NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 3 de junho de 2015

A SOLUÇÃO É JESUS

"E aconteceu que, quando voltou Jesus, a multidão o recebeu, porque todos o estavam esperando." (Lucas 8:40)

 Jesus tinha acabado de expulsar os demônios que estavam em um rapaz de Gandara e os tinha enviado ou permitido que eles entrassem em uma manada de porcos que haviam se atirado na água. Jesus tinha comissionado esse rapaz como missionário e o enviado a pregar o Evangelho, a testemunhar sobre o poder de Deus, sobre o que Deus tinha feito em sua vida, porque ele era uma testemunha viva e todos sabiam como ele estivera aprisionado tanto tempo. Jesus tinha sido expulso de Gandara exatamente por libertar o rapaz e pelo fato de os porcos se atirarem no precipício e morrerem, e olha que naquela época era proibido comer carne de porco segundo a lei. Mas o povo tinha escolhido o pecado, a desobediência, a dor e o sofrimento. Jesus, agora de volta à Galileia, encontrou uma multidão de pessoas que ficara aguardando o seu regresso, pois a maioria queria uma cura, uma libertação ou, na pior das hipóteses, queria assistir aos milagres que Jesus fazia. "E eis que chegou um homem de nome Jairo, que era príncipe da sinagoga; e, prostrando-se aos pés de Jesus, rogava-lhe que entrasse em sua casa; Porque tinha uma filha única, quase de doze anos, que estava à morte. E indo Ele, apertava-o a multidão." (Lucas 8:41-42). Dentre as pessoas que ali estavam, chega até Jesus um dos líderes da sinagoga (príncipes) e se atira aos seus pés pedindo-lhe, implorando-lhe que o acompanhasse até a sua casa. Esse líder da sinagoga dos judeus tinha uma filha única de doze anos que se encontrava enferma e estava à beira da morte. Sua ida até Jesus em busca de socorro mostra que tinha fé, ele cria no poder de Deus. Jesus se prontifica a acompanhá-lo, mas a multidão, o povo que os cerca quase que os impede de andar, pois todos querem falar algo, pedir, tocar, querem ouvi-lo. Imaginamos o desespero do pai dessa criança que está à beira da morte, tendo a resposta de aprovação de Jesus de que iria com ele, mas o povo o impedindo de se apressar, de andar rápido. Muitas vezes vamos ao Senhor em oração pedindo socorro por algo que está passando em nossas vidas e ficamos desesperados, porque achamos que não dará tempo, ou que será tarde demais. Muitas vezes não cremos que irá acontecer mais, pois o tempo se passou, e esquecemos que Jesus é o dono da vida e Ele nunca chega tarde, e sim na hora certa.
 "E uma mulher, que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com os médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada, Chegando por detrás Dele, tocou na orla do seu vestido, e logo estancou o fluxo do seu sangue." (Lucas 8:43:44). Jesus dirigia-se com Jairo para a sua casa, para curar a sua filha, e o povo o oprimia, apertava, retendo-o, quando, no meio daquela multidão, uma mulher de muita fé se aproxima com dificuldades e o toca. Com dificuldades e se arriscando, porque com aquela enfermidade ela não poderia tocar ou se aproximar das pessoas, e, se assim procedesse, deveria ser apedrejada até a morte. Segundo a lei, a mulher que tivesse esse tipo de enfermidade era considerada impura, e tudo o que tocava era impuro também. Sabemos que essa mulher já tinha gastado tudo o que tinha com médicos e nada tinha conseguido, naquela época era uma enfermidade incurável, mas ela sabia que Jesus curava. A fé dela é algo tão formidável, tão extraordinário, que ela lutou para somente tocar em Jesus, e com fé tocou e se sentiu curada. Esse é um exemplo para todos, porque se pela fé nos aproximarmos de Jesus, receberemos a cura imediatamente, temos de praticar a fé, crer, saber que Ele tem o poder de curar e quer que a cura aconteça. O problema de as pessoas não receberem a cura, a bênção de que necessitam é a falta de fé, porque muitos falam e todos pedem, mas poucos têm fé suficiente para receber. Sem fé é impossível agradar a Deus. Se pedirmos somente por pedir, pedirmos para ver o que acontece, nada acontecerá, é necessário ir a Jesus, pedir, tendo a certeza de que acontecerá. "E disse Jesus: Quem é que me tocou? E, negando todos, disse Pedro e os que estavam com Ele: Mestre, a multidão te aperta e te oprime, e dizes: Quem é que me tocou?" (Lucas 8:45). É claro que Jesus sabia o que tinha acontecido, é evidente que Ele sabia o que tinha acontecido, mas era necessário que a mulher se apresentasse, se identificasse, testemunhasse a cura e fortalecesse a fé de muitos. Era necessário que ela vencesse o medo de críticas e julgamentos, medo de ser acusada, a Palavra do Senhor sempre foi "não temas". Jesus questiona, insiste em que alguém o tocou, quer saber quem foi. Pedro alega que é praticamente impossível saber quem, uma vez que todos o estavam tocando, mas Jesus insiste.
 "E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude." (Lucas 8:46). Então o Senhor afirma que sabe muito bem que alguém o tocou, pois saiu poder Dele, ou seja, alguém recebeu a virtude, o poder, a cura que saiu Dele. Imaginamos o desespero de Jairo, o líder da sinagoga, vendo Jesus questionar, exigir que alguém se apresente, se manifeste dizendo que tocou Nele. E ele, sabendo que a sua filha está morrendo, e o dono da cura está parado, questionando sobre alguém ter tocado Nele ou não. Assim somos nós, julgamos muitas vezes as ações de Deus, pois não conseguimos entender o porquê de Ele estar demorando a nos atender, a nos socorrer. Mães que clamam pelo socorro de um filho, pela cura de uma enfermidade, a restauração de um casamento que está demorando, e achamos que não acontecerá mais. Entendemos que quanto mais demora mais difícil ou impossível fica de acontecer. Mas, se praticarmos a fé, aprendemos a descansar, a confiar no Senhor, e veremos o Poder de Deus se manifestar. "Então, vendo a mulher que não podia ocultar-se, aproximou-se tremendo e, prostrando-se ante Ele, declarou-lhe diante de todo o povo a causa por que lhe havia tocado, e como logo sarara." (Lucas 8:47). A mulher sofreu durante doze longos anos com a enfermidade, e durante esse tempo essa enfermidade já tinha consumido tudo o que ela tinha e nada fora resolvido. Essa mulher se aproxima com medo, com temor, e se prostra aos seus pés e testemunha o poder de Deus. Essa mulher mostra que Jesus é Deus e que a cura está Nele, e que a Virtude que saiu Dele tinha mudado totalmente a sua vida. Jesus queria que ela testemunhasse, e depois do testemunho simplesmente a abençoa e a manda em paz para casa. "E ele lhe disse: Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou; vai em paz." (Lucas 8:48). Jesus a anima e a manda embora em paz. Livrou o sofrimento de uma senhora que padeceu por doze anos, mas há um pai de uma criança de doze anos que está desesperado com medo de perdê-la."Estando ele ainda falando, chegou um dos príncipes da sinagoga, dizendo: A tua filha já está morta, não incomodes o Mestre." (Lucas 8:49). Jesus ainda despedia a mulher quando chega alguém, uma pessoa, parente, amigo ou empregado de Jairo, para lhe informar que a sua filha já estava morta, que não resistira, que não precisaria incomodar mais Jesus, pois tudo tinha acabado. Imaginamos o desespero desse homem, imaginando que a demora de Jesus fez com que perdesse a sua filha de doze anos, enquanto Ele estava salvando uma senhora já idosa. "Jesus, porém, ouvindo-o, respondeu-lhe, dizendo: Não temas; crê somente, e salva. E, entrando em casa, a ninguém deixou entrar, senão a Pedro, e a Tiago, e a João, e ao pai e a mãe da menina." (Lucas 8:50-51). Jesus escuta e manda ele somente crer e afirma que ela será salva, e o acompanha, e veremos que o milagre acontece. Devemos nunca acreditar nas aparências, nas circunstâncias, no problema, mas acreditar em Jesus, pois para Ele nunca é tarde demais. "E todos choravam, e a pranteavam; e ele disse: Não choreis; não está morta, mas dorme. E riam-se dele, sabendo que estava morta. Mas ele, pondo-os todos fora, e pegando-lhe na mão, clamou, dizendo: Levanta-te, menina. E o seu espírito voltou, e ela logo se levantou; e Jesus mandou que lhe dessem de comer.E seus pais ficaram maravilhados; e ele lhes mandou que a ninguém dissessem o que havia sucedido." (Lucas 8:52-56). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário