garantida a salvação, porque esta não é a verdade, temos que entender que realmente Jesus morreu em nosso lugar, Ele ocupou o lugar que pertencia a nós. Mas, para termos vida Nele, para desfrutarmos de vida, temos que concordar com Ele. Cristo não é um ditador que obrigou todos a serem salvos Nele, ao contrário, Ele criou a opção de sermos salvos. Ele é a Porta, e, para sermos salvos, temos que passar por Ele, porque Ele é o Caminho. Para sermos salvos, devemos andar por esse Caminho, e andar por Ele é viver o Evangelho Dele, caso contrário, não seremos salvos. Jesus tinha por missão ensinar, e ensinou muito bem, por isto sabemos que, se quisermos ser salvos, se quisermos ter vida, é necessário lutar, batalhar, para passar pela porta estreita. Se não nos policiarmos, se não combatermos a nossa carne, com certeza não estaremos no Caminho, poderemos estar em algum atalho que conduzirá ao sofrimento e à morte eterna. Sem obediência, sem humildade, é impossível alcançarmos a salvação, portanto temos a porta aberta à nossa disposição, mas, se não passarmos por ela, não viveremos. Jesus nos ensinou tudo, nos mostrou o Caminho, e cabe a nós escolher entre salvação e perdição, entre vida e morte, sabendo que a salvação, a vida está na obediência ao Evangelho de Jesus Cristo, e não em somente ser um religioso.
 " E, aproximando-se Dele os fariseus, perguntaram-lhe, tentando-o: É lícito ao homem repudiar sua mulher? " (Marcos 10:2). Jesus ensinava quando os fariseus se aproximaram Dele com o objetivo de fazê-lo errar, de o pegarem em uma armadilha, armando cilada. Esses fariseus que conheciam a lei, que tinham as Escrituras e que se reuniam todos os sábados para meditarem na Palavra, sabiam o que era certo e errado, mas queriam testar Jesus. Deus desde o início, desde o princípio, lá em Gênesis, deixou bem claro na Criação que o Homem se uniria, se casaria e seria uma só carne com a esposa, portanto não poderia jamais se separar. Mas mesmo assim eles vêm questionar o Senhor. "Mas Ele, respondendo, disse-lhes: Que vos mandou Moisés? E eles disseram: Moisés permitiu escrever carta de divórcio e repudiar. " (Marcos 10:3-4). Na resposta, Jesus os remete às Escrituras, à lei de Moisés, e ao mesmo tempo mostra que o que eles queriam eram desculpas para legalizar e apoiar o divórcio. Esses fariseus falam que Moisés permitiu o divórcio, concordou com a separação por um motivo qualquer. Assim como há muitos homens e mulheres que buscam explicação na Bíblia para se separar, para divorciar, alegando incompatibilidade; falam do fim do amor, do adultério, e outras tantas desculpas, mas esquecem que nenhuma delas é o suficiente para o divórcio. Isto porque Deus deixou bem claro que, quando duas pessoas se casam, Ele os une e os transforma em uma só carne, e nenhum ser humano consegue fazer a separação. "E Jesus, respondendo, disse-lhes: Pela dureza dos vossos corações vos deixou ele escrito esse mandamento; Porém, desde o princípio da Criação, Deus os fez macho e fêmea. Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher, E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne. " (Marcos 10:5-8). Então Jesus mostrou que as palavras de Moisés aconteceram por causa da dureza do Coração deles, pela incapacidade de perdoar, pela dificuldade de entenderem e compreenderem o outro, mas que desde o início não foi isso que o Senhor determinou. E em nenhum momento existe a autorização, a permissão de casarem de novo, porque, mesmo que se separem, continuarão sendo uma só carne, e, portanto, qualquer união com outra pessoa consistirá em adultério. Além disso, esse ato fará com que a terceira pessoa que se envolva também cometa adultério, portanto, ao se casar, é realmente até que a morte os separe. Deus na Criação criou somente dois sexos: homem e mulher, macho e fêmea, e determinou que, quando se unirem pelo casamento, não existirá mais separação, a não ser pela morte. A única situação em que Deus une duas pessoas, que transforma duas em uma é no casamento. Não existem pai e filho, nem mãe e filha nem irmã ou outra coisa, nem existem gêmeos que possam dizer que são uma só carne, isto porque uma só carne é somente marido e esposa. Jesus ensinou e de maneira clara, nós temos a opção de aceitar, concordar ou não, mas sabendo que as nossas decisões é que trarão as consequências do que enfrentaremos à frente. A escolha é nossa, vida ou morte, obediência ou rebeldia, carne ou espírito. "Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem. E em casa tornaram os discípulos a interrogá-lo acerca disto mesmo. E ele lhes disse: Qualquer que deixar a sua mulher e casar com outra, adultera contra ela. E, se a mulher deixar a seu marido, e casar com outro, adultera." (Marcos 10:9-12). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário