NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

COOPERADORES DE DEUS

"E nós, cooperando também com ele, vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão (Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável e socorri-te no dia da salvação; eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação)." (2 Coríntios 6:1-2)

 Não podemos falar do Evangelho de Jesus Cristo, de salvação, se vivemos somente em busca de bênçãos e respostas imediatas, porque a misericórdia, o socorro e a Graça Dele já nos alcançaram a todos, e devemos agora lutar para recebermos e fazer uso da mesma. Sim, porque estávamos perdidos e fomos encontrados, não tínhamos salvação e chegou a opção de aceitarmos a libertação, a salvação. O presente maior recebemos e está disponível a todos, nesta era, que é entre a primeira e a segunda vinda de Cristo. Por isso, devemos vigiar no falar, orar e pedir, pois já recebemos a bênção maior, e está a nossa disposição, basta querermos, assumirmos o nosso lugar em Cristo. A diferença é que assumir o lugar em Cristo é fugir do mundo, uma vez que é impossível querer viver em Cristo e no mundo. O dia, o tempo aceitável é este que vivemos hoje, agora, e devemos aproveitar para nos aproximar mais do Senhor, para desfrutarmos da sua presença e salvação. Devemos aproveitar esse dia, chamado de hoje, para receber a Graça, a Salvação do Senhor, e não ficarmos preocupados com coisas materiais, ou prazeres. Temos que ser sábios e entender a Palavra do Senhor, que não nos prometeu regalias ou boa vida aqui, mas, ao contrário, lutas. Se Jesus, o Filho de Deus, passou por lutas tremendas aqui, como que nós, que somos seus discípulos, seríamos poupados? A bem da verdade, o sofrimento aqui para nós é uma promessa. Quem perseverar receberá vida, será salvo Nele, mas devemos viver de acordo com as suas ordenanças. "Não dando nós escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado." (2 Coríntios 6:3). Portanto, não podemos, em hipótese alguma, viver ou praticar qualquer ato que o Senhor condena em sua Palavra. Não devemos receber a Graça em vão, ou seja, não podemos confiar, ou crer que, por conhecermos a vontade do Senhor, seremos salvos, e, assim, buscar somente realizações aqui, porque estaremos, na verdade, negando o Senhor e, consequentemente, rejeitando a Salvação. O Evangelho não promete em nenhuma parte vida plena aqui, mas, ao contrário, lutas e aflições.
 "Antes, como ministros de Deus, tornando-nos recomendáveis em tudo; na muita paciência, nas aflições, nas necessidades, nas angústias." (2 Coríntios 6:4). Temos que ser pessoas confiáveis, admiradas pela nossa honestidade, caráter, sinceridade e, principalmente, justiça, porque, como representantes do Senhor, temos que ter o mesmo caráter que o Senhor, uma vez que o seu Espírito habita em nós. Por tal motivo, temos a tranquilidade de nos recomendar como pessoas, como homens e mulheres de Deus, temos que nos examinar e não encontrar nada que nos desagrade em nós mesmos. Não importa a situação que estejamos passando, devemos todo o tempo ser dignos de sermos chamados discípulos de Cristo. Não são os problemas, as necessidades, dores, ou qualquer sofrimento, que podem nos fazer agir de maneira diferente. Somos moldados no sofrimento de Cristo, assim nada pode nos afastar Dele. "Nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos, nas vigílias, nos jejuns, Na pureza, na ciência, na longanimidade, na benignidade, no Espírito Santo, no amor não fingido" (2 Coríntios 6:5-6). Em toda situação devemos ser exemplos, devemos nos recomendar, saber que o que estamos fazendo, passando, vivendo é exemplo, e testemunho do Evangelho de Jesus Cristo. Temos que saber que vivemos em um mundo que jaz no maligno, que o seu príncipe é o satanás e, portanto, é normal sermos perseguidos e recebermos todos os tipos de afrontas. Saber que o mundo é trevas e, como somos luzes, assim como é Luz aquele que nos chamou, temos a função de condenar as trevas. Assim, se somos discriminados, acusados, perseguidos, se passamos por necessidades, carência, se não somos entendidos, mas se estamos praticando o Evangelho de Jesus Cristo, então glorificamos o Nome do Senhor. Temos que ser autênticos quando oramos, louvamos, quando pregamos, e em tudo o que fazemos, porque sabemos que não fazemos nada para nós mesmos nem para homem algum, somente para o Senhor. "Na Palavra da Verdade, no Poder de Deus, pelas armas da justiça, à direita e à esquerda, Por honra e por desonra, por infâmia e por boa fama; como enganadores, e sendo verdadeiros." (2 Coríntios 6:7-8). Temos que todo o tempo mostrar o Poder de Deus, mostrar a sua Justiça, a misericórdia e seu Amor. Temos, em toda situação, de mostrar Deus, apresentar o Senhor a todos, sabendo que Ele é o Centro e nós somos somente servos.
 "Como desconhecidos, mas sendo bem conhecidos; como morrendo, e eis que vivemos; como castigados, e não mortos;Como contristados, mas sempre alegres; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo, e possuindo tudo." (2 Coríntios 6:9-10). Não podemos imaginar que o centro somos nós, não podemos querer ser agradados, ser atendidos com toda a deferência, pois não foi assim com Cristo. Não precisamos ser recomendados, ou apresentados, simplesmente devemos ser fiéis à Palavra de Deus todo o tempo. Ser aceitos ou rejeitados pelos homens, pelo mundo não nos importa, ter ou não bens, conquistar as coisas materiais, essas não são as nossas preocupações. Temos de saber que somos ricos em Cristo Jesus, pois a nossa casa é no Paraíso, e lá temos tudo de que precisamos, aqui nada temos materialmente falando, olhando de forma física, e nem estamos preocupados em ter qualquer coisa, porque temos o principal: somos ricos em Cristo. A nossa referência tem que ser como homens, mulheres de Deus, tem que ser como servos, e não como poderosos, porque não queremos ser poderosos aqui, uma vez que o nosso poder não está aqui. Nada temos aqui, mas no Senhor temos tudo, porque temos a promessa de vida plena e abundante, de vida eterna. "Ó coríntios, a nossa boca está aberta para vós, o nosso coração está dilatado. Não estais estreitados em nós; mas estais estreitados nos vossos próprios afetos. Ora, em recompensa disto, (falo como a filhos) dilatai-vos também vós."(2 Coríntios 6:11-13). Assim, exortamos todos os que se identificam como crentes, evangélicos, que realmente sejam discípulos do Senhor, que entendam que o Centro de tudo é o Senhor e não nós. Que saibam que devem agir como servos, assim como Cristo, que disse que não veio para ser servido, mas para servir. Que o nosso propósito seja servir, que não busquemos glória aqui, mas que busquemos o Reino, e que isso façamos agora, pois hoje, agora, é o momento aceitável, uma vez que amanhã pode ser muito tarde. Entendam que não estamos em uma colônia de férias, mas na estrada, que pode nos levar à vida ou à morte. Que sejamos crentes todo o tempo, que busquemos o Senhor e a sua presença, e não bênçãos, não podemos ficar reclamando por causa de lutas que estivermos passando, que devemos glorificar, pois tudo o que acontece tem a vontade ou permissão do Senhor. "Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?" (2 Coríntios 6:14-15). Não podemos nos igualar, imitar os que estão no mundo, não podemos desejar as mesmas coisas que eles. Não podemos falar que somos cristãos e viver somente orando e pedindo bênçãos materiais, não podemos nos igualar a quem não conhece o Senhor. Somos luzes, e a nossa luz tem que brilhar, e o nosso brilho é Jesus, e não coisas ou pessoas. Não podemos querer ser iguais a quem não conhece o Senhor, porque, se o invejamos, somos ainda piores do que eles, que estão trevas. "E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei; E eu serei para vós Pai, E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso." (2 Coríntios 6:16-18). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário