NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

QUEM E COMO ESCREVEU

"Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas a ensinar." (Atos 1:1)

 Esse livro de Atos dos apóstolos, ou somente Atos, como em muitas traduções, inclusive esta que estamos utilizando, foi escrito pelo médico Lucas. Esse médico da sua época não foi um apóstolo, e sim um discípulo, como todo aquele que pratica as obras do Senhor Jesus. Quando o médico Lucas escreveu o Evangelho com o seu nome, que é o segundo na ordem bíblica, foi endereçado a um patrocinador de nome Teófilo. Ele começa dizendo a esse patrocinador que escreveu o primeiro livro - que sabemos ser o Evangelho de Lucas - tudo o que Jesus começou a fazer, mas principalmente a ensinar, porque a principal missão de Jesus depois de nos dar a Salvação foi a de ensinar a nos capacitar para receber a Salvação Nele. Jesus foi e é o maior Mestre e continua a nos ensinar a receber a Salvação Nele. Aqui o escritor, guiado pelo Espírito Santo, mostra que a obra de Jesus e os seus ensinos não terminaram com a morte da sua carne ali, na Cruz do Calvário, mas continuou, prosseguiu através dos seus apóstolos, discípulos, e continua até o dia da sua volta."Até ao dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera." (Atos 1:2). Lucas escreveu, relatou tudo o que Jesus fez até o dia em que subiu aos Céus e foi recebido por Deus Pai. Até os últimos atos de Jesus já ressurreto foram relatados por esse discípulo, assim como as determinações que o Senhor deu aos apóstolos. Sabemos que tanto o Evangelho de Lucas como esse livro de Atos são fruto de um trabalho investigativo. Lucas, por não ter andado com Jesus, não ter convivido com o Senhor, para escrever os fatos, ele teve que investigar de maneira incansável, e então o Evangelho com o seu nome é um relato fantástico de tudo o que Jesus fez. Às vezes nos deparamos com algumas diferenças entre o seu Evangelho e os outros, mas o que devemos entender é que ele escreveu sobre a ótica de um médico, um cientista, um homem da ciência da época. E foi um trabalho investigativo que tinha por objetivo apresentar a Teófilo, que não sabemos quem era, mas com certeza alguém de posses, e talvez alguma autoridade, pois custeou todo o trabalho investigatório. Portanto, temos que reconhecer que Deus, através do seu Espírito, usou um homem da ciência para comprovar a veracidade e o Poder do Senhor.
 "Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao Reino de Deus.(Atos 1:3). Jesus, depois que morreu na Cruz do Calvário e ressuscitou após três dias, ainda em um espaço de quarenta dias, apareceu onze vezes e de várias maneiras e situações para várias pessoas. Nesse espaço de quarenta dias, Jesus, todas as vezes em que se apresentou, passou ensinamentos, chamou a atenção, exortou, consolou e deu missões para os seus discípulos. É maravilhoso quando nos deparamos com o relato de Lucas, pois ele não deixa dúvidas sobre a missão de Jesus, e de maneira clara nos mostra que a missão do Senhor não finalizou ali na cruz. Ao contrário, prosseguiu e nos enviou, os seus discípulos, para continuar a ensinar o Evangelho. Jesus fez questão de aparecer para várias pessoas, como as quinhentas pessoas reunidas. "E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras. E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze. Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também. Depois foi visto por Tiago, depois por todos os apóstolos. E por derradeiro de todos me apareceu também a mim, como a um abortivo."1 Coríntios 15:4-8). A última pessoa que viu Jesus, ou melhor, para quem ele apareceu, foi Saulo de Tarso, a caminho de Damasco, quando o chamou e lhe deu a missão de levar o seu Evangelho ao mundo. Paulo foi chamado por Jesus ressurreto, pois, antes, foi perseguidor da igreja, e, após o encontro com Jesus, foi seu maior defensor. Jesus continuou a ensinar através de Pedro, Paulo, João, e todos os seus discípulos, através de todos os que ouvem a Palavra e a colocam em prática. Todos os que respondem ao seu chamado e se colocam à disposição e recebem a capacitação e o poder pelo Espírito Santo para executar a missão. "E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que, disse Ele, de mim ouvistes." (Atos 1:4). Jesus ressurreto determinou aos seus discípulos que não saíssem de Jerusalém, que permanecessem juntos aguardando a capacitação Dele para que pudessem executar a missão, porque eles só poderiam exercer a missão que Jesus determinou se tivessem o Espírito Santo, e o Espírito Santo só poderia vir depois que Jesus subisse. Para começar a missão determinada pelo Senhor, é necessária a capacitação pelo Espírito de Deus.
 "Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.(Atos 1:5). Até então, naquela época, todos conheciam somente o batismo nas águas, o batismo que se iniciou no ministério de João Batista, e Jesus foi um dos que receberam o batismo dele. Mas Jesus tinha antes prometido o batismo com fogo, mas isso só poderia acontecer após a sua ascensão. Jesus mandou que eles permanecessem juntos aguardando o batismo, a vinda do Espírito Santo, que só aconteceria depois que Ele subisse ao Pai, e que não iria demorar muito. "Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei."(João 16:7). Para vir o Espírito Santo, Jesus teria que subir primeiro, e foi exatamente nos dias das festas judaicas de Pentecostes que foi inaugurada a presença do Espírito de Deus, os primeiros batismos com fogo. Jesus deu ordem, foi por obediência que os seus discípulos receberam o batismo. Eles permaneceram em Jerusalém até o dia de Pentecostes como o Senhor tinha mandado."Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel?"(Atos 1:6). Vemos aqui a ansiedade natural dos seres humanos e a pergunta sobre o futuro, quando será, quando vai acontecer... Pergunta que continua, as pessoas querem saber quando acontecerá, quando receberão essa ou aquela bênção, quando Jesus voltará, mas o Senhor disse que isso não nos compete saber, que não devemos ficar preocupados com o amanhã, mas devemos nos preocupar em viver segundo a palavra de Deus, viver aguardando, pois não sabemos a que hora será. "E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio Poder. Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra."(Atos 1:7-8). Jesus deixa claro que não nos compete, ou seja, não é da nossa competência saber sobre o futuro, saber sobre que e quando vai acontecer. Mas é nosso dever nos santificar, nos purificar de toda imundície e viver de acordo com a sua Palavra, então receberemos poder para pregar o seu Evangelho, receberemos poder, bênçãos para testemunharmos o que Ele fez em nossas vidas. Em toda parte, em todo o mundo seremos testemunhas do Poder de Deus, se tivermos a paciência para recebermos a capacitação Dele, se obedecermos, se praticarmos o seu Evangelho. Esse foi o seu último mandamento antes de subir ao Pai. " E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos. E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto Ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco. Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir." (Atos 1:9-11).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário