NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 18 de março de 2016

A PERSEGUIÇÃO

"E por esta causa os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque fazia estas coisas no sábado." (João 5:16)

 Um dos motivos encontrados pelos judeus, pelos fariseus, para perseguirem Jesus era pelo fato de Ele operar milagres e sinais em dia de sábado. Exatamente por eles não entenderem ou não querem compreender as Escrituras é que agiam dessa maneira, porque, caso contrário, saberiam que Ele era o Messias e que toda a lei se cumpriria Nele, se encerraria Nele. Os religiosos, os que supostamente conheciam as escrituras, os que deveriam conhecer a vontade de Deus foram os que perseguiram Jesus. O sábado não é nenhum dia especial, e Jesus deixou isso bem claro com atitudes e falando abertamente, porque disse: "O Filho do homem é Senhor do sábado".Ainda há muitos que teimam em viver essa observância da antiga lei, e, ao agirem assim, estão declaradamente negando a Graça. Muitos são os que procuram aplicar parte da lei de Moisés nos dias de hoje, mas escolhem o que lhes é conveniente; muitos são os que estão ignorando a Graça e a citam quando é do seu interesse. Jesus recebeu as maiores perseguições por não guardar o sábado. "E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também." (João 5:17). Jesus foi acusado e perseguido por não guardar o sábado dos judeus e também por afirmar que era filho de Deus. Mas Ele era e é o Filho de Deus, e o sábado é somente um dia a mais, não existe diferença entre dias. Jesus não escolhia dias para pregar, ensinar ou operar milagre, e durante os três anos de seu ministério foi um trabalhador incansável. Não tinha tempo para descansar e nem para se alimentar direito, vemos uma passagem em que, em uma simples travessia de barco no lago Genesaré, Ele dormia de tão cansado. Portanto, não podemos escolher tornar um dia inativo para nós se somos seus discípulos. Jesus trabalha até hoje e continua operando milagres em dias de sábado através de seus servos, e nós, sendo esses servos, tratamos todos os dias como iguais. Portanto, não existe a desculpa de que não podemos trabalhar ou fazer quaisquer coisas no sábado, mas isto, é claro, se formos discípulos de Jesus, se Ele for o nosso Mestre. Se Cristo é o nosso Salvador, se Ele é a nossa Esperança, então o seguimos, e sabemos que o dia de sábado é somente um dia como outro qualquer.
 "Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus." (João 5:18). Para nós é difícil entender, ou melhor, compreender as pessoas que dizem amar Cristo, respeitar aos seus preceitos e teimar em guardar o dia de sábado. Isso porque está explícito que Ele não o guardava, e que foi perseguido por esse motivo. Isto nos leva a crer que também essas pessoas não creem que Ele era o Filho de Deus, porque, se assim fosse, lhe obedeceriam. Mas a verdade é que Jesus é o Filho de Deus, é o seu unigênito, e Ele acabou com qualquer separação entre dias, e, portanto, o sábado é somente mais um dia como outro qualquer. Não podemos continuar perseguindo-o por causa disso, porque não somos fariseus, mas seus discípulos, e discípulo segue o Mestre. "Mas Jesus respondeu, e disse-lhes: Na verdade, na verdade vos digo que o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se o não vir fazer o Pai; porque tudo quanto Ele faz, o Filho o faz igualmente." (João 5:19). Jesus, exatamente por ser o Filho de Deus, por ter toda a autoridade, mostrou que o sábado é um dia comum. Portanto, foi o próprio Deus quem extinguiu essa observância, e assim não existe mais essa obrigatoriedade. Para evangelizarmos, para orarmos, jejuarmos, orarmos e clamarmos ao Senhor são todos os dias iguais, assim como são iguais todas as horas. Jesus é o Filho de Deus, é o próprio Deus, porque Ele está no Pai e o Pai Nele, portanto todo o tempo devemos obedecer-lhe e pronto. Jesus fazia o que o Pai mandava, Ele foi obediente até a morte, e morte de cruz. "Porque o Pai ama o Filho, e mostra-lhe tudo o que faz; e Ele lhe mostrará maiores obras do que estas, para que vos maravilheis." (João 5:20). Jesus tudo sabia, porque Deus Pai nada escondeu Dele, prova que entregou tudo a Ele. Jesus é a Nova Aliança, o Novo Testamento, que foi feito através do seu precioso Sangue. Assim, hoje, nós o ouvimos assim como Deus Pai mandou no monte da transfiguração. Jesus é o nosso Mestre e, portanto, não podemos ficar tentando buscar diretrizes contrárias na antiga lei, uma vez que ela se cumpriu em Jesus. Temos liberdade em Cristo, porque a libertação veio através de Jesus Cristo, assim as observâncias da antiga lei não se aplicam a nós, que somos discípulos de Jesus. Mas, se alguém quiser seguir a antiga lei, tem que a cumprir por inteiro, caso contrário é maldito, como a própria Escritura fala, como Moisés assim determinou.
 "Pois, assim como o Pai ressuscita os mortos, e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer."(João 5:21). Assim como Deus Pai ressuscita, dá vida a quem quiser, Jesus também assim o faz. Deus Pai ressuscitou o seu Filho Jesus Cristo, e nós seremos ressuscitados através de Jesus se vivermos de acordo com os seus preceitos. Jesus avisou que seria crucificado e morto pelos religiosos, mas que Deus Pai o ressuscitaria ao terceiro dia, e assim foi. Ele também avisou que voltaria e que ressuscitaria os que vivessem Nele, assim a nossa Esperança é viva, porque nossa Esperança é Jesus, que vive para todo o sempre e eternamente, amém. Jesus vivifica, torna a dar vida a quem quiser, e os que Ele quer que tenham vida são os que o amam. E amar Jesus é guardar, viver, respeitar os seus mandamentos. "E também o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o juízo; Para que todos honrem o Filho, como honram o Pai. Quem não honra o Filho, não honra o Pai que o enviou." (João 5:22-23). Assim, quem teima em guardar ou viver parte da antiga lei, do Antigo Testamento, da Antiga Aliança, está desonrando Deus, pois, se desonra Cristo, está desonrando Deus. Quem nos julga é Jesus, porque tudo foi entregue a Ele, portanto, quando alegamos qualquer motivo para não lhe obedecermos, estamos nos colocando em posição para sermos rejeitados, condenados. Temos que procurar viver o que o Senhor Jesus manda, e, ao ignorarmos uma delas, estamos rejeitando o próprio Deus. Não existe ninguém que, rejeitando a Graça, rejeitando os preceitos de Jesus, agradará Deus. Sejamos inteligentes e pratiquemos o Evangelho de Jesus Cristo, porque é Nele que está a Fonte de Vida. "Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha Palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida." (João 5:24). Quem ouve a Palavra de Deus - e ouvir para o Senhor é praticar, agir segundo os seus preceitos - sabendo disso, compreendemos que quem confia em Deus, quem crê em Jesus desfrutará da vida eterna. Não experimentará a morte, não ficará na morte, porque o Senhor dará vida Nele. A vida está em Jesus, e só a obteremos se formos obedientes a Ele, porque se nos negarmos a obedecer-lhe, estão não teremos vida. O Evangelho de Jesus Cristo é renúncia, é obediência. "Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão. Porque, como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu também ao Filho ter a vida em si mesmo; E deu-lhe o poder de exercer o juízo, porque é o Filho do homem. Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação." (João 5:25-29). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário