NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sábado, 18 de julho de 2015

CONJURAÇÃO

"Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu Reino,Que pregues a Palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina." (2 Timóteo 4:1-2)

 Paulo escreve ao seu filho na fé, orientando como ele deve proceder diante de todos e, principalmente, na igreja, no templo. O apóstolo conjura-o diante de Deus (na presença de Deus), que é o Deus Todo Poderoso, que vai julgar a todos nós, os que já morreram e os que ainda estiverem vivos quando Jesus voltar. Não existe ninguém que escapará do julgamento, do Juízo do Senhor, os que já morreram há centenas, milhares de anos, ou os que no grande Dia estiverem vivos. Receberemos a sentença na hora para a vida, ou para sofrimento e morte eterna. Tudo vai depender da maneira como vivemos aqui, como praticamos a Palavra, se a respeitamos ou não. Paulo então manda diante do Senhor, e sabemos que realmente ele estava diante do Senhor, porque todos nós podemos estar, viver diante do Senhor, depende exclusivamente de nós. Se vivemos de acordo com o Evangelho, se praticamos a Palavra, se respeitamos, se tememos o Senhor, é porque estamos diante Dele e vivemos em obediência a Ele. Paulo, sabendo que estava diante do Senhor, ele manda, determina que Timóteo pregue o Evangelho de Jesus Cristo, e em todo o tempo, que exorte. Pregar é ensinar o Caminho, é falar sobre o Reino, ensinar as pessoas a praticar as ordenanças do Senhor. Pregar é conduzir as pessoas à vida em Jesus, mostrar a Verdade única, é apresentar o Senhor de forma clara e visível. Exortar é mandar, determinar que largue o pecado, o erro, as desobediências, é mostrar que o pecado conduz ao sofrimento e à morte. Manda que você repreenda, ou seja, que não aceite e nem concorde com os erros, mas que se converta ao Senhor. Conversão quer dizer mudança de direção, abandono de hábito, é se juntar, unir-se ao Senhor, é viver segundo os seus preceitos e ordenanças e não mais segundo o mundo. Paulo ainda fala que isso é em todo o tempo e fora de tempo, portanto não é só na igreja, mas fora dela, onde estivermos, temos que pregar, ensinar o Caminho do Reino, o Caminho da salvação.
 "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas." (2 Timóteo 4:3-4). O apóstolo falava sobre os tempos que viriam e que já chegaram há muito, em que as pessoas não aceitam, não concordam com a Palavra verdadeira, a sã doutrina. Mas os que desejam ouvir querem palavras carinhosas que concordem com os seus erros, a maneira errada de viver e proclamar o Nome do Senhor. O povo elege, levanta líderes que os apoiam em doutrinas heréticas, unge para si pastores que não exortam, que não confrontam o pecado, e ensinam a misericórdia, um amorzinho que não é bíblico. Fábulas são as histórias criadas, inventadas pelos inúmeros pregadores, os criadores de campanhas, os distribuidores de objetos para adoração, os que criam denominações e que estão à frente de templos ensinando a tolerância ao homossexualismo, ao divórcio e recasamento, à fornicação, à mentira, e aos vícios vários. Acham que o mais importante são os dízimos, as ofertas e a frequência das pessoas aos seus templos; são criadores de eventos para atrair pessoas. São os que sempre têm uma palavra de tolerância para tudo, os que não ensinam nem mandam abandonar o pecado, simplesmente mandam orar e participar de campanhas; acham que somente por estarem em um local que denominaram igreja já é o bastante. Os pregadores de engano e mentira crescem e aumentam, porque a maioria não quer ouvir e não aceita a sã doutrina, uma vez que está comprometida com o mundo, e por esse motivo hoje o mundo habita dentro da maioria dos templos."Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério." (2 Timóteo 4:5).Apesar de a maioria estar buscando um deus bonzinho, permissivo com as suas desobediências, que tolera as suas carnalidades, nós devemos sempre viver e pregar o Evangelho do Senhor Jesus. Devemos pregar e ensinar a sã doutrina, e não podemos mudar para agradar ninguém, nem para tentar trazer alguém para os nossos templos. Sabemos que Deus escreve certo com linhas certas e não ao contrário, como o mundo fala e pensa. Não podemos mentir, enganar ou criar condições favoráveis, mas contrárias à Palavra de Deus para atrair pessoas ou mantê-las no templo. Não podemos fazer ou permitir que se faça o que Jesus não permitiu.
 "Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo." (2 Timóteo 4:6). Paulo estava dando essas recomendações, sabendo que a hora da sua partida estava muito próxima, não pela sua idade, mas porque o Espírito Santo já lhe tinha revelado sua morte eminente para glorificar o Nome do Senhor. Morrer pelo Evangelho, ser perseguido, espancado, e no final morrer por pregar o Evangelho, assim esse apóstolo glorificou o Senhor. Vemos que, mesmo sabendo, ou principalmente por esse motivo, ele exorta a Timóteo que persevere na prática do Evangelho legítimo, não se enveredar pelo caminho dos comerciantes da fé alheia, os que acham que igrejas, templos são locais para se ganhar dinheiro, que pensam que são empresas, os que tratam a sua vida ministerial como um executivo. Infelizmente, o tempo que Paulo alertava que viria chegou muito rápido e, como Jesus disse que o amor de muitos esfriaria, assim aconteceu. O nome do Senhor é citado de maneira imprópria e desonesta, porque criaram inúmeros evangelhos que tudo permitem e toleram, e os templos estão lotados, cheios de pessoas mortas espiritualmente. As pessoas querem somente uma religião, mas não abrem mão da maneira de viver, querem somente um Deus que perdoa, bonzinho, não querem o que é amor, mas que é Juízo, não querem o que cobra obediências. Por isso os verdadeiros pregadores da sã doutrina são perseguidos, criticados, maltratados e ofendidos pelos pregadores da mentira e do engano, os mercadejantes da fé. "Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé." (2 Timóteo 4:7). Esse versículo é muito citado, mas de maneira errada, pois as pessoas o acham bonito, e até mesmo profundo, só que não entendem ou compreendem a sua real profundidade. Não percebem que, na verdade, o apóstolo está se despedindo, após ter feito um inventário da sua vida ministerial, cristã, e saber que cumpriu a missão que lhe foi designada. Lutou, passou por todos os tipos de perseguições e afronta, mas permaneceu firme na fé, sabendo que viveu como um cristão, como um discípulo de Jesus e que morrerá em paz, pois está firme no Senhor. Vemos pessoas hoje citarem esse versículo, mas elas estão em todos os tipos de pecados, dizem-se pastores e vivem em fornicação, em adultério, em recasamentos, em mentiras; transformaram seus templos em um centro de comércio. Isso não é guardar a fé; viver na fé é viver na prática do Evangelho e não no pecado, não é por muito orar que mostramos a fé, mas é pela obediência aos preceitos do Senhor. Se quisermos fazer essa afirmação no final das nossas vidas, é necessário sermos praticantes do Evangelho. "Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda." (2 Timóteo 4:8). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário