NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sábado, 4 de abril de 2015

SEM CONDENAÇÃO

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito." (Romanos 8;1)

   Não importa o que tenhamos cometido no passado, por mais sérios que tenham sido a desobediência, o pecado, se houve um arrependimento verdadeiro, se foi pedido perdão, com certeza Deus perdoou. Mas devemos observar o que Jesus diz: "Vá e não peques mais para que não aconteça algo pior". Temos o nosso arqui-inimigo que sempre vai nos acusar, sempre nos traz à memória algum erro que cometemos, e muitas vezes quer nos fazer acreditar que não somos dignos de receber as bênçãos do Senhor. Devemos observar que a Palavra do Senhor diz que, quando nos arrependemos e pedimos perdão, Ele lança no mar do esquecimento e não se lembra mais. Se Deus não se lembra, nós também não podemos nos lembrar, trazer o pecado de volta, a culpa. Quando existe a conversão legítima, verdadeira, arrependimento, não existe mais pecado. Quem está em Cristo, na presença do Senhor, é uma nova criatura, portanto a antiga criatura pecadora não existe mais, e nem o pecado. "Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte." (Romanos 8:2). Jesus, ao morrer, levou todos os nossos pecados, portanto quem o aceita e se arrepende fica livre dos pecados cometidos. O perdão do Senhor é a libertação da culpa, do jugo do acusador, é a abertura, a transformação em nova criatura. Mas o arrependimento é a mudança de direção, o abandono definitivo do erro da desobediência. Sabemos que o perdão de Deus não nos livra das consequências dos nossos erros, pois aquilo que plantarmos com certeza colheremos. Quem é nova criatura não vive mais segundo as normas mundanas, mas segundo as leis do Reino. "Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne." (Romanos 8:3).Antes era impossível o perdão dos pecados; os inúmeros sacrifícios e holocaustos oferecidos diariamente no altar, com sangue de animais, não tinham condições de libertar dos pecados. Somente serviam para cobrir, mas, ao vir, Jesus nos libertou da lei do pecado, transformando-nos em novas criaturas Nele. Para que desfrutemos desse perdão, é necessário o arrependimento, é necessário que haja uma mudança, a morte da velha criatura.
   "Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito." (Romanos 8:4). Para desfrutarmos desse privilégio, para recebermos o perdão em Jesus, é necessário nos unirmos a Ele. Viver segundo as leis do Reino de Deus, abandonar as nossas vontades carnais, pautar as nossas vidas pela Palavra de Deus. A lei continua desempenhando um papel na vida do crente, porém não como meio de salvação, mas como orientação ética e moral, obedecida por amor a Deus, mediante o poder que o Espírito outorga. O propósito de Deus, ao nos enviar o seu Filho, era que os crentes fossem capacitados a concretizar em si as verdadeiras e plenas intenções da lei, segundo o Espírito. A maneira pela qual se pode satisfazer plenamente as justas exigências da lei é não deixando a natureza pecaminosa exercer domínio, e entregando-se ao ministério do Espírito Santo. "Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito."(Romanos 8:5). Andar em Espírito é viver segundo o Evangelho de Jesus Cristo; é somente praticar o que Ele diz que pode praticar; é não fazer em hipótese alguma o que Ele condena. Saber que unir-se ao Senhor é exatamente isto, viver como Ele viveu. Fugir de todos os pecados, buscar todos os dias a santificação, imitar o Senhor, trilhar o mesmo caminho que Ele. Abandonar as paixões mundanas, que são raivas, iras, ódios, mágoas, ressentimento, soberba, orgulho, inveja, mentiras, desculpas, e viver a Verdade do Senhor."Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz." (Romanos 8:6). Os desejos da carne conduzem à morte, os praticantes desses desejos não têm vida em Jesus. Todos os que vivem permitindo que a vontade da carne, as emoções desenfreadas sejam as condutoras das suas vidas não têm vida em Cristo. Mas todos os que vivem segundo a direção do Senhor, os que pautam o seu viver pelo Evangelho têm vida em abundância no Senhor. Temos que saber que tudo se resume em Cristo. Nele temos vida ou podemos receber somente a morte. E essa escolha é feita não somente de boca, mas, principalmente, com conversão. Convergir, mudar totalmente, radicalmente de direção, abandono de pecado da carnalidade, e buscar santidade, viver no Senhor.
   "Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser." (Romanos 8:7). Duas mentalidades são apresentadas aqui: a da natureza pecaminosa e a do Espírito. Aquela leva à morte, e esta à vida e à paz. A natureza pecaminosa está vinculada à morte, à hostilidade contra Deus, à insubordinação e à inaceitabilidade diante de Deus. Quando resolvemos agir segundo as nossas vontades, o nosso entendimento, a lógica humana, estamos indo frontalmente contra Deus. O fato de falarmos no nome do Senhor, de declarar que o amamos, não nos transforma em pessoas que realmente o amamos. Mas amar o Senhor é se submeter aos seus mandamentos, caso contrário somos seus inimigos."Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é Dele." (Romanos 8:8-9). Todos os que vivem segundo as leis e vontades do mundo não conhecem o Senhor, e, por mais que gritem o seu nome e que frequentem templos, que orem, mesmo assim continuarão sendo adversários do Senhor, porque não são palavras que mudam o coração de Deus, mas a nossa submissão. Não podemos ser religiosos e ficar pedindo ao Senhor para nos mudar, nos transformar e enquanto isso permanecermos nas mesmas práticas. O Senhor manda que nos arrependamos, a decisão, o querer têm que ser nossos. Se somos seres espirituais, se permitimos que o Espírito Santo seja o nosso guia, então somos do Senhor. "E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça." (Romanos 8:10). Devemos matar a nossa carne, a nossa vontade, isto é, lutar contra todos os desejos e vontades, práticas que não são compatíveis com o Evangelho. Se necessário for, ficarmos contrários à decisão de todos, se for contra a Palavra de Deus. Não podemos ser influenciados pelo mundo; devemos influenciar; devemos mostrar o caráter de Deus em todo o tempo, mesmo que todos fiquem contra nós. Se somos de Cristo, se Ele realmente vive em nós, então vivamos de acordo com o Seu Evangelho, e na contramão do mundo. Para sermos nova criatura, não ter mais a condenação sobre nós, é necessário nos achegarmos a Jesus, porque somente quem está Nele é que é nova criatura e não vive sob o jugo do pecado e não tem mais nenhuma condenação. "E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita." (Romanos 8:11). Se somos de Cristo, assim como Ele foi ressuscitado pelo Pai, nós também seremos, e a morte já não tem mais poder sobre nós. Jesus já nos deu direito à liberdade, e à vida, a escolha é nossa em aceitar ou não, mas a aceitação só se dá em obediência, e não com simples palavras. "De maneira que, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne. Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus." (Romanos 8:12-14). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário