NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

TRAZER A MEMÓRIA

"Traze estas coisas à memória, ordenando-lhes diante do Senhor que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes." (2 Timóteo 2:14)

 O Evangelho de Jesus Cristo não é para ser usado de maneira acusatória nem impositiva. Não é para ser usado como se fosse um instrumento de vingança pessoal, e também não pode e nem deve ser imposto a ninguém, porque onde há Jesus há liberdade, e o Senhor deu a todos o livre arbítrio, o direito de escolha, portanto, como seus filhos, como representantes do Reino, do Evangelho, não podemos tentar obrigar as pessoas a o aceitarem. O Evangelho não é para ser discutido, mas simplesmente apresentado, testemunhado, pregado, ensinado, e cabe às pessoas decidirem se o querem ou não. Não podemos também tentar maquiá-lo ou suavizá-lo para ficar mais atrativo, criar eventos ou situações para que possamos conduzir ou forçar alguém a ouvi-lo. Em hipótese alguma podemos ficar exigindo que as pessoas nos acompanhem, nos sigam ou tentemos conduzi-las a algum templo. Devemos pregar, falar de Jesus, mas quem convence é o Espírito Santo, não é por força nem por violência, mas pelo Poder de Deus, que opera na hora em que estamos falando do Evangelho legítimo. Temos que vigiar sempre, para não cairmos nas armadilhas do diabo e ficarmos discutindo, tentando provar algo, porque muitos vêm nos provar, e o que temos que fazer é simplesmente apresentar o Evangelho e fugir de contendas, confusões e debates. O Evangelho não é para ser debatido, mas ensinado e praticado. Não podemos ser contenciosos ou tentarmos mostrar uma superioridade, e jamais sermos chatos, incomodativos, tentando obrigar as pessoas a nos seguir ou a nos aceitar, porque, se não tomarmos cuidado, poderemos nos transformar em pessoas repelentes, chatas, incomodativas, inconvenientes, e, ao contrário de conduzirmos as pessoas a Cristo, as afastaremos. Não é por muito falar que conseguiremos convencer as pessoas, mas principalmente pelo nosso testemunho, pela nossa maneira de ser, de nos portar todo o tempo. Temos que nos limitar a fazer o que o Senhor manda, e não ficarmos tentando acrescentar algo, ou levar alguém à força a sua presença. Os que vão a Cristo são os que são chamados, assim semeamos, e o Senhor é que faz com que nasçam e frutifiquem.
 "Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a Palavra da Verdade." (2 Timóteo 2:15). Todos nós que conhecemos o Evangelho, que conhecemos Jesus, fomos convocados para sermos seus obreiros. E, portanto, devemos nos esmerar para nos apresentar da melhor maneira possível, exercer o nosso ministério da melhor maneira possível, praticar o Evangelho, viver com toda intensidade, para não darmos motivo de acusação a ninguém. Temos que ensinar, falar com autoridade, mas jamais contender, brigar, discutir. Temos que conhecer com profundidade a Bíblia, o nosso manual de fé, temos que ter respostas quando alguém vier nos consultar. A aprovação que devemos buscar não é do mundo nem dos homens, mas do Senhor. Devemos apresentar Deus como pessoas competentes, pessoas que se esmeram para praticar os seus preceitos. Temos que buscar sempre agradar a quem nos chamou, nos arregimentou e nos enviou. Diante do mundo, devemos ser exemplos, podemos ser acusados, perseguidos ou motivo de escárnio, mas por sermos diferentes, por sermos autênticos discípulos de Jesus. "Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade." (2 Timóteo 2:16). Os cristãos não participam, não se envolvem com as coisas do mundo, não têm a preocupação de agradar ninguém, não se sentam à mesa dos escarnecedores. Não participam de brincadeiras, piadas e confusões profanas. O cristão legítimo não atira pérolas aos porcos, ou seja, não entra ou para em lugares impróprios com a desculpa de pregar o Evangelho. Não permite ou cria situação para que denigram o Evangelho, não dá margens para acusações, e, principalmente, não pratica nenhum ato que é contrário à sã doutrina, para evitar receber acusações do mundo. Não dá mau testemunho, pois assim estará impedindo as pessoas de amarem Cristo, de se converterem e se salvarem. "E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto; Os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns." (2 Timóteo 2:17-18). Temos que tomar muito cuidado com os ensinamentos heréticos, com as pregações que não estão fundamentadas na Palavra de Deus. Saber que no nosso meio existem muitos que não estão a serviço do Reino, não são obreiros de Deus, mas do diabo, e conduzem através de mentiras muitos à perdição.
 "Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o Nome de Cristo aparte-se da iniquidade." (2 Timóteo 2:19). O Senhor conhece todos os que são seus, os que lhe são fiéis, os que vivem e praticam o seu Evangelho. O Senhor não se deixa enganar e conhece cada obreiro seu. Conhece os que falam o seu Nome com sinceridade, os que ensinam e aplicam o Evangelho de Jesus Cristo. Também conhece os que citam, falam o Nome do Senhor por outros interesses, os que não são autênticos, os que são adulteradores do Evangelho e conduzem o povo para longe da vida. Todos nós que conhecemos o Senhor temos a obrigação de ser obreiros aprovados por Deus, caso contrário também seremos ímpios e receberemos o tratamento dispensado a eles. O Senhor sabe quem o ama e demonstra isso de maneira clara, vivendo e praticando as suas ordenanças. "Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra." (2 Timóteo 2:20). Não é anormal encontrarmos os falsos, os hipócritas no meio do povo do Senhor. Mas o contrário é natural e esperado, porque somos alertados pela própria Palavra sobre eles. Temos que saber que devemos ser sábios, termos discernimento, aplicarmos o que o Senhor Jesus nos ensinou. Ele disse que deveríamos conhecer a árvore pelos seus frutos, assim não nos guiamos somente por palavras ou emoções, mas fundamentalmente pelas ações. Assim como sabemos que Deus não aceita somente palavras bajulatórias, mas a prática do Evangelho, nós também, para reconhecermos e aceitarmos alguém como verdadeiro, temos que ser praticantes do Evangelho de Jesus Cristo. Assim é o dever de todos nós fugir dos erros e pecados, e nos ater somente aos ensinamentos de Cristo. "De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra." (2 Timóteo 2:21). Assim, quando nos prendemos somente ao Evangelho, estamos permitindo ser guiados pelo Espírito Santo de Deus, e somos vencedores, somos autênticos. Se queremos ser considerados obreiros aprovados por Deus, vasos de honra, devemos viver, praticar a Palavra de Deus, e não somente falar. "Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor. E rejeita as questões loucas, e sem instrução, sabendo que produzem contendas. E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor; Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade, E tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que à vontade dele estão presos"(2 Timóteo 2:22-26). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário