NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

COMO PRATICAR A FÉ

"E, quando se aproximou dos discípulos, viu ao redor deles grande multidão, e alguns escribas que disputavam com eles. E logo toda a multidão, vendo-o, ficou espantada e, correndo para ele, o saudaram." (Marcos 9:14-15)

 Jesus esteve no monte da transfiguração com três discípulos, e lá eles puderam presenciar a transfiguração de Jesus, e o viram no corpo glorificado, juntamente com Elias e Moisés, mostrando assim que a Lei (Moisés) e os profetas (Elias), tudo se encerrava Nele. Tinham ouvido Deus Pai falar que Jesus era o Filho amado e que era Ele que devíamos ouvir. Jesus tinha pedido a eles que não revelassem nada do que viram e ouviram até o momento próprio. Mas agora, ao descer do monte, se depara com uma grande multidão que tinha cercado os seus discípulos, que tinham ficado embaixo, no pé do monte. Viu que os escribas, que são os entendidos da lei, e outras pessoas estavam discutindo com eles sobre Jesus e a sua doutrina. Mas, assim que o povo o viu, foi correndo cumprimentá-lo, pois eles não o esperavam ali. Cremos que estavam questionando e até mesmo criticando os discípulos, porque, como o Senhor sabe todas as coisas, Jesus já chega questionando-os sobre o que queriam com os seus discípulos. "E perguntou aos escribas: Que é que discutis com eles?" (Marcos 9:16). Jesus sempre vai defender os seus servos, os seus discípulos, sempre vai aparecer para justificar as ações dos seus verdadeiros seguidores. As pessoas sempre vão ficar espantadas quando o Senhor aparece para questionar as pessoas sobre o porquê de estarem apertando os seus discípulos. A maneira como Ele aparece hoje é capacitando os seus para poderem responder aos que querem questionar e desmerecer o Evangelho. "E um da multidão, respondendo, disse: Mestre, trouxe-te o meu filho, que tem um espírito mudo; E este, onde quer que o apanhe, despedaça-o, e ele espuma, e range os dentes, e vai definhando; e eu disse aos teus discípulos que o expulsassem, e não puderam." (Marcos 9:17-18). Um homem se aproxima e informa a Jesus que tinha trazido o seu filho que estava possuído de um demônio mudo, que o fazia agir com sintomas idênticos aos das pessoas que sofrem de epilepsia. Podemos ver que a descrição dos sintomas é a mesma. Assim também temos visto muitos casos de pessoas que são diagnosticadas com epilepsia e outras doenças, sendo que suas enfermidades são espirituais. Mesmo as que forem físicas podem e devem ser curadas, pois Jesus já levou todas as nossas enfermidades.
 "E ele, respondendo-lhes, disse: Ó geração incrédula! até quando estarei convosco? até quando vos sofrerei ainda? Trazei-mo." (Marcos 9:19). Jesus chama a atenção dos seus discípulos, pois pela incredulidade deles, pela falta de fé não tinham curado, libertado aquele jovem. Jesus ainda continua nos chamando de incrédulos, e, a bem da verdade, vivemos uma geração de crentes incrédulos, pois falam que Jesus cura e que é amor, mas eles mesmos não mostram isso na prática. Pessoas estão sofrendo com todos os tipos de enfermidades, e muitas são conduzidas aos supostos discípulos de Jesus, os quais simplesmente tentam, fazem oraçãozinha de conforto, mas não resolvem o problema. Se somos discípulos de Jesus, nós temos o Poder Dele, que se manifesta em nós, e no seu Nome curamos qualquer enfermidade. Mas a incredulidade, o medo e a dúvida impedem de agir como o Senhor mandou. "E trouxeram-lho; e quando ele o viu, logo o espírito o agitou com violência, e, caindo o endemoninhado por terra, revolvia-se, escumando." (Marcos 9:20). Mas Jesus continua dizendo que o trouxessem a Ele, que a cura apareceria de maneira instantânea. Se temos o Espírito Santo, se Jesus vive em nós, então que tragam os enfermos, os possessos, os atribulados que também imediatamente receberão a cura e a libertação. Os demônios conhecem e reconhecem Jesus sempre, e, ao vê-lo, sempre vão retorcer, porque sabem que o fim chegou para eles. Quando nos levantamos em Nome de Jesus, os demônios retorcem. Não existe um só demônio ou legiões que podem resistir à ordem dada por Jesus, e se somos os seus discípulos, se vivemos de acordo com a sua Palavra, Ele vive em nós e falamos em seu Nome, damos a ordem, que é obedecida imediatamente, porque, quando falamos, damos a ordem, é o próprio Senhor Jesus quem fala. "E perguntou ao pai dele: Quanto tempo há que lhe sucede isto? E ele disse-lhe: Desde a infância. E muitas vezes o tem lançado no fogo, e na água, para o destruir; mas, se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós, e ajuda-nos."(Marcos 9:21-22). Jesus agora interroga o pai do jovem, quer saber há quanto tempo vem acontecendo aquilo com ele, portanto sabemos que não era de nascença e que o Senhor sabia disso. Jesus faz com que o pai veja onde errou, o que a sua falta de fé fez, porque nós somos responsáveis espiritualmente pelos nossos filhos. O pai percebe e clama, assume a sua incredulidade e pede ajuda para crescer na fé.
 "E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê. E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! ajuda a minha incredulidade."(Marcos 9:23-24). Jesus trabalha primeiro com o pai, faz com que ele reconheça a sua falha, e depois o conduz à fé. Temos de buscar a fé, buscar acreditar, porque a fé somos nós que a fortalecemos, a decisão de crer ou não é nossa. A fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. Portanto, é querer. Jesus fala que tudo é possível para os que têm fé Nele, para os que creem em Deus, ou seja, nada é impossível, grande demais para quem vive na fé, pela fé. Esse pai agora, já quebrantado, está decidido a crer, e em prantos pede socorro e ajuda, e a resposta é imediata. Todas as vezes em que nos quebrantarmos pela Palavra e clamarmos por socorro, o Senhor vai nos atender. "E Jesus, vendo que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai dele, e não entres mais nele." (Marcos 9:25). Jesus não quer e não precisa de plateia, e nem fica interrogando demônios, não precisa de ibope de demônios. O Senhor deu a ordem nos ensinando como nós devemos proceder em seu Nome. Assim procedemos, não importa o que seja nós expulsamos em Nome de Jesus. "E ele, clamando, e agitando-o com violência, saiu; e ficou o menino como morto, de tal maneira que muitos diziam que estava morto." (Marcos 9:26). Geralmente, os demônios, quando saem, deixam as pessoas prostradas; com aquela força espiritual maligna saindo, as pessoas ficam caídas, mas em Nome de Jesus as mandamos levantar. Sempre quando as pessoas enfermas ou possessas nos são trazidas, elas vêm agitadas, e quando fazemos o uso do Nome de Jesus, elas são libertas e ficam estiradas. "Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou." (Marcos 9:27). Jesus, assim como levantou agora o jovem liberto, continua usando os seus servos, seus discípulos para colocar em pé os caídos e abatidos. Assim, sabemos que todos os que caem diante do Poder de Deus estão sendo libertos. "E, quando entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram à parte: Por que o não pudemos nós expulsar?" (Marcos 9:28). Os discípulos, em particular, perguntam a Jesus por que eles não conseguiram expulsar os demônios daquele jovem. Veremos mais adiante que Jesus lhes diz que sem santidade, sem quebrantamento, sem quebrar a carne e fortalecer o espírito, nada conseguirão, porque pela fé jejuamos e oramos, e assim quebramos a carne, e esse quebrantamento é que nos conduz à presença do Senhor, e por Ele somos capacitados. Para que Jesus habite em nós e possamos falar em seu Nome, para que possamos curar enfermos, libertar os cativos, é necessário viver de acordo com a sua Palavra. É necessário praticar a fé, e pela fé é que fazemos jejum e oramos, pela fé é que decidimos nos santificar. Não é pelo simples fato de orar e estar em jejum que serão expulsos demônios, mas pela fé, pela santificação, pela união ao Senhor, em Verdade e Espírito. "E disse-lhes: Esta casta não pode sair com coisa alguma, a não ser com oração e jejum." (Marcos 9:29).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário