NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

TEMOR AO SENHOR

"Assim que, sabendo o temor que se deve ao Senhor, persuadimos os homens à fé, mas somos manifestos a Deus; e espero que nas vossas consciências sejamos também manifestos." (2 Coríntios 5:11)

 Tendo o conhecimento da Palavra de Deus, sabemos como devemos nos portar, como devemos proceder diante de todas as situações. Temor, medo é exatamente esse o sentimento que devemos ter se desobedecermos ao Senhor. Sabemos quem é o Senhor e tudo o que Ele pode e quer fazer por nós; sabemos que Ele é Santo e exige de nós santidade. Sabemos que nada acontece no mundo sem a sua vontade ou permissão, então temos medo de errar, de sermos desobedientes e recebermos o devido castigo por causa da desobediência. A Palavra é clara: o que plantarmos colheremos. Portanto, ensinamos, falamos do amor de Deus, falamos do seu Poder, e que Ele que não tolera o pecado. Falamos de maneira simples sobre Deus e sobre tudo o que Ele pode e quer fazer com cada um de nós. As pessoas são propensas a buscar um deus bonzinho e tolerante, um deus permissivo, que passa a mão na cabeça, e cuja única preocupação é abençoar, atender a pedidos e orações. Mas esse não é o nosso Deus, esse não existe, porque o nosso Deus é Pai e corrige os filhos que ama. Ele exige, cobra obediência. Apresentamos a todos o Deus único e verdadeiro, o Deus do qual devemos ter temor, medo, sim, porque muitos ensinam que não devemos ter medo do Pai, mas essa não é a verdade. Devemos ter medo daquele que pode nos matar e ainda lançar as nossas almas no inferno."Porque não nos recomendamos outra vez a vós; mas damo-vos ocasião de vos gloriardes de nós, para que tenhais que responder aos que se gloriam na aparência e não no coração." (2 Coríntios 5:12). Tendo medo, temor do Senhor, procuramos viver segundo as suas ordenanças, e, por esse motivo, podemos nos recomendar a todos, podemos nos apresentar como modelo, como testemunhas de obediência ao Senhor. Procuramos sempre viver segundo os preceitos do Senhor, e fazemos por temor a Ele, assim não nos gloriamos em nós mesmos, mas no Senhor, porque tudo o que fazemos é por obediência a Ele. Todos devem procurar se apresentar como verdadeiros discípulos do Senhor, para que possam evitar receber punições, porque, se não obedecerem ao Senhor, com certeza as receberão, e as piores são o sofrimento e a morte eterna.
 "Porque, se enlouquecemos, é para Deus; e, se conservamos o juízo, é para vós. Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram." (2 Coríntios 5:13-14). Somos julgados loucos, doidos por vivermos segundo os preceitos do Senhor, por praticarmos todas as suas ordenanças, não vivermos segundo o mundo, por recusarmos os prazeres do mundo e tentarmos ser os mais fiéis possíveis a sua Palavra; assim procedemos com a intenção de agradar o nosso Pai. Temos medo de que a sua ira se volte contra nós e recebamos o castigo. Mas temos juízo, temos consciência de todos os nossos atos, e por amor a todos, o que é mandamento do Senhor, agimos de maneira a sermos exemplos de como se portar à luz da Palavra. Assim, daquilo com que muitos concordam, daquilo que toleram, nos afastamos, porque sabemos que para o nosso Deus não há exceção, a sua Palavra é Sim e Não. Jesus veio ao mundo, sofreu e morreu por todos nós, para que pudéssemos alcançar a salvação, para que pudéssemos alcançar a vida eterna Nele. Sabemos que temos vida Nele, e para desfrutá-la é necessário se moldar a Ele, viver segundo as suas determinações, porque, caso contrário, Ele mesmo nos enviará para a morte. Temos que saber que quem envia para o inferno não é o diabo, e sim o Senhor, portanto devemos desfrutar a sua morte e nos unirmos a Ele nela, e vivermos mortos para o mundo. Temos que estar mortos para o mundo para obtermos vida em Jesus, e essa morte que gera a vida é obtida Nele através do seu Evangelho, dos seus preceitos. "E Ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou." (2 Coríntios 5:15). Como Jesus morreu por todos nós, e se respeitamos esse ato, e se o amamos, então não vivemos segundo as nossas vontades. Temos que entender que nossas paixões, sentimentos, coração, nos enganam, e não podemos de maneira nenhuma confiar neles, somente confiar no Senhor. Assim a nossa vontade tem que ser a vontade do Senhor, só podemos fazer o que Ele diz que podemos, e jamais fazer o que Ele diz para não fazermos. A nossa vida tem que ser para o Senhor, viver Nele, e por Ele, e isso se faz praticando as suas ordenanças em tempo integral.
 "Assim que daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos deste modo." (2 Coríntios 5:16). Por esse motivo, devemos conhecer e avaliar todos de forma espiritual, sabendo que todos, sem exceção, são criaturas e feituras de Deus, que foi por cada um que Cristo morreu; desta maneira, não podemos fazer uma avaliação carnal, mas como Cristo, porque vivemos Nele. Cristo viveu como homem, praticou o ministério durante três anos, mas voltou para onde tinha vindo, voltou ao Pai, porque Ele veio por obediência e cumpriu uma dolorosa missão. Somos seres espirituais e também iremos ao encontro do Senhor, e com Ele viveremos e reinaremos, se formos obedientes aqui. "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." (2 Coríntios 5:17).Quem se entregou a Cristo, quem o conhece é uma nova criatura, não é mais feitura, mas filho de Deus. Não vive mais segundo os entendimentos humanos, segundo as normas do mundo, vive segundo a Palavra de Deus. Quem está em Cristo não vive preso ao passado, porque sabe que os seus pecados foram todos perdoados e agora vive em novidade de vida, vive na prática da santificação. Quem está em Cristo é um novo homem, uma nova mulher, não é religioso, mas é fiel ao Senhor, não se preocupa com a fidelidade de Deus, mas se preocupa em ser fiel a Ele. Quem roubava, mentia, falava mal dos outros, ou que se prostituía, adulterava, era briguento, violento, não é mais nada disso, tem um novo comportamento de acordo com a Palavra de Deus, porque estar em Cristo não é ter uma nova religião, não é somente frequentar uma igreja denominacional, e sim viver sendo discípulo, é ter temor. Em Cristo somos diferentes, agimos como Ele e temos poder, mas tudo isso não é por obra nossa, e sim pela Graça. "E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação." (2 Coríntios 5:18-19). Recebemos tudo isso pela Graça, porque éramos estranhos ao Senhor, éramos pecadores sem chance, sem possibilidade de nos unirmos a Ele, que no seu imenso amor enviou seu Filho amado para sofrer na carne o que deveríamos sofrer, e assim por Ele sermos salvos. Deus, através de Cristo, nos reconciliou Nele, mas exige que reconheçamos esse sacrifício do Seu Filho, e os que o desprezam são lançados no sofrimento e morte eterna. Portanto, quem está em Cristo são cidadãos e cidadãs do Reino. "De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamos-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus." (2 Coríntios 5:20). Como cidadãos somos representantes do Reino, e temos que viver e praticar a lei do Reino o tempo todo. Apresentamos o Reino de Deus por nós mesmos."Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus." (2 Coríntios 5: 21). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário