NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

SUPERVISORES, PRESBÍTEROS, PASTORES

"Aos presbíteros, que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar." (1 Pedro 5:1)

   Presbíteros é um título usado para designar o pastor, o bispo, o supervisor, as pessoas responsáveis por um templo, uma igreja ou uma comunidade, e também aquele que tem a função de ensinar a Palavra de Deus. Esses títulos eclesiásticos, simplesmente fica claro neste texto que eles se aplicam igualmente a um só cargo. Vemos que o apóstolo Pedro aqui se identifica como presbítero para falar com os presbíteros, pastores ou supervisores, bispos espalhados pela Ásia menor. Presbíteros não são inferiores a nenhum pastor ou outro título eclesiástico qualquer, mesmo porque não existe nenhum inferior, mas todos têm um propósito definido na obra do Senhor. Pedro tinha estado com Jesus desde os primeiros dias do seu ministério, sendo testemunha de todas as fases e aspectos da obra de Jesus, incluindo-se seus sofrimentos cruciais. Pedro tinha recebido a missão de cuidar das ovelhas, dos cordeiros do Senhor, do próprio Jesus, e, executando a missão, fala agora a outros, mostrando que eles também irão participar da Glória de Cristo. No tempo determinado por Deus, assim como Cristo sofreu e entrou na sua Glória, da mesma maneira todos os seus, depois de sofrerem, participarão da sua Glória futura."Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto." (1 Pedro 5:2). Vemos que ele dá orientação quanto à função exercida por estes no sentido de a execução ser segundo a Palavra e determinações do Senhor. Apascentar, cuidar, zelar pelo rebanho do Senhor são exatamente funções dos presbíteros ou pastores, mas cuidar com amor de Cristo, porque temos que saber que todos somos ovelhas do rebanho de Jesus, antes de ser, ou para ser presbíteros, bispos e pastor, é necessário ser primeiramente ovelha. Amar é ensinar a verdade, pregar o Evangelho de Jesus Cristo, ter a preocupação de conduzir as ovelhas ao Senhor. É saber que simplesmente é um cuidador do Senhor, que tem a função de cuidar, zelar e conduzir a Ele o seu rebanho, não por torpe ganância, não visando a lucros ou salários, não usando da autoridade para extorquir, criar campanhas mentirosas, mas sabendo que a função sacerdotal, eclesiástica não é fonte de ganho ou de riquezas; ela deve ser praticada de forma voluntária, por prazer, por amor à obra do Senhor. Ser presbítero ou pastor não é ser profissional, mas ser um servo do Senhor.
   "Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho." (1 Pedro 5:3). Não se pode falar que ama as ovelhas e as impedir disto ou daquilo, criando normas e preceitos que não são do Senhor. Não se pode criar doutrinas de homens e tentar incuti-las nas pessoas como se elas fossem do Evangelho de Jesus Cristo. As ovelhas não são do presbítero, pastor, nem da denominação, do templo, mas do Senhor, por isto não se pode criar impedimento de elas visitarem ou mudarem de ministérios. Ovelhas não são patrimônio do templo, e sim almas que têm que ser cuidadas e encaminhadas à vida eterna. Antes de ensinar com palavras, devemos mostrar com os nossos atos; temos que ser exemplos. Não se pode tentar dominar as ovelhas do Senhor, pois todos somos propriedades do Pai e temos livre arbítrio e direito de escolhas. A função exige que lhes ensinemos, mas que sempre as deixemos livres, assim como o Pai nos deixa livres. Quem prende é o diabo, quem mantém as pessoas em cativeiro é nosso inimigo. "E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa da glória." (1 Pedro 5:4). A recompensa a receberemos quando o Nosso Pastor, Nosso Mestre Jesus Cristo voltar, então seremos coroados. Portanto, não se pode buscar recompensas aqui para fazer o que foi determinado pelo Senhor, pois, se somos servos, então temos que obedecer a Ele. Servos não cobram, não exigem, eles obedecem e vivem na casa do seu Senhor."Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes." (1 Pedro 5;5). Assim também devem os presbíteros ensinar os jovens a respeitar os mais velhos, porque essa é uma ordenança do Senhor. Jovens pregadores muitas vezes saem de um curso de teologias e já se acham capacitados para ensinar, esquecendo que cuidar de ovelhas não se aprende em curso, porque a capacitação vem do Senhor. Ele mesmo chama e capacita. Jamais despreze o ensino de um ancião, porque, na pior das hipóteses, ele tem experiência de vida. A soberba é um caminho que conduz à perdição, portanto sejamos humildes e submissos. Que os arroubos da juventude sejam contidos, e que se aprenda com os mais velhos, e, principalmente, que respeitemos os que viveram mais do que nós, porque isso agrada ao Senhor.
   "Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós."(1 Pedro 5:6-7). Humilhar debaixo da potente mão de Deus é nos colocar na qualidade de servos, sabendo que só temos uma alternativa, que é obedecer a Ele. No momento, temos que saber que a nossa função é agradar ao Senhor, fazer a sua vontade e não a nossa, porque, no momento certo, seremos exaltados por Ele. Não podemos ser ansiosos por coisa alguma, que todo o tempo a nossa prioridade seja fazer a vontade do Senhor, porque Ele cuida de nós. Não podemos e nem precisamos nos preocupar com nada se estivermos vivendo segundo as determinações do Pai, porque Dele receberemos tudo o que necessitarmos. Muitas vezes não receberemos o que queremos, porque não é necessário, e o Pai sabe disso, receberemos Dele somente o que realmente necessitarmos. "Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar." (1 Pedro 5:8). O nosso adversário, o diabo, satanás, vive ao nosso derredor vinte e quatro horas por dia tentando achar uma brecha para atacar. Não existem supercrentões ou autoridade eclesiástica que o nosso adversário não tente atacar, pois o nosso Mestre Jesus Cristo foi atacado durante todo o seu ministério terreno. O diabo é espírito, portanto ele não precisa descansar ou se alimentar, ele vive para matar, roubar e destruir, o que ele faz por um período de vinte quatro horas por dia, de maneira ininterrupta. A única maneira de nos proteger é no Senhor, e essa proteção se dá quando vivemos na Palavra, quando somos praticantes do Evangelho. Não basta simplesmente orar, porque oração e pecado são abominação ao Senhor. É preciso nos revestir de fortaleza, nos unirmos a Ele, e essa união se dá pela prática do Evangelho. Quando assim procedemos, nos tornamos fortes em Jesus, e então podemos resistir aos ataques do maligno, ser sóbrios, viver acordados e vigilantes espiritualmente falando, analisando tudo à luz da Palavra. "Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo." (1 Pedro 5:9). Todos nós somos atacados pelo adversário, e tanto ovelhas como presbíteros, tanto jovens como anciões, se estivermos firmados no Evangelho, conseguimos resistir. Em toda parte os cristãos são atacados, mas, se estamos recebendo ataques, devemos glorificar o Senhor, porque estamos no caminho certo, uma vez que o diabo só ataca os inimigos dele, porque quem está no mundo fazendo a sua vontade já é dele. Não temos acordo com o diabo, ele nos ataca, mas em Jesus somos mais do que vencedores, e Jesus é o Verbo, a Palavra. "E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus nos chamou à sua eterna glória, depois de havemos padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça. A ele seja a glória e o poderio para todo o sempre. Amém." (1 Pedro 5;10-11).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário