NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

FALANDO DE AMOR

"Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros." (1 João 3:11)

 A mensagem inicial do Senhor foi o amor. Ele demonstrou amor legítimo, amou-nos primeiro e nos criou ensinando-nos o mandamento que diz que devemos amar o próximo como a nós mesmos. Mas, por sermos factíveis, a corrupção sendo barro, nos corrompemos e, além de não amá-los, passamos a odiar os nossos semelhantes e buscar a sua destruição. Procuramos destruir nossos semelhantes, que são a imagem do Senhor. Fomos criados no amor, pelo amor, segundo o mandamento de amar, mas não reconhecemos o amor, e por isso não amamos, o mal vem, a destruição e a morte reinam. Fomos criados para sermos amados e amar uns aos outros, mas com amor legítimo, verdadeiro, amor como o que o Pai dispensou a nós. Amar não é concordar com o erro, com o pecado; ao contrário, é combatê-lo, pois sabemos que quem está no pecado está caminhando para a morte, e, como amamos, queremos que seja salvo, apontamos e condenamos todas as práticas erradas. "Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas." (1 João 3:12). O primeiro homicídio humano que foi cometido por Caim já mostrava a natureza maligna do ser humano, uma vez que este matou seu irmão sem nenhum motivo. Mesmo que houvesse um motivo, não poderia fazê-lo, se tivesse guardado no coração a Palavra do Senhor, se tivesse amor a Deus e ao semelhante. Caim matou Abel simplesmente para que suas obras malignas não aparecessem, porque as obras do seu irmão eram melhores, a oferta do seu irmão foi aceita e a sua não, porque apresentou qualquer coisa e de qualquer maneira. Um abismo chama outro abismo, um erro conduz a outro, e vai-se sempre agravando, e foi assim com ele, assim foi rejeitado o amor e dado vazão ao ódio, que gerou a morte. Todos os que guardam ódio em seus corações estão se colocando como servos do maligno, estão de maneira intencional indo contra o Pai, o Criador. "Meus irmãos, não vos maravilheis, se o mundo vos odeia." (1 João 3:13). Sendo obedientes ao Senhor, ao Pai, é normal, natural sermos odiados pelo mundo, assim como Abel foi odiado, mas nós devemos amar todos, inclusive os nossos perseguidores. Exatamente por sermos amor, por demonstrarmos amor, sermos filho do amor, as trevas, o mundo nos odeiam, mas em hipótese alguma podemos retribuir com raiva ou ódio, ao contrário, devemos sempre amar todos.
 "Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte." (1 João 3:14). Quem ama sabe que a morte não tem mais poder sobre ele, mas os que ainda odeiam o seu irmão, o seu semelhante, estão na morte. Absolutamente ninguém será salvo odiando o seu semelhante, porque somos todos imagem e semelhança do Senhor, e, se odiamos o nosso irmão, estamos odiando a imagem do Senhor, que é o amor, e, portanto, é impossível ter vida Nele. Quando não conseguimos mais odiar ninguém, e, por mais que nos agravem, ofendam, sabemos que temos o caráter de Deus, quando amamos todos e queremos que todos sejam salvos, quando ficamos tristes com os que se afastam do Senhor, então estamos vivendo no Senhor. Podemos ir à igreja, ao templo, orar incansavelmente, fazer sacrifícios, mas, se não amarmos o nosso próximo, não teremos salvação. "Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo Nele." (1 João 3:15). Jesus nos mostra que somente por odiar alguém já somos acusados de homicídio, assim como somente por olhar para alguém com desejos lascivos já somos culpados de prostituição. Portanto, todos os que odeiam o próximo são assassinos, assim como Caim. Temos que aprender a amar o próximo com todas as imperfeições, porque todos somos imperfeitos, somos barro, pó, e somos amados por Deus, como não podemos amar também os nossos irmãos? Não existe motivo para que se guarde ódio de alguém, devemos perdoar e simplesmente amar o próximo, porque somos todos pecadores e recebemos o amor de Deus, e somos salvos graça a sua misericórdia e seu amor. "Conhecemos o amor nisto: que Ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos." (1 João 3:16). Conhecemos o amor, que é Jesus, e Ele deu a sua vida para que tivéssemos vida Nele. E por esse motivo, sabendo que a expressão de amor de Jesus foi dar a sua vida por nós, também devemos fazer igual, devemos dar a nossa vida pela vida de qualquer um. Temos que lutar de todas as maneiras e com risco de perdermos a nossa vida, para dar vida, conduzir a vida, os nossos semelhantes. E semelhantes são todos, não podemos escolher a quem amar, devemos amar a todos indistintamente, assim como Deus nos amou a todos.
 "Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?" (1 João 3:17). Amar é procurar sempre ser útil ao próximo, socorrer quem necessita de auxílio, de socorro. Se alguém está passando por necessidades, se precisa de algo que temos, devemos simplesmente dar, ajudar, sabendo que não estamos fazendo nenhum favor, e sim cumprindo a nossa obrigação. Temos que saber que o nosso semelhante não é um cachorrinho, um gatinho ou um animal qualquer de estimação, que temos que gastar tudo para lhe dar conforto e luxo e negar ao ser humano ajuda. Quando deixamos de socorrer alguém que necessita, é porque não estamos fazendo bom uso daquilo que o Senhor permitiu que tivéssemos, e o que era bênção transforma-se em maldição. O que poderia ter servido para abençoar e assim conduzir pessoas à vida servirá para conduzir o avarento, o mesquinho à morte. Tudo o que temos é permissão de Deus, e, se não fizermos bom uso, transformará em laço contra nós mesmos. Amar o próximo não só de boca, nem oferecendo oraçãozinha, mas ajudando, socorrendo, apoiando, entregando-nos. O que queremos que nos façam é o que devemos fazer ao próximo, indiferentemente de quem quer seja, se o conhecemos ou não, mas se precisa da nossa ajuda, devemos dizer: eis-nos aqui. "Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade." (1 João 3:18). Falar que ama é fácil, isso não convence, e não conseguimos enganar ninguém, principalmente o nosso Deus, que conhece o nosso interior, o nosso coração. Amar é demonstrar esse amor de forma clara, cuidando de todos os que necessitam, é ensinando o Caminho da Verdade, é apresentando Jesus. Quem pratica o amor condena o pecado, não tolera ou aceita desobediência aos preceitos do Senhor, pois sabe que quem pratica vai para a morte, e por amor tudo faz para que se salve, e a única maneira de se salvar é abandonando as práticas erradas. "E nisto conhecemos que somos da verdade, e diante Dele asseguraremos nossos corações; Sabendo que, se o nosso coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas." (1 João 3:19-20). Se agimos segundo as suas ordenanças e praticamos o amor de maneira real e bíblica, temos tranquilidade de praticar a sua Palavra, e nada nos condena. Então sabemos que temos vida. Portanto, o segredo é o viver, praticar o amor, não labial, mas na prática com todo o nosso ser, pois é Nele que temos vida. "Amados, se o nosso coração não nos condena, temos confiança para com Deus;E qualquer coisa que lhe pedirmos, Dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos o que é agradável à sua vista. E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o seu mandamento. E aquele que guarda os seus mandamentos Nele está, e Ele nele. E nisto conhecemos que Ele está em nós, pelo Espírito que nos tem dado." (1 João 3:21-24).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário