NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

SEM DÍVIDAS

"A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei." (Romanos 13:8)

 A Bíblia nos ensina não sermos reféns de ninguém, porque, quando estamos devendo alguma coisa a alguém, somos seus reféns. Não devemos fazer dívidas, ficar pedindo dinheiro emprestado ou qualquer outra coisa; devemos nos contentar com o que temos, e batalhar para termos o que precisamos. Todas as pessoas que caem em mãos de agiotas estão em erros e por tal sofrem. Podemos até passar por faltas, necessidades, mas sempre evitar, fugir de fazer dívidas. Já no Antigo Testamento o Senhor nos fala que deveríamos emprestar, mas jamais pedir emprestado. "Porque o Senhor teu Deus te abençoará, como te tem falado; assim, emprestarás a muitas nações, mas não tomarás empréstimos; e dominarás sobre muitas nações, mas elas não dominarão sobre ti." (Deuteronômio 15:6). Assim entendemos que, se estivermos vivendo o Evangelho do Senhor, não enfrentaremos problemas inerentes a dívidas, primeiro por não termos necessidades, uma vez que o Senhor as supre, segundo, porque, mesmo que passemos por faltas, não incorreremos nesse ato, por sabermos que é desobediência aos seus preceitos. Temos um Deus que é abençoador, e, se precisamos de algo, que falemos com Ele em oração, porque, quando agimos por vontade própria, erramos. Conhecemos inúmeras pessoas que estão em grandes dificuldades por causa de dívidas e recebem ofensas, e muitos vivem fugindo, não atendendo telefones, escondendo-se dos seus credores, e quase sempre acabam perdendo uma amizade. O Senhor sabe de que necessitamos, e, se formos fiéis a Ele, receberemos o seu maná. Além da dívida de dinheiro, de bens materiais, também existem várias outras que devemos evitar. A bem da verdade, devemos fugir de qualquer tipo de empréstimo, mesmo porque a própria Palavra já diz: empréstimo tem que ser devolvido. A nossa dívida para com todos tem que ser o nosso amor, porque é mandamento amar o próximo. Assim, quando deixamos de amar alguém, estamos em dívidas, não estamos fazendo o nosso dever. Toda espécie de inimizades, raivas, ódios, desejos malignos são acúmulos de dívidas para com o próximo, e com certeza iremos pagar. É dever, porque é mandamento, uma ordem direta do Senhor a todos, e a sua desobediência é dívida, e dívida tem cobrador.
 "Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo." (Romanos 13: 9). Quem ama não comete adultério, porque sabe que, ao cometer a traição, está fazendo mal a pelo menos três pessoas, e assim contraindo dívidas com todas elas. Quando um marido ou a esposa trai, está fazendo mal primeiro ao seu cônjuge, depois à pessoa com a qual estiver cometendo tal ato, e se essa também for casada, também a seu cônjuge, e, consequentemente, assumiu uma dívida, e com certeza o Senhor mandará o cobrador. Mesmo que depois a pessoa se arrependa, será perdoada, mas terá que pagar a sua dívida. "Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará." (Gálatas 6:7). As consequências dessas dívidas são terríveis, não raro quando terminam em tragédias. Assim também quem ama não mata, não tira a vida do seu semelhante, e, por mais grave que seja a ofensa, o amor tudo entende e perdoa, e por obediência ao Senhor, por temor, não contraia essa dívida. Enfim, quem pratica o amor não comete nenhum tipo de dívida, porque, se ofender, roubar, cobiçar, sabe que não está amando, e a falta de amor para com o próximo é dívida que tem que ser saldada de uma maneira ou de outra. Quando alguém comete qualquer ato contra o próximo, independentemente do que o outro tenha feito, está em primeiro lugar desobedecendo ao Senhor, e em segundo contraindo dívidas. "O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor." (Romanos 13:10). Se alguém que viver a Palavra de Deus, se quiser praticar o Evangelho, então que ame o seu próximo como a ele mesmo. Não podemos escolher a quem amar, ou que ofensa perdoamos, mas sim a amar a todos e perdoar a todos. Também não podemos ficar sendo hipócritas fazendo oraçõezinhas pedindo a Deus para nos fazer perdoar, ou amar, porque Ele mandou, determinou, foi imperativo, Ele disse que nós deveríamos amar e perdoar."Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus." (Mateus 544). Assim não temos escolha, simplesmente devemos amar a todos, e sempre procurar compreender os erros de todos, pois também somos falhos e erramos. Amar os nossos, quem nos ama e nos deseja o bem é fácil, e todos o fazem, mas, como cristãos, amamos todos por igual, indistintamente. Não podemos nos rebelar contra a Palavra, pois isso é contrair dívidas.
 "E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé." (Romanos 13:11). Observemos que, a cada dia que passa, a cada momento se aproxima mais e mais a volta do Senhor, e nem todos os que hoje vivem experimentarão a morte, pois muitos serão arrebatados em vida, muitos em vida subirão para encontrar com o Senhor nas alturas. Isso porque o tempo se aproxima, o grande dia está às portas. Não podemos ser pegos de surpresas com dívidas, porque essas dívidas nos afastarão do Senhor, e podemos ir para a prisão. Essa prisão é eterna, não existe ninguém que possa nos tirar de lá, pois quem nos enviará será o nosso advogado de defesa. Sim, se formos pegos em falta, será o próprio Senhor Jesus que nos enviará para o sofrimento, tomento e prisão eterna. Hoje aquele que é nosso advogado, naquele dia será o juiz, e não terá compaixão de ninguém. "A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos, pois, as obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz." (Romano 13:12). Noite é escuridão, é trevas, e nela não podemos ver, não conseguimos ver para onde vamos. Antes vivíamos em trevas, mas, agora, conhecemos o Senhor, que é a verdadeira Luz. E Nele tudo é revelado e sabemos para onde vamos, temos conhecimento dos nossos passos. Por isso sabemos que devemos praticar a sua Palavra, pois ela é Luz para os nossos caminhos.  "Lâmpada para os meus pés é tua Palavra, e luz para o meu caminho." (Salmos 119:105).  Jesus é o Verbo, a Palavra, e a Luz, portanto, quando nos submetemos a ela, sabemos que caminhamos em direção a Ele, para a Vida e a Salvação. Não podemos viver como no passado, temos que amar a Deus e ao próximo como a nós mesmos, pois, se não procedermos assim, seremos encontrados em falta, em dívidas. Não podemos deixar para depois, para amanhã, pois não sabemos o momento exato que o Senhor volta. À noite a escuridão já passou, sabemos para onde vamos, e a escolha é nossa, vida ou morte, pois o Senhor já nos revelou, a opção é nossa. "Andemos honestamente, como de dia; não em glutonarias, nem em bebedeiras, nem em desonestidades, nem em dissoluções, nem em contendas e inveja." (Romanos 13:13). Não podemos desperdiçar o nosso tempo, nosso dia praticando a vontade da carne, pois ela será o condutor, o caminho da prisão eterna. Assim, devemos nos livrar dos desejos carnais, e procurar viver de acordo com o Evangelho para que não contraiamos dívidas impagáveis aqui. Vamos amar a Deus em primeiro lugar, e se o amamos, obedeçamos a Ele, e, por conseguinte, amemos o próximo como a nós mesmos. Se procedermos assim, estaremos na Luz e não estaremos contraindo dívidas. "Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências." (Romanos 13:14). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário