NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

SOMENTE A BENÇÃO

"No dia seguinte, a multidão que estava do outro lado do mar, vendo que não havia ali mais do que um barquinho, a não ser aquele no qual os discípulos haviam entrado, e que Jesus não entrara com os seus discípulos naquele barquinho, mas que os seus discípulos tinham ido sozinhos." (João 6:22)

 Jesus tinha orado, abençoado os pães, e tinha acontecido a multiplicação. Com dois peixinhos pequenos e cinco pães de cevada, tinha alimentado cinco mil pessoas. Após esse milagre, Jesus se retirou para um monte sozinho, fugindo do povo que queria levantá-lo como rei físico de Israel. O povo tinha visto os discípulos entrarem no barco e, obedecendo a Jesus, cruzarem o mar de Tiberíades, mas Cristo tinha subido ao monte diante de todos. O que eles não sabiam é que Jesus tinha ido ao encontro dos discípulos andando sobre as águas. Mas o povo estava correndo atrás do Senhor não por reconhecê-lo como o Filho de Deus, mas porque tinham comido pão e queriam que Ele fosse rei de Israel, e assim sempre teriam alimento. Este povo queria somente os milagres, queria somente as bênçãos, e estava perseguindo o Senhor em busca de coisas materiais. Eles estavam fazendo o mesmo que a maioria faz ainda hoje, porque querem uma bênção, qualquer que seja, e por tal motivo as igrejas denominacionais se especializaram em fazer esses oferecimentos. O povo está lotando os templos em busca de coisas materiais, eles querem simplesmente que o Senhor os sirva, querem receber, querem respostas. Procuram Jesus para lhes dar bênçãos, para resolver os seus problemas, e não porque Ele é Deus. Não o buscam por amá-lo, não querem servi-lo, somente serem servidos, e por isto nada conseguem. "(Contudo, outros barquinhos tinham chegado de Tiberíades, perto do lugar onde comeram o pão, havendo o Senhor dado graças)." (João 6:23). O povo correu, atravessou o mar de Tiberíades também, voltou atrás de Jesus, e não queria perdê-lo, eles tinham unicamente interesses materiais. Assim, as pessoas lotam os templos, participam de todas as campanhas, ofertam, fazem desafios, jejuns e sacrifícios, querendo bênçãos. Mas, poucos, muito poucos têm um coração sincero em buscar o Senhor, porque Ele é Deus, e nós somos simplesmente servos.
 "Vendo, pois, a multidão que Jesus não estava ali nem os seus discípulos, entraram eles também nos barcos, e foram a Cafarnaum, em busca de Jesus. E, achando-o no outro lado do mar, disseram-lhe: Rabi, quando chegaste aqui?" (João 6:24-25). Procuraram Jesus, correram atrás, atravessaram o mar indo e vindo e, ao encontrá-lo, perguntam-lhe quando tinha chegado. Não queriam perdê-lo de vista, queriam estar perto Dele, não por ser Ele Deus, mas pelo que conseguiriam com Ele. As pessoas tendem a pensar sempre que são espertas, e acham que poderiam, inclusive, usar o Senhor em benefício próprio. Não é muito diferente de hoje, quando as pessoas, em desespero, com algum problema, buscam o Senhor e fazem promessas, votos, sem a menor intenção de cumpri-los, porque sempre poderão dar a desculpa de que Ele é amor e sabe das fraquezas humanas. A muitos o Senhor até dá a bênção exatamente para desmascarar, para mostrar a falta de sinceridade e compromisso, e também para que pelos seus erros sejam conduzidos ao sofrimento eterno. Pensam que podem enganar, ludibriar, enganar o Senhor, o Criador de tudo. Tolos. "Jesus respondeu-lhes e disse: Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes." (João 6:26). Jesus os confronta e afirma que eles o então buscando não por Ele ser Deus, não pelos sinais que Ele operou, mas porque eles queriam se beneficiar deles. O povo queria um rei que providenciasse pão para eles, e, se assim fosse, poderiam viver na inércia. Temos vistos os templos que se especializaram em enganar o povo, os que se preocupam em agradar o povo e se beneficiarem do que tiverem. Estes já fazem seus anúncios, seus chamados com o convite de milagres, de bênçãos, com títulos chamativos e totalmente antibíblicos, tais como jejum das causas impossíveis, ou do milagre urgente, ou campanhas desta ou daquela bênção. As pessoas em desespero por uma solução de um problema vão em busca, só não percebem que são enganadas. Jesus disse que todos deveriam buscar primeiro o Reino de Deus e a sua Justiça, e que o mais Ele acrescentaria, mas as pessoas fazem ao contrário, querem as demais coisas primeiro, e depois de tudo resolvido é que querem o Reino. Conclusão, nada conseguem, e ainda estão caminhando a passos largos em direção ao sofrimento eterno. São transformadas em simples religiosas.
 "Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará; porque a este o Pai, Deus, o selou." (João 6:27). Não temos que ficar correndo atrás de bênçãos, mas correr, buscar com todo afinco, lutar, combater com toda a garra para entrarmos no Reino, para fazermos parte do Reino de Deus. Com referência ao que necessitamos para viver aqui (olha bem que estou dizendo o que necessitamos, e não o que queremos), o Senhor nos dará, receberemos sem fazer nenhum esforço para conseguir, porque o Maná do Senhor é real. Deus é Pai e sabe cuidar dos seus filhos, e, como está em sua Palavra, o salmista afirma que jamais viu um justo mendigar o pão. Quando agimos como servos do Senhor, quando o Reino de Deus é a nossa prioridade, não mendigamos o pão para a saúde, família, ou qualquer outra coisa. Deus enviou seu Filho amado para nos dar vida, para nos guiar para a vida eterna. Temos que entender que Jesus não veio ao mundo para sofrer, padecer e ser crucificado para que pudéssemos receber qualquer bênção, mas para que tivéssemos direito à vida eterna. Temos direito ao cuidado do Pai se agirmos como filhos; caso contrário, receberemos tratamento dedicado aos inimigos, porque estaremos desrespeitando o Sacrifício da Cruz. "Disseram-lhe, pois: Que faremos para executarmos as obras de Deus?"(João 6:28). As pessoas sempre vão perguntar como fazer para agradar a Deus, mas se esquecem de que o próprio Senhor já falou como podemos agradar-lhe. Simplesmente obedecer-lhe, guardar a sua Palavra, viver de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo. Se não nos submetermos a Ele, se não houver uma rendição honesta e verdadeira, se não abandonarmos as coisas do mundo e formos somente guiados por Ele, como o vemos na sua Palavra, nada conseguiremos. E, para executar as obras de Deus, não é difícil, basta aceitar a morte sacrificial de Jesus, porque, assim, receberemos a vida e morreremos para o mundo. Quando praticamos o Evangelho de Jesus Cristo, quando estamos agindo assim, estamos amando o Senhor, e, consequentemente, receberemos amor do Pai, seremos amados como filhos, e seremos cuidados por Ele. Temos que ter a compreensão de que nós mesmos não sabemos o que é melhor para nós, por isso é necessário nos submetermos aos cuidados do nosso Pai. Se vivermos por nós mesmos, morreremos, mas, se vivermos para Jesus, teremos vida, porque Ele é a Fonte da Vida. Assim como uma criança nada sabe e depende em tudo dos seus pais, nós também devemos agir assim. Jesus disse que quem quiser segui-lo, ser salvo tem que ser como uma criança. "Jesus respondeu, e disse-lhes: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou." (João 6:29). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário