NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

QUE JULGAMENTO É ESTE.

"E os que prenderam a Jesus o conduziram à casa do sumo sacerdote Caifás, onde os escribas e os anciãos estavam reunidos." (Mateus 26:57)

  Os que prenderam Jesus a mando dos sacerdotes judaicos - que tinham por obrigação e ofício guardar e zelar pela lei e deveriam conhecer com profundidade as Escrituras e zelar pela aplicação e cumprimento da lei de Moisés - não somente desconheciam a própria Escritura como agiam frontalmente contra ela, pois, além de perseguirem o Filho de Deus, conduziram um julgamento civil e religioso totalmente contrário à própria lei romana, uma vez que o realizaram em várias etapas e à noite, o que era proibido pela Lei de César. Queremos chamar atenção para o fato de que os que acusaram, perseguiram e exigiram a prisão e morte do Filho de Deus foram os sacerdotes, os que diziam amar Deus. A mesma coisa acontece hoje em muitas igrejas que se dizem evangélicas: falam no nome de Deus, mas pregam e ensinam o que é contrário à Bíblia. Muitas questões estão claras na Bíblia, mas os pregadores, líderes de templos, denominações trazem para elas novos entendimentos, tentando moldar o evangelho ao povo (sendo que deveria ser ao contrário). Todos eles estão perseguindo Jesus, o Filho de Deus: os que aceitam e concordam com desobediências e pecados em busca de agradar ovelhas, que comercializam nos templos, os criadores de ricas campanhas, os que defendem e concordam com o divórcio e recasamentos, todos os que acham que o objetivo é encher templos e criam todos os tipos de atrativos fora do Evangelho. Esses são os perseguidores de Jesus, o qual hoje só vemos na Palavra, no Evangelho. "E Pedro o seguiu de longe, até ao pátio do sumo sacerdote e, entrando, assentou-se entre os criados, para ver o fim." (Mateus 26:58). Pedro seguia Jesus de longe. Assim são todos os frequentadores desses templos: sabem que aquilo que esses pregadores estão ensinando, estão praticando é contra a Palavra de Deus, é contra o próprio Jesus, mas mesmo assim permanecem. Todos eles estão vendo Jesus à distância, e estão cada vez se distanciando mais Dele, porque estão aceitando as heresias, os erros, e acham que tudo se justifica, ou pensam que o Senhor os entenderá. Algumas pessoas, que por vários motivos permanecem em templos mesmo sabendo que o que se pratica ali é contrário à Palavra de Deus, são os que seguem Jesus de longe, e ainda ajudam na acusação; são os que fazem parte dos que pedem a cabeça, a morte do Filho de Deus.
  "Ora, os príncipes dos sacerdotes, e os anciãos, e todo o conselho, buscavam falso testemunho contra Jesus, para poderem dar-lhe a morte." (Mateus 26:59). Os príncipes dos sacerdotes - ou seja, os principais, a liderança da igreja, da religião - acusavam Jesus, queriam de todas as maneiras destruírem o Senhor e lançaram mão de testemunhas falsas. Diziam defender a lei, a palavra de Deus, mas agiam totalmente contra ela ao usar falsas testemunhas, criando motivo para justificar a morte do Senhor. Assim são os sacerdotes da nossa atualidade, pois contra a própria Palavra criam situações que justifiquem a extorsão, o comércio, o adultério continuado, a fornicação dentro dos templos. Esses fariseus, usando o nome de Deus, mataram o seu Filho e continuam nos templos assassinando e usando o nome do Senhor. As mentiras, enganos, revelações mentirosas, ensinos de abundâncias imediatas, de desafios, sacrifícios, as barganhas, todos os praticantes são assassinos de Jesus. Muitos estão sendo conduzidos à morte, por seguirem denominações especialistas em enganar e ludibriar, pessoas que buscam facilidades. Elas não sabem, mas já estão mortas. Pessoas frequentadoras de templos, religiosas estão mortas e não têm conhecimento disso, são como Judas, e, quando perceberem, será muito tarde. "E não o achavam; apesar de se apresentarem muitas testemunhas falsas, não o achavam. Mas, por fim chegaram duas testemunhas falsas." (Mateus 26:60). Sempre vão existir os falsos defensores de uma religião light, sempre vão existir pessoas que tudo vão fazer para tentar provar uma teoria que justifique a maneira desobediente de proceder. As pessoas, os pregadores que apanham um versículo aleatório da Bíblia e o transformam em uma pregação justificando o divórcio, ou que justificam a extorsão, a exigência de cobrança de valores de altas ofertas, alegando que é para a obra de Deus, pessoas que irão comercializar todo tipo de produto dentro das igrejas dizendo que é para abençoar. São várias as situações que esses modernos fariseus encontram para justificar a prática de heresias, e sempre encontrarão quem os apoie, e defendem essa prática porque querem viver um evangelho suave, não o da Cruz do Calvário. As pessoas preferem aceitar um ensino, uma pregação mentirosa, mas que seja favorável à situação que estejam vivendo, a aceitar a verdade, e, por esse motivo, muitos estão simplesmente se distanciando do Senhor e vivendo mazelas, dores, sofrimentos, e isso será até a morte, se não se converterem ao Evangelho de Jesus Cristo.
  "E disseram: Este disse: Eu posso derrubar o templo de Deus, e reedificá-lo em três dias." (Mateus 26:61). Mudaram a Palavra de Deus, porque Ele não disse que derrubaria o templo físico, o prédio; fala do templo que era Ele, mas mudaram para justificar a acusação. Assim também justificam para dizer que Ele disse que se poderia divorciar e casar novamente, sendo que Ele disse que pela dureza do coração poderiam até se divorciar, mas não autorizou novo casamento. Da mesma maneira, Ele expulsou todos os vendedores e cambistas do templo dizendo que aquela era a casa de oração e não covil de ladrões, hoje eles justificam dizendo que é para manter a obra. Também criaram um monte de heresias que, se fôssemos falar de todas, teríamos que escrever livros, mas o fato é que continuam mudando a Palavra do Senhor, para o acusar, para exigir a sua morte. O povo quer e os pastores estão servindo de bandeja um evangelho diferente, que é lucrativo para eles, e as ovelhas gostam, pois não precisam abrir mão dos seus pecados. A Palavra de Deus é mudada constantemente nos templos pela boca de pregadores, os especialistas em criar textos fora do contexto, os que de um versículo fazem uma pregação de acordo com a sua vontade. "E, levantando-se o sumo sacerdote, disse-lhe: Não respondes coisa alguma ao que estes depõem contra ti?" (Mateus 26:62). A justificativa desses religiosos é a mesma que hoje é apresentada por muitos. Eles questionam o porquê de a obra deles não ser do Senhor, o porquê de elas continuarem a crescer, continuarem enriquecendo, aumentando o número de membros, o porquê de Deus, se não é para elas, não as destruir. Eles não querem ouvir a verdade, e a verdade é que o Senhor não vai impedir, destruir nada, se for casa de feitiçaria, macumba, centro espírita, igreja evangélica, católica, ou qualquer outra religião ou seita, elas no momento certo prestarão contas. "Jesus, porém, guardava silêncio. E, insistindo o sumo sacerdote, disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus." (Mateus 26:63). Jesus estava calado e não se pronunciou, não se defendeu das acusações falsas que estavam fazendo contra Ele. E continua calado contra essas inúmeras acusações que são feitas diariamente contra Ele, contra o Evangelho. Ele não vai fechar templos nenhum, nem proibir ninguém de falar o que quer, de mentir e enganar, mas com certeza no momento certo todos prestarão contas dos seus atos. "Disse-lhe Jesus: Tu o disseste; digo-vos, porém, que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Poder, e vindo sobre as nuvens do céu." (Mateus 26:64). Mas o Senhor em breve voltará e aí então apresentaremos a nossa obra, a quem servimos, será esclarecido se fomos servos Dele, ou se pedimos a morte do Filho de Deus. "Quem é injusto, seja injusto ainda; e quem é sujo, seja sujo ainda; e quem é justo, seja justificado ainda; e quem é santo, seja santificado ainda. E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro. Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas. Mas, ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira."(Apocalipse 22:11-15).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário