NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 2 de junho de 2015

JESUS MOSTRA O TRAIDOR

"Não falo de todos vós; eu bem sei os que tenho escolhido; mas para que se cumpra a Escritura: O que come o pão comigo, levantou contra mim o seu calcanhar." (João 13:18)

 As pessoas gostam de se mostrar muito espirituais, gostam de afirmar que são discípulos de Jesus, mas não praticam o mesmo que Ele. Veja que Jesus sabia que seria traído, sabia que Judas Iscariotes iria entregá-lo, e sabia tudo o que lhe aconteceria, mas não vemos em momento algum Ele brigando com o que seria o traidor. Jesus poderia ter impedido a traição se assim quisesse, é claro, mas aí não se cumpriria a salvação para nós. Ele poderia ter evitado todo o sofrimento, mas isso resultaria na vitória do adversário. Jesus na hora da refeição fala para todos os discípulos que um deles, um dos que estão ali participando daquela refeição com o Ele o trairá, o entregará. Também Ele sabia quem seria fiel a Ele, mas o objetivo do Senhor foi cumprir a palavra, e permaneceu firme e nada fez para alterar o que viria, não se defendeu nem tentou escapar de nenhum sofrimento pelo qual sabia que passaria. Nós, quando sabemos que alguém está planejando nos fazer mal, gostamos de antecipar, afrontar, discutir, ofender, acusar, e não confiamos no Senhor e na sua providência. Falamos que somos discípulos de Jesus, mas não aceitamos e nem permitimos nenhuma espécie de sofrimento, por qualquer coisinha já estamos gritando, lamentando, clamando a Deus que tire a dor, o sofrimento. Jesus sabia que Judas era o traidor, que era ladrão e que roubava o ministério, mas não o acusou, pois a Palavra de Deus tinha que se cumprir, a Escritura iria se cumprir Nele. "Desde agora vô-lo digo, antes que aconteça, para que, quando acontecer, acrediteis que eu sou." (João 13:19). Jesus fez questão de falar para que todos ficassem sabendo que Ele não foi pego desprevenido, que sabia tudo o que iria acontecer e não fugiria de nada. Jesus sabia o sofrimento que iria enfrentar, como e onde morreria, e sabia que essa era a vontade do Pai, então simplesmente deixou que se cumprisse. Mas fez questão que todos soubessem, para que os seus discípulos também praticassem a vontade do Pai, porque as pessoas se autointitulam discípulos de Jesus, mas querem viver somente na felicidade e não se permitem nenhum sofrimento, e logo afirmam que aquilo é do diabo e que Deus não quer que nada aconteça a elas. Deus permitiu, concordou e enviou o seu Filho para sofrer e morrer por nós.
 "Na verdade, na verdade vos digo: Se alguém receber o que eu enviar, me recebe a mim, e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou." (João 13:20). Agora o Senhor dá uma explicação sobre ser discípulo Dele, pois os que recebem os enviados no seu nome são discípulos, assim como os enviados. Todos os que recebem Jesus recebem a Deus Pai, mas receber é ser discípulo, e ser discípulo é trilhar os mesmos caminhos que Ele. Ser discípulo de Jesus é estar preparado para receber acusações, traições e perseguições por causa do nome Dele e não se defender, mas saber que quem nos justifica é Ele. É não se preocupar quando os amigos, parentes, conhecidos se levantam contra por não concordarem ou aceitarem o estilo de vida; é quando o mundo acusar, mas não ficar chorando ou perguntando o porquê. Ser discípulo de Jesus é praticar todo o tempo a Palavra de Deus, sabendo que ela é Viva e eficaz e se cumprirá em todos os sentidos, tanto para o bem como para o mal. "Tendo Jesus dito isto, turbou-se em espírito, e afirmou, dizendo: Na verdade, na verdade vos digo que um de vós me há de trair." (João 13:21). O Senhor faz questão de deixar claro que sabe que um deles vai traí-lo, vai vendê-lo. Observamos que o traidor estava ali e sabia que estava falando dele, mas não se manifestou. Assim também encontramos os vários judas, os traidores de Jesus no meio dos verdadeiros discípulos de Jesus. São muitos os judas da atualidade, são muitos os traidores de Jesus, que vivem no meio dos discípulos e que se disfarçam, mas que pela Palavra são confrontados, mas não se manifestam diante do Senhor. Todos os que conhecem a vontade do Senhor e não a praticam não vivem segundo os seus ensinamentos. Todos os que distorcem a Palavra em benefício próprio, os que ignoram as partes que lhe são convenientes, esses são os verdadeiros Judas Iscariotes.  "Então os discípulos olhavam uns para os outros, duvidando de quem ele falava." (João 13:22).  Os discípulos ficaram abismados, pois não imaginavam que alguém do meio deles fosse um traidor, ou tivesse coragem de trair o Filho de Deus. Eles já tinham três anos de convivência diária e constantes, por isso achavam que conheciam todos. Assim é no meio do povo cristão, são muitos, mas muitos lobos disfarçados de ovelhas, e as pessoas se recusam a acreditar que eles são os falsos cristãos. As pessoas não os analisam à luz da Palavra, por isso são enganadas e têm dúvidas, vacilam na fé.
 "Ora, um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no seio de Jesus." (João 13:23). João, o autor desse mesmo livro, desse evangelho com o seu nome, é que estava encostado em Jesus, e então Pedro, por ser o mais curioso, vai tentar usar esse fato para descobrir quem é o traidor. "Então Simão Pedro fez sinal a este, para que perguntasse quem era aquele de quem ele falava. E, inclinando-se ele sobre o peito de Jesus, disse-lhe: Senhor, quem é?" (João 13:24:25). Vemos a sinceridade de Pedro, porque ficou preocupado e curioso em descobrir quem era o traidor, portanto, só de analisarmos a sua reação, saberíamos que não seria ele. Mas o traidor mesmo não se manifestou, ficou calado, mesmo sabendo que o Senhor estava falando dele. De igual modo, Jesus continua mostrando, falando nos templos, nas igrejas, em toda parte pela sua Palavra, mostrando os traidores, mas esses permanecem calados. As pessoas escutam que o pecado é o afastamento, é traição ao Senhor, mas preferem ignorar e continuam nos pecados, e não dão ouvidos, não se manifestam. "Jesus respondeu: É aquele a quem eu der o bocado molhado. E, molhando o bocado, o deu a Judas Iscariotes, filho de Simão." (João 13:26). Como o Senhor não é Deus de confusão, Ele fez questão de apontar quem seria o traidor, e, na mesma hora, entregou um pedaço de pão a Judas, mostrando assim quem era o traidor, para ficar registrado. "E, após o bocado, entrou nele Satanás. Disse, pois, Jesus: O que fazes, faze-o depressa." (João 13:27).Judas, após receber e comer o pão, o diabo entrou nele, ou seja, ficou possuído, e Jesus falou diretamente para o diabo autorizando-o a conduzir Judas à traição. Judas, por ser desonesto, se prestou a isso, o diabo o usou, e sabemos que o adversário, o diabo, só pode agir com a permissão do Senhor. O diabo não tem poder para fazer nada, nenhum mal a ninguém se não tiver a permissão do Senhor, e a permissão é o pecado; e então Jesus deu-lhe a permissão para agir. Temos vários exemplos na Bíblia mostrando que o diabo só pode fazer qualquer coisa com a permissão do Senhor, foi assim com o sacerdote Josué, negativa, com Jô, permissão, com Pedro, negativa, com Jesus, permissão. Jesus, cumprindo a Palavra, permitiu que o diabo agisse contra Ele. Todo o Poder pertence ao Senhor, e nada acontece se não for a sua vontade. "E nenhum dos que estavam assentados à mesa compreendeu a que propósito lhe dissera isto. Porque, como Judas tinha a bolsa, pensavam alguns que Jesus lhe tinha dito: Compra o que nos é necessário para a festa; ou que desse alguma coisa aos pobres. E, tendo Judas tomado o bocado, saiu logo. E era já noite. Tendo ele, pois, saído, disse Jesus: Agora é glorificado o Filho do homem, e Deus é glorificado Nele." (João 13:28-31). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário