NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 7 de abril de 2016

COMO PARTICIPAR DA CEIA

"Nisto, porém, que vou dizer-vos não vos louvo; porquanto vos ajuntais, não para melhor, senão para pior." (Coríntios 11:17)

 Infelizmente, quando observamos os procedimentos aplicados na maioria das denominações para o ritual da Ceia, vemos que não produz bem, mas mal, porque, na realidade, não passa de um ritual. Cada denominação tem uma doutrina diferente, algumas permitem a participação de todos e não ensinam que é necessário se examinar antes, para que não participem estando em pecado e não venham a sofrer, como está na Palavra. Outras escolhem quem pode e quem não pode participar do ritual, e, por um motivo qualquer, simplesmente não deixam, não dão permissão a uma determinada pessoa. O fato é que a Ceia do Senhor, como o próprio nome diz, é do Senhor, portanto, nós não podemos discriminar, não podemos escolher quem deve e quem não deve participar dela. Entretanto, é necessário, antes de servi-la, explicar que, se as pessoas estiverem em pecado, não devem, em hipótese alguma, participar, e levar ao conhecimento delas que, participando e estando em pecado, a Ceia vai-lhes causar dano. Também é necessário, antes de mandar servi-la, fazer a oração pedindo perdão, explicar a todos que devem orar pedindo perdão ao Senhor, que é necessário se acertarem, se arrependerem e tomarem a decisão de abandonar os pecados, e cumpri-la. "Porque antes de tudo ouço que, quando vos ajuntais na igreja, há entre vós dissensões; e em parte o creio." (1 Coríntios 11:18).Infelizmente, vemos pessoas que vivem em confusões, discussões, fofocas, adultérios, fornicações, não somente na rua, mas dentro dos próprios templos. E elas participam da Ceia como se santas fossem. A hipocrisia reinante tem se tornado rotina e é aplaudida por essa geração. Temos observado absurdos que acontecem no interior dos templos denominados evangélicos, e isto está conduzindo muitos à morte espiritual. Sabemos, segundo a Palavra, que o correto é participarmos da Ceia todos os domingos, que é o primeiro dia da semana, e não uma vez ao mês. Mas participar da Ceia do Senhor, e não de um ritual qualquer. "E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e prolongou a prática até à meia-noite." (Atos 20:7). E mais: "E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações." (Atos 2:42). Devemos fazer tudo de acordo com a Palavra, e não criar modismos. Não podemos concordar, tolerar ou permitir o que não está de acordo com o Evangelho.
 "E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós. De sorte que, quando vos ajuntais num lugar, não é para comer a Ceia do Senhor." (1 Coríntios 11:19-20). A bem da verdade, é bom que haja heresias, apostasias, enganos, mentiras, para que os que realmente buscam fazer a vontade do Senhor conheçam e fujam desses lugares. Sabemos que não é por um templo ter um nome que se diz evangélico, ou dizer que servem o Senhor que isso realmente significa que é verdade. Os legítimos, os que procuram obedecer aos preceitos do Senhor participam todos os domingos da Ceia do Senhor e não permitem a participação de crianças, uma vez que elas não sabem discernir o Pão e o Vinho do Senhor. Assim também não se consagram todos os pães e vinhos, pois a consagração acontece quando os participantes estão com suas taças e pães em mãos, porque não podem sobrar estando consagrados, para não se jogar fora o que é consagrado a Deus. Não dê perolas aos porcos, dê o que é sagrado aos que são consagrados ao Senhor. A Ceia não é somente um ritual, mas um mandamento de Jesus para fazer em seu Nome, porque representa o Sangue de Cristo, a Nova Aliança, o Novo Testamento feito em seu Sangue. "Porque, comendo, cada um toma antecipadamente a sua própria ceia; e assim um tem fome e outro embriaga-se. Não tendes porventura casas para comer e para beber? Ou desprezais a igreja de Deus, e envergonhais os que nada têm? Que vos direi? Louvar-vos-ei? Nisto não vos louvo."(1 Coríntios 11:21-22). Não se pode usar o Pão ou o Vinho da Ceia que já foi consagrado e dar para uma criança com a desculpa de não deixar ela com vontade, nem de participar porque todos estão participando, e muito menos com vergonha de não participar e as outras pessoas perceberem que está em pecado. É necessário nos examinar primeiro, para ver se estamos limpos, se somos dignos de sentar à mesa do Senhor, senão então que nos arrependamos e peçamos perdão, nos acertemos com o Senhor, para não rejeitarmos o Pão que desceu do Céu. O fato de alguém estar no pecado e por esse motivo recusar a Ceia já mostra exatamente a sua escolha, a rejeição declarada ao Senhor e a opção pelo pecado. Não podemos escolher como servir ao Senhor, mas fazer o que Ele manda e onde manda, pela sua Palavra. A Ceia é mandamento obrigatório a todos os que são do Senhor.
 "Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim." (1 Coríntios 11:23-24). Na mesma noite em que Jesus Cristo foi traído por Judas Iscariotes, durante a Ceia, o traidor estava com Ele à mesa. Judas era um dos metiam a mão no mesmo prato que o Senhor, assim como muitos traidores estão fazendo hoje em vários templos e denominações espalhadas pelo mundo afora. O Senhor, de maneira clara, como vemos nesse versículo, Ele mandou, determinou que se fizesse isso em memória Dele. Não fazer de acordo com as suas instruções é desobedecer-lhe, é rejeitá-lo. Também temos que observar que Ele não abençoou o pão que estava sobre a mesa, mas o que estava nas suas mãos; assim também devemos proceder."Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim." (1 Coríntios 11:25). Jesus levanta o cálice, o abençoa e determina que bebam dele, pois representa o seu Sangue, derramado por todos nós. Temos que compreender que o Pão representa a sua carne que foi maltratada, ferida para nos dar a cura. Pelas suas feridas, pisaduras nós fomos curados de todas as enfermidades físicas, emocionais, psicológicas, espirituais. Já o seu Sangue foi para nos dar a Salvação, nos dar vida abundante e eterna. Assim, quando rejeitamos a Ceia, estamos rejeitando a Cura e a Salvação. "Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha." (1 Coríntios 11:26). Quando participamos da Ceia do Senhor, estamos anunciando, falando, trazendo à memória a sua morte sacrificial em prol de todos nós. E é o nosso dever fazer isso até a sua volta, que será logo. Jesus está voltando. Como será que seremos encontrados? Será que estaremos realmente em sua Palavra ou somente em uma religião? Sabemos que religião, templos, rituais, sacrifícios não salvam, porque a salvação está em Jesus somente."Portanto, qualquer que comer este Pão, ou beber o cálice do Senhor indignamente, será culpado do Corpo e do Sangue do Senhor." (1 Coríntios 11:27). Assim, se santifiquem, abandonem o pecado e venham se sentar à mesa do Senhor; venham participar do Sangue e do Corpo de Cristo. Sejam praticantes da Palavra de Deus e não de rituais. "Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o Corpo do Senhor. Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem. Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados. Mas, quando somos julgados, somos repreendidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo." (1 Coríntios 11:28-32). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário