NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

MINHA LOUCURA

"Quisera eu me suportásseis um pouco na minha loucura! Suportai-me, porém, ainda. Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo." (2 Coríntios 11:1-2)

            O apóstolo Paulo tinha uma real preocupação com o rebanho do Senhor, e por tal motivo constantemente os exortava para permanecerem firmes no Evangelho do Senhor. Não que esse abnegado apóstolo tivesse medo de perder as suas ovelhas para outro ministério, como é a preocupação dos pregadores da atualidade. A preocupação de Paulo era em não perder uma alma sequer para o diabo, porque ele cuidava com zelo, para apresentá-los a Deus.  Como ele ensinava, pregava a verdade única, que conduz à salvação, ele sabia que muitos pregadores de facilidades e ensinos heréticos poderiam conduzir o rebanho ou parte dele para longe do Senhor, porque a função do pastor é cuidar do rebanho do Senhor, para apresentá-lo a Deus, e, se não o fizer, estará em falta. A recompensa do pastor é ver pessoas convertidas a Deus, é verem-nas praticarem o Evangelho, é verem-nas se transformarem em pregadoras do Evangelho, porque Jesus mandou: "Ide, fazei discípulos". Assim, vemos que a preocupação de Paulo hoje virou uma dura realidade, uma rotina, e muito perigosa, que tem conduzido muitos para o total afastamento do Senhor. Vemos coisas e pregações muito estranhas, mas que atraem o povo, conduzem o rebanho para viverem experiências que nada têm a ver com o Evangelho. Prova tal é que as pessoas já não mais aceitam a pregação legítima, não concordam em ouvir sobre conversão, arrependimento, santificação, salvação, estão buscando somente quem prega sobre bênçãos e milagres urgentes. O que era para ser o rebanho do Senhor caiu no engano e vive um outro evangelho que nada tem com o Reino de Deus. O pregador da verdade é abandonado, os que se recusam a ser comerciantes e mentirosos, falarem e oferecerem o que Deus não falou e nem prometeu são os indesejados e não são ouvidos. Os que ensinam o Caminho são rejeitados, porque o rebanho  se extraviou, não mais busca a Verdade, mas  respostas imediatas  sobre realizações mundanas. O que o apóstolo Paulo temia aconteceu e, por incrível que pareça, está aumentando cada dia mais.
            "Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo." (2 Coríntios 11:3). O diabo como serpente enganou Eva e, a partir daí, o pecado entrou no mundo, e todos nós nos tornamos pecadores, e só temos salvação em Jesus. Mas, graças a Deus, pela Salvação em Jesus e pelo amor de Deus Pai, Ele enviou seu Filho amado para morrer em nosso lugar. Muitos têm rejeitado esse sacrifício e buscado somente o que é passageiro, o que é mentira. Infelizmente são muitos os que são enganados, ou melhor, aceitaram o engano e rejeitaram a Verdade, basta observar os que lotam templos em busca de bênçãos, milagres, em busca de quaisquer coisas, mas não em busca de Deus. Não buscam salvação, mas satisfação e prazeres imediatos, não concordam e não aceitam falar em abandonar os pecados e erros. Vivem um evangelho bonzinho, tolerante com erros, desobediências e pecados, um em que tudo pode por algo que se chama amor. Um evangelho que não cobra, não pune, um deus que só tem a preocupação de abençoar. "Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofreríeis." (2 Coríntios 11:4). Aceitam e aceitaram um outro Jesus, um diferente do que a Bíblia, a Palavra mostra. Por tal motivo, vemos um crescimento galopante da religião evangélica, mas não a vemos influenciar em nada, não vemos mudanças. O que vemos para a nossa vergonha são mais roubos, assassinatos, violências, mentiras, adúlteros, divórcios, roubos, praticados por esses que se dizem dessa nova religião, porque não aprendem em seus templos que devem se afastar dos pecados, devem se santificar, o que os seus mestres ensinam é que Deus perdoa tudo e sempre vai perdoar e que sempre vai abençoar, o que é uma mentira, é uma deslavada heresia. O que se busca hoje é ser religioso, viver um evangelho de campanhas, de barganhas, de frequência em templo, mas não de arrependimento. Pregamos e falamos do Evangelho legítimo, falamos de Jesus, de Bíblia, falamos de salvação, porque o nosso compromisso é em conduzir o maior número possível de pessoas a Cristo e não a nós ou a nossa denominação. Não buscamos ofertantes, mas pessoas que estejam dispostos a viver por toda a eternidade ao lado do Senhor.
            "Porque penso que em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos. E, se sou rude na palavra, não o sou contudo na ciência; mas já em todas as coisas nos temos feito conhecer totalmente entre vós."(2 Coríntios 11:5-6). Não é por não pregarmos  mentiras, ou engano, nem por não termos grandes templos, nem riquezas, ou um grande rebanho que somos inferiores à maioria dos grandes, porque podemos não ser teólogos, doutores, podemos não ter a verborragia, o português refinado, ou o carisma, a eloquência, o poder de convencimento desses, mas não somos inferiores em conhecimento, porque temos o Conhecimento, a Verdade dentro de nós. Falamos do que conhecemos, falamos do que é real, e não com engano, e não para agradar, mas para salvar. Não temos um ministério de bajulamento, para agradar o rebanho, mas de ensinamento para conduzi-los ao Senhor. Assim não toleramos, não permitimos a sujeira, o pecado, não concordamos com o que o Senhor condena. E aprendemos diretamente do Senhor a sermos claros, diretos, transparentes, a sermos luz, porque quem pratica o engano é trevas, é o diabo. "Pequei, porventura, humilhando-me a mim mesmo, para que vós fôsseis exaltados, porque de graça vos anunciei o evangelho de Deus? Outras igrejas despojei eu para vos servir, recebendo delas salário; e quando estava presente convosco, e tinha necessidade, a ninguém fui pesado."(2 Coríntios 11:7-8). Será que, por não fazermos campanhas para arrecadar verbas, por não vivermos pedindo ofertas, exigindo sacrifícios, somos inferiores aos outros, será que, por não comercializarmos nenhum produto, mudamos o Evangelho? Creio que não, porque o Evangelho do Senhor é gratuito, e Ele mandou-nos dar de graça o que recebemos de graça, assim não criamos situações para exigir dinheiro do rebanho. Pregamos o Evangelho para todos porque é mandamento do Senhor, e as ovelhas do rebanho, as que buscam a salvação, que devolvem os seus dízimos é que são as responsáveis de podermos pregar pelo mundo de forma gratuita. "Porque os irmãos que vieram da macedônia supriram a minha necessidade; e em tudo me guardei de vos ser pesado, e ainda me guardarei. Como a verdade de Cristo está em mim, esta glória não me será impedida nas regiões da Acaia. Por quê? Porque não vos amo? Deus o sabe." (2 Coríntios 11:9-11).  Assim tudo fazemos para levar a mensagem da Cruz a todos, em toda parte, chamando ao arrependimento, pedindo para que se santifiquem, se arrependam dos seus pecados e realmente vivam em Cristo. Fazemos isto sem sermos pesados a ninguém, porque os dízimos das ovelhas deste ministério, (e dizimo é obediência ao Senhor) servem exatamente para isso. E sempre vamos procurar não sermos pesados a ninguém, sempre vamos ensinar o Evangelho, pregar a verdade, sem pedir oferta, sem pedir nada em troca, sem exigir desafio, pois somos praticantes do Evangelho de Jesus Cristo. "Mas o que eu faço o farei, para cortar ocasião aos que buscam ocasião, a fim de que, naquilo em que se gloriam, sejam achados assim como nós. Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras." (2 Coríntios 11:12-15). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário