NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

JESUS ESTAVA OBSERVANDO

"E, olhando Ele, viu os ricos lançarem as suas ofertas na arca do tesouro; E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas; E disse: Em verdade vos digo que lançou mais do que todos, esta pobre viúva; Porque todos aqueles deitaram para as ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza, deitou todo o sustento que tinha." (Lucas 21:1-4)

 Jesus estava no templo próximo ao gazofilázio, ao ofertório, e estava observando as pessoas depositarem suas ofertas. Não que o Senhor estivesse preocupado com dinheiro, ou com ofertas, mas estava observando o compromisso das pessoas e, principalmente, para nos dar mais um ensinamento. Jesus viu as pessoas que tinham uma boa condição financeira darem muito, ou valores mais altos, ou, mesmo tendo muito, ofertarem pouco, mas o que chamou a sua atenção foi uma viúva que quase nada tinha, e o que tinha ela doou, ofertou ao Senhor. Essa viúva tinha somente duas moedas e as colocou no gazofilázio, ficando sem nada. Jesus a elogiou e afirmou que ela foi a que mais ofertou entre todos, porque ela deu, ofertou de coração tudo o que tinha, ela demonstrou amor. Tudo o que ela tinha, todo o seu sustento ela ofertou, e sem nada esperar, e não foi uma barganha, ou campanha de prosperidade e nem respondendo a apelo de pastor, ela simplesmente quis ofertar ao Senhor o que ela tinha. De igual modo, observamos pessoas nos templos hoje que fazem questão de dar grandes valores, grandes ofertas, mas isso para agradar pastores, ou como barganhas; querem ofertar muito, porque esperam que Deus lhes retribua com o triplo ou dezenas de vezes mais. Ofertam muito porque querem receber muito, e não o fazem por amor. Algumas pessoas acham que são importantes no templo porque doam muito, mas o que temos que entender é que a oferta é exatamente como a Palavra diz: dar sem esperar retribuição. A oferta tem que ser voluntária e, portanto, não é para atender a um apelo, a um pedido de pastor que é oferta. Oferta tem que ser espontânea, ofertar não é negociar ou pensar que se está investindo no Reino para receber em troca com juros e correção.
 "E, dizendo alguns a respeito do templo, que estava ornado de formosas pedras e dádivas, disse: Quanto a estas coisas que vedes, dias virão em que não se deixará pedra sobre pedra, que não seja derrubada." (Lucas 21:5-6). As pessoas se preocupam com coisas materiais - e isso falo dentro dos templos -, usam o Nome do Senhor como se Ele tivesse compromisso com essas coisas. Usam o Nome do Senhor para arrancar dinheiro, ofertas para construir templos faraônicos e luxuosos, como se essa fosse a vontade do Senhor. Existe uma disputa de denominações entre pastores, cada um querendo construir o templo maior do que o outro, e para isso fazem todos os tipos de campanhas, de pedidos, de negociação em Nome do Senhor para obterem o dinheiro. Exigem ofertas, sacrifício das pessoas para ajudarem, mas as pessoas têm que entender que, quando atendem a esses pedidos, não estão atendendo ao Senhor, mas ao homem, ao ser humano, ao pastor ou líder. E mais: têm que saber que o Senhor não tem compromisso, não prometeu dar, devolver com juros, ou abençoar por esse motivo. Devemos devolver os dízimos, porque é mandamento, é uma obediência, e oferta é aquilo que Deus toca em nossos corações, portanto, não podemos nem temos que atender a pedido para construir novos templos ou para outro motivo, uma vez que o dízimo e as ofertas normais são para essa função. Deus não está preocupado com o tamanho nem com o luxo de templo, está preocupado com as pessoas que estão nos templos, Ele quer pessoas comprometidas com a sua Palavra, com a Verdade. Não está preocupado com a suntuosidade, com o tamanho de templo, mesmo porque, quanto maior o templo, mais pessoas desassistidas, sem pastores, porque pastor tem que cuidar de ovelhas, dar-lhes assistência, e em um templo com milhares de pessoas o pastor não as conhece e, portanto, não pode cuidar delas. Simplesmente aparece e faz um sermão qualquer, mas não cuida de ovelhas. Vemos que, quando vieram falar com Jesus a respeito da suntuosidade do templo, Ele não os elogiou nem os engrandeceu, mas disse que seria derrubado, que não ficaria pedra sobre pedra. Jesus elogiou a viúva que ofertou duas pequenas moedas e condenou o templo, porque Deus quer o compromisso com os verdadeiros templos que somos nós. Templos de tijolos são somente um local para nos reunirmos e adorar, buscar e aprender mais do Senhor, não é um local ou clube social.
 "E perguntaram-lhe, dizendo: Mestre, quando serão, pois, estas coisas? E que sinal haverá quando isto estiver para acontecer?" (Lucas 21:7). Jesus então fala da destruição desses templos faraônicos, e que é certo isso acontecer, então as pessoas ficaram preocupadas e lhe perguntaram quando isso aconteceria. Observamos que isso aconteceu há mais de dois mil anos, e Jesus com a sua resposta nos mostra que esse tempo está chegando, porque muitos desses sinais descritos hoje acontecem dentro dos templos que se dizem evangélicos. Infelizmente, as pessoas se preocupam com muita coisa, mas não se preocupam, não observam o que deveriam, porque o fim de tudo isso está muito próximo. "Disse então Ele: Vede não vos enganem, porque virão muitos em meu Nome, dizendo: Sou eu, e o tempo está próximo. Não vades, portanto, após eles." (Lucas 21:8). Atualmente, vemos uma quantidade enorme de pessoas que se intitulam pastores, bispos, apóstolos, isso tanto no masculino como no feminino, dizendo-se homens e mulheres de Deus, só que suas ações mostram o contrário. Elas chamam, fazem apelo no Nome do Senhor para que as pessoas vão aos seus templos dizendo, ou melhor, prometendo-lhes curas, prosperidade e muitas bênçãos. Prometem tudo, dizendo-se representantes do Senhor, e estão induzindo muitos ao pecado e caminhando para a morte, porque estes, apesar de citarem o Nome do Senhor, pregam e ensinam contra o Evangelho, contra Jesus. Jesus disse para não irmos após eles, mas, como existe um analfabetismo bíblico, proveniente da preguiça, do engano, as pessoas, mais uma vez, são enganadas. O diabo usa muito bem a falta de compromisso, porque as pessoas perdem horas no telefone trocando mensagem, ficam horas na internet ou na frente de uma tv, mas não querem ficar sequer trinta minutos ao dia estudando a Palavra de Deus, e por tal motivo são presas desses enganadores. Se conhecessem a Palavra de Deus, não cairiam no engano. As pessoas têm que ser convidadas para irem ao Senhor e não a um templo qualquer, temos que apresentar Jesus e não a nós mesmos. "E, quando ouvirdes de guerras e sedições, não vos assusteis. Porque é necessário que isto aconteça primeiro, mas o fim não será logo. Então lhes disse: Levantar-se-á nação contra nação, e reino contra reino; E haverá em vários lugares grandes terremotos, e fomes e pestilências; haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu." (Lucas 21:9-11). Basta olharmos os jornais, assistirmos aos noticiários para sabermos que os sinais estão se cumprindo e logo, logo, será o fim, e então, para onde iremos? Será que é o nosso fim também? Se estivermos vivendo na presença do Senhor, praticando a sua Palavra, com certeza para nós será somente o início de vida. O destino dos mentirosos, dos enganadores é no largo que arde como enxofre por toda a eternidade; assim, vida ou morte está diante de nós, cabe a cada um escolher o que melhor lhe aprouver. "Mas antes de todas estas coisas lançarão mão de vós, e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e às prisões, e conduzindo-vos à presença de reis e presidentes, por amor do meu Nome. E vos acontecerá isto para testemunho. Proponde, pois, em vossos corações não premeditar como haveis de responder; Porque eu vos darei boca e sabedoria a que não poderão resistir nem contradizer todos quantos se vos opuserem. E até pelos pais, e irmãos, e parentes, e amigos sereis entregues; e matarão alguns de vós. E de todos sereis odiados por causa do meu Nome. Mas não perecerá um único cabelo da vossa cabeça. Na vossa paciência possuí as vossas almas." (Lucas 21:12-19). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário