NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

JESUS FALOU

"Jesus falou assim e, levantando seus olhos ao céu, e disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti; Assim como lhe deste Poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste." (João 17:1-2)

 Jesus Cristo, o Filho de Deus, sabendo que sua hora estava chegando de deixar este mundo e voltar para o Pai, levanta os olhos e faz uma oração, uma conversa, diálogo, pois é exatamente isso que é uma oração. Começa dizendo ao Pai que sabe que chegou a hora de passar pela última e mais dolorosa prova, e pede ao Pai que o glorifique, que lhe dê a Glória, para que, assim, Ele também glorifique o Pai. Jesus glorificou Deus através da sua obediência, e obediência até a morte de Cruz. E essa obediência que glorificou o Pai também o glorificou, porque o Pai entregou tudo a Ele, e hoje Ele tem todo poder no céu e na terra. Jesus lembra que, assim como Deus tinha dado todo poder e toda vida para Ele, para que todos os que o confessassem pudessem ter vida Nele, Jesus tinha recebido todos os seres humanos; todos os que o aceitam, todos os que vão até Ele recebem vida por toda eternidade Nele. As pessoas que são salvas vão ao Senhor, porque Deus Pai já lhes deu a Jesus. Mas as que não aceitam Jesus, se recusam a obedecer ao seu Evangelho, são rebeldes, são bodes, essas o Pai já lhes reservou sofrimento e vergonha eternos. Jesus faz essa oração para que os seus discípulos ouçam e entendam e possam deixá-la registrado para que todos saibam qual é a vontade de Deus e a sua. "E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste." (João 17:3). Ainda em oração, Jesus fala, explica o que é a vida eterna, que tão somente é conhecer a Deus Pai, o todo Poderoso, o Criador do céu e da terra. Saber que Ele é o único Deus, que não existe nenhuma outra divindade além do Senhor, compreender que tudo é mentira e engano e que só existe Verdade Nele. Mostra que a vida eterna é crer, confiar, acreditar em Deus Pai e em Jesus seu Filho, acreditar, saber que Deus Pai enviou seu Filho para morrer em nosso lugar. Portanto, devemos obediência somente a Ele, temos que praticar as suas ordenanças e, se não as praticarmos, não somos dos seus.
 "Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer. E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse."(João 17:4-5). Ainda em oração, Jesus fala com o Pai que Ele cumpriu, consumou a obra que tinha recebido para fazer, que foi vir como o Messias, ensinar o Evangelho, apresentar Deus como Ele é, mostrando o seu poder, curando, pregando, ressuscitando e operando milagres e maravilhas, mas, principalmente, pregando o Evangelho do Reino, ensinando o caminho da salvação, mostrando que não é por obras, mas por fé Nele. Tinha consumado tudo e agora, para finalizar, sabia que ia ser preso, humilhado, espancado, e que entregaria a sua vida na cruz, mas sabia também que não ficaria morto, que o Pai o ressuscitaria dentro de três dias. Cristo pede ao Pai que o glorifique com a glória que já o tinha glorificado antes de existir o mundo, porque o Senhor já tinha feito tudo antes. Não podemos esquecer que para Deus mil anos é como um dia, e um dia como mil anos. O que para nós está acontecendo agora ou ainda vai acontecer para o Senhor há muito ocorreu, porque Ele se move na eternidade e nós no tempo. Jesus já tinha toda glória do Pai antes de existir o que conhecemos como mundo. "Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua Palavra." (João 17:6). Jesus veio, mostrou, apresentou Deus Pai a todos e ensinou o Evangelho aos seus discípulos, para que eles o ensinassem a todos. Mostrou como agir, como proceder e, principalmente, como amar a Deus. Ensinou que só existem dois mandamentos importantes, e todos os que os praticarem serão salvos, que são amar a Deus de todo o coração e ao próximo como a nós mesmos. E os seus discípulos os guardaram, aprenderam e os colocaram em prática; por tal motivo o Evangelho foi divulgado por toda parte e nós fomos alcançados. Todos os discípulos de Jesus aprenderam o Evangelho e o colocaram em prática, só um que se perdeu, que foi Judas Iscariotes, o traidor. Mas mesmo este serviu aos propósitos do Senhor, que já tinha revelado tudo sobre o seu comportamento, como iria traí-lo. Estava tudo já revelado, até mesmo o que seria feito do dinheiro, que foi comprar um cemitério, até o nome já estava revelado, bem como o valor pelo qual venderia o Filho de Deus. A Palavra de Deus se cumpre, e se cumpriu, todos os discípulos executaram o seu papel. Onze para a vida eterna e um para o sofrimento, humilhação e morte eternos.
 "Agora já têm conhecido que tudo quanto me deste provém de ti; Porque lhes dei as palavras que tu me deste; e eles as receberam, e têm verdadeiramente conhecido que saí de ti, e creram que me enviaste." (João 17:7-8). Nesta oração Jesus fala que os seus discípulos já sabiam que aquilo que Ele tinha, tudo o que Ele recebeu e tudo o que fazia vinha do Pai, porque em nenhum momento Jesus se omitiu em glorificar o nome do Pai, e em todas as maravilhas, milagres que operou Ele sempre exaltava o Nome do Pai, mostrando que todo poder vem Dele. Ainda fala que tinha ensinado o que Ele tinha aprendido com Deus, que tudo o que falara foi o que seu Pai tinha lhe falado. Portanto, eles as receberam e agora tinham consciência de que Ele, Jesus, era o Filho de Deus, era o enviado, era o Messias há muito aguardado. Os discípulos agora sabiam quem era Jesus, e, portanto, já não existiam trevas nas vidas deles, e estavam prontos, capacitados para serem obreiros, serem evangelizadores e verdadeiros discípulos Dele. "Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus." (João 17:9). Jesus intercede pelos seus discípulos, e observamos que Ele roga não pelo mundo, mas por aqueles que aceitaram o seu Evangelho. Roga e fala com Deus que estes são Dele e, portanto, pede a sua proteção sobre eles. Jesus intercede pelos seus discípulos e não pelos que estão no mundo, os que não o aceitam e desprezam a sua Palavra. Assim, sabemos que Jesus, o único intercessor junto a Deus, só intercede por quem o aceita, e sabemos que aceitar é obedecer e viver segundo as suas ordenanças. "E todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e neles sou glorificado. E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai Santo, guarda em teu Nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós."(João 17:10-11). Tudo o que pertence a Deus é de Jesus, e tudo o que é de Jesus é de Deus, pois Deus vive em Jesus, e quem vê o Pai vê o Filho, que é bendito para sempre, amém. Jesus é glorificado através dos seus discípulos, e essa glória é a entrega total dos que vivem de acordo com os seus preceitos. E Jesus, sabendo das tentações e ataques que encontramos no mundo, Ele ora ao Pai pedindo não que não os tire do mundo, mas que os proteja. Jesus pede a proteção do Pai aos seus discípulos."Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu Nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse. Mas agora vou para ti, e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos. Dei-lhes a tua Palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo. Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. Não são do mundo, como eu do mundo não sou. Santifica-os na tua verdade; a tua Palavra é a Verdade."(João 17:12:17).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário