NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

OS SÁBADOS

"Entraram em Cafarnaum e, logo no sábado, indo ele à sinagoga, ali ensinava." (Marcos 1:21)

 Jesus sempre estava ensinando, sempre mostrando o Caminho do Reino. As pessoas, às vezes, confundem a missão de Jesus, mas o fato foi que Ele veio para ser o Caminho para o Reino e para nos resgatar, para morrer em nosso lugar. Por esse motivo, constantemente Ele estava ensinando o Evangelho, falando sobre santificação, sobre abandono de pecados, sobre arrependimento, e em nenhuma vez Ele falou ou prometeu prosperidade. Jesus não ofereceu bênçãos para ninguém, o que acontecia era que as pessoas que estavam doentes e enfermas que iam até Ele eram curadas, porque Ele as libertava. Não vemos em nenhum momento o Senhor chamar as pessoas para serem curadas, para receberem bênçãos, mas os enfermos que iam ao seu encontro as pedindo Ele os curava, os libertava dos seus sofrimentos, exatamente para mostrar o Reino. Jesus o que mais fez foi pregar, divulgar o Evangelho. Aqui vemos quando, em um dia de sábado, Ele vai até o templo em Cafarnaum onde prega. "E maravilharam-se da sua doutrina, porque os ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas." (Marcos 1:22). Jesus ensinava com autoridade e Poder, falava como as pessoas deveriam proceder para alcançar a salvação. Não ficava querendo atrair as pessoas fazendo oferecimentos vários, e muito menos consolando. Deveríamos procurar imitar o Senhor, pregar e ensinar o que Ele ensinava, mas muitos são os evangelhos e, para nossa infelicidade, são muitos os pregadores que se especializaram nesses evangelhos paralelos. Hoje pregam sobre prosperidade, sobre bênçãos várias, ensinam a pular, a dançar, a desafiar, exigem ofertas, que comprem os seus produtos, ensinam tudo, só não ensinam o Evangelho de Jesus Cristo. Jesus, quando encontrava uma adúltera, falava de maneira clara. "Porque tiveste cinco maridos, e o que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade."(João 4:18) Jesus confrontava o pecado, mas os pregadores dessa geração diriam ou dizem para ofertarem e participarem de campanhas que assim estará tudo certo, porque vivemos um momento em que estão ensinando apologia ao adultério, divórcio, recasamento, fornicação. Acobertam o pecado, agradam o povo, falam o que querem ouvir, estão desesperados em busca de membros, pessoas para irem aos seus templos fidelizá-los, estão em busca de aumentar ou manter uma boa arrecadação. Não sabem e não ensinam sobre santidade.
 "E estava na sinagoga deles um homem com um espírito imundo, o qual exclamou, Dizendo: Ah! que temos contigo, Jesus Nazareno? Vieste destruir-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus." (Marcos 1:23-24). Quando Jesus estava pregando, ensinando os demônios, as pessoas que estavam possuídas de algum espírito mau se manifestavam. E, claro, os demônios sabiam quem Ele era, e eles falavam, porque os demônios sabem quem somos. Os demônios sabem sobre todos, porque eles têm conhecimento de tudo o que aconteceu ou está acontecendo, e, por conhecer muitos é que não se manifestam diante desses porque não se sentem ameaçados. Vemos pregadores ficarem horas pregando com um lenga-lenga e nada acontecer, e várias pessoas enfermas e endemoniadas e não se manifestam, porque são descompromissadas com a Palavra de Deus. Jesus não escolhia dia para pregar sobre este ou aquele assunto, também não tinha dia certo para expulsar demônios, porque simplesmente, quando se manifestavam, Ele os expulsava e pronto. Pregadores dizem que têm Jesus, que o Senhor vive neles, mas os demônios não os conhecem, não os temem, e ainda os usam. "E repreendeu-o Jesus, dizendo: Cala-te, e sai dele. Então o espírito imundo, convulsionando-o, e clamando com grande voz, saiu dele." (Marcos 1:25-26). O Senhor não ficava entrevistando demônios, somente ordenava que eles saíssem, que abandonassem as pessoas, e na mesma hora isso acontecia. Hoje vemos algumas manifestações demoníacas em templos, pessoas caindo, girando, em total descontrole, visivelmente endemoniadas, e pregadores aplaudindo. As pessoas caindo, desmaios, apagões, e os pregadores dessa geração dizendo que é renovo e outras coisas. São cegos, enfermos, e muitos desses que se dizem pregadores, que se dizem homens de Deus estão precisando de libertação. São guias cegos, guiando os outros cegos, pessoas comprometidas com o mundo e não com o Reino de Deus. Por tal motivo, as igrejas, os templos, as congregações que se dizem evangélicas, as pessoas que se identificam, se autodenominam evangélicas deveriam ser as pessoas alegres, felizes, e não o são, porque quem conhece o Senhor e tem intimidades com Ele e sabe para onde vai é feliz. Mas o que vemos é um ajuntamento de pessoas fracas, desesperadas em busca de bênçãos, pessoas sofridas e sofrendo, e seus líderes não as consegue libertar das opressões.
 "E todos se admiraram, a ponto de perguntarem entre si, dizendo: Que é isto? Que nova doutrina é esta? Pois com autoridade ordena aos espíritos imundos, e eles lhe obedecem!" (Marcos 1:27). Jesus simplesmente ordenava aos demônios para abandonar as pessoas, e era imediatamente obedecido, e todos viam isso, e assim conheciam o Poder de Deus. Jesus morreu, ressuscitou e nos deixou, nos deu Poder, e inclusive disse que faríamos obras maiores do que as Dele, porque Ele foi para o Pai. Portanto, os que o seguem, os verdadeiros homens de Deus têm poder para expulsar quaisquer demônios, para pregar, ensinar o Evangelho de Jesus Cristo, para curar todos os enfermos. Mas isso não acontece, porque não são seguidores de Jesus, não são discípulos, não são cidadãos do Reino, e sim cidadãos deste mundo, e são e estão comprometidos com as coisas deste mundo. Por esse motivo, os demônios não lhes obedecem, e assim os seus seguidores são pessoas fracassadas e opressas, são religiosas, são pecadoras. É uma vergonha o que estão fazendo com Evangelho, porque estão mudando-o para se agradar e agradar ao povo e os manter em seus templos, ofertando e dizimando. São pregadores, inventores de campanhas, eventos vários, enganos, mas não sabem e nem conseguem libertar as pessoas, mesmo porque eles mesmos não são libertos. "E logo correu a sua fama por toda a província da Galileia. E logo, saindo da sinagoga, foram à casa de Simão e de André com Tiago e João. E a sogra de Simão estava deitada com febre; e logo lhe falaram dela." (Marcos 1:28-30). Jesus era conhecido por toda parte não pelo seu carisma, ou sua beleza, mesmo porque não era bonito, como a própria Palavra nos fala. Nem por ser bajulador, ou por falar coisas agradáveis, mas simplesmente por mostrar o Poder de Deus. Por esse motivo era perseguido, e os líderes eclesiásticos, os religiosos, os sacerdotes tinham inveja Dele e tramaram para o matar. Mas aonde Ele chegava, Ele praticava, ensinava a Palavra de Deus, e curava os enfermos que vinham até Ele, e não fazia muito estardalhaço, ao contrário, simplesmente dava a ordem, porque as coisas do Senhor são simples. "Então, chegando-se a ela, tomou-a pela mão, e levantou-a; e imediatamente a febre a deixou, e servia-os." (Marcos 1:31). Assim, quando Ele encontrava, se deparava com o doente, um enfermo, ou uma pessoa possessa, Ele não fazia teatro, espetáculo ou show, simplesmente ordenava que a enfermidade saísse, os espíritos saíssem, e era obedecido imediatamente. Porque se estamos na presença do Senhor, se temos comunhão, se praticamos santidade, basta darmos a ordem que o mal sai na mesma hora. Isto porque falamos no Nome do Senhor, e, se Ele vive em nós, todos nos obedecem. Mas também somos perseguidos como Ele foi."E, tendo chegado a tarde, quando já se estava pondo o sol, trouxeram-lhe todos os que se achavam enfermos, e os endemoninhados. E toda a cidade se ajuntou à porta. E curou muitos que se achavam enfermos de diversas enfermidades, e expulsou muitos demônios, porém não deixava falar os demônios, porque o conheciam."(Marcos 1:32-34). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário