NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

COMO AMAR

"Mas a vós, que isto ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam." (Lucas 6:27)

   Esse ensinamento do Senhor Jesus na verdade é um mandamento, portanto deve ser observado e praticado. Possivelmente é um dos mais difíceis de ser praticado, mas, além de fundamental para a nossa vida cristã, é essencial para sermos considerados filhos de Deus. Observemos que Jesus diz "a vós que ouvis", ou seja, todos os que estão ouvindo, lendo, conhecendo de alguma maneira esse versículo, essa Palavra do Senhor. Todos, não há exceção, devem amar a todos indistintamente, inclusive aos que se colocam como seus inimigos. Fazer bem a quem nos odeia é estar disponível para ajudar, socorrer aquela pessoa que sabemos que nos odeia e quer ver o nosso mal, porque, se somos filhos de Deus, temos que ter o seu caráter, e sabemos que Deus Pai tem amado os seus inimigos, e dentre eles estamos nós. A bem da verdade, entendemos pela sua Palavra que todas as vezes em que agimos contrários a sua Palavra estamos nos colocando na posição de adversários e inimigos Dele. "Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser." (Romanos 8:7), e mais: "Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus" (Tiago 4:4).Além de: "Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha." (Lucas 11:23). Nós, que pela maneira de agir nos colocamos na qualidade de inimigos declarados de Deus, recebemos o seu amor, portanto devemos imitá-lo. Não podemos esquecer que a prática do amor verdadeiro, do amor divino engrandece e tem recompensas imediatas e a longo prazo e por toda a eternidade. Deus, por amor, enviou seu Filho único para sofrer e morrer para que pudéssemos ter salvação, sendo todos nós pecadores e inimigos Dele. Jesus veio pelos pecadores, pelos inimigos, mas aos que o prenderam, o humilharam, o machucaram, o feriram e o mataram Ele rogou ao Pai que os perdoasse, pois eles não sabiam o que faziam. Jesus entendeu que eles não tinham noção do que estavam fazendo, porque, se tivessem, não crucificariam o Filho de Deus. Jesus amou os inimigos até a morte, até o último instante, assim devemos proceder igualmente, se somos seus discípulos. E se não ouvirmos, se não praticarmos a suas ordenanças, estamos declarando-o como nosso inimigo, mas mesmo assim Ele nos amará.
   "Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam." (Lucas 6:28). Bendizer, abençoar os que nos amaldiçoam, os que desejam o nosso mal, os que oram contra nós, que fazem trabalhos de feitiçaria, macumba, os que desejam a nossa derrota e morte. Orar pelos maridos, esposas, mesmo que estejam traindo, adulterando, pelas mulheres e homens que estejam tentando destruir os nossos casamentos. Orar pelo colega de trabalho que tenta nos derrubar, ou pelo vizinho que nos incomoda. Bendizer, abençoar é clamar ao Senhor para que abençoe essas pessoas que se têm colocado como nossos adversários. Os que vivem fazendo fofocas, inventando mentiras a nosso respeito, os que criam situações para que saiamos prejudicados, esses são os que mais merecem as nossas bênçãos, as nossas orações e interseções. "Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, nem a túnica recuses" (Lucas 6:29). Se formos ofendidos, não podemos revidar, porque estaríamos agindo da mesma maneira que o ofensor inicial; se formos humilhados, feridos, ofendidos, devemos dar Glórias a Deus e simplesmente orar e abençoar aquele que nos fez mal. Devemos saber que tudo acontece com a permissão e vontade do Senhor, e se alguém nos fez algo, houve pelo menos a permissão do Senhor. E isso Davi sabia, pois, quando estava fugindo do seu filho e foi ofendido e apedrejado por uma pessoa, não permitiu que ninguém fizesse nada, ele sabia que era a vontade do Senhor. Eis um dos motivos de ser chamado de um homem segundo o coração de Deus. Sendo perseguido pelo rei Saul, teve por duas vezes oportunidade de matá-lo, mas não quis tocar nele. Quando alguém nos dá um prejuízo, é melhor sofrermos o dano do que revidar; imagina se Deus fosse revidar tudo o que fazemos contra Ele? Amar é perdoar todas e quaisquer ofensas que nos sejam proferidas. Amar é praticar a Palavra de Deus, é saber que as pessoas se põem na qualidade de nossas inimigas, mas nós não somos inimigos de ninguém, nem mesmo de quem nos faz mal. "E dá a qualquer que te pedir; e ao que tomar o que é teu, não lho tornes a pedir." (Lucas 6:30). Nunca negar nada a quem nos pedir, se alguém nos pede algo, ou somente um favor, se estiver em nossas condições de atender, devemos fazê-lo sem questionar. Se alguém nos der um prejuízo, simplesmente devemos esquecer e seguir em frente, porque temos um Pai que é generoso e tem cuidado de nós.
   "E como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós, também." (Lucas 6:31). Da mesma maneira que gostaríamos de ser tratados, perdoados, amados, assim devemos proceder para com o próximo, para com todas as pessoas. Somos todos seres imperfeitos, e, portanto, erramos. Quando isso acontece, gostaríamos de ser perdoados e compreendidos, então que façamos assim ao próximo. Sempre devemos nos colocar na posição da outra pessoa, e não nos julgar superiores dizendo que não faríamos ou cometeríamos aquele tipo de erro, pois só de assim pensar estamos agindo de maneira pior. Amar ao próximo como a nós mesmos e isso inclui os nossos inimigos. "E se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? Também os pecadores amam aos que os amam." (Lucas 6:32). Amar os nossos filhos, pais, parentes, amigos é fácil, na verdade é prazer; amar o que é perfeito, é belo, é normal, e todos fazem isso. Todos os que vivem em pecado, em desobediência à Palavra de Deus amam os seus, eles têm pessoas e coisas que amam. Amar as pessoas que nos amam e nos querem bem, que nos ajudam, socorrem todos amam. Mas ser filhos de Deus, ser discípulos de Jesus é amar a todos, inclusive os inimigos; amar o que é feio, imperfeito, o que nos odeia, que nos dá prejuízo e nos ofende. Não podemos escolher a quem amar, porque somos filhos de Deus, e nosso Pai não escolhe a quem amar, Ele ama todos, inclusive os pecadores que são declarados inimigos Dele. "E se fizerdes bem aos que vos fazem bem, que recompensa tereis? Também os pecadores fazem o mesmo." (Lucas 6:33). Ser bons para os que são bons para nós, ajudar e socorrer quem faz o mesmo por nós não nos faz melhores do que ninguém, e nem é demonstração de amor, pois simplesmente estamos fazendo trocas. Fazemos o bem para alguém que sabemos que amanhã ou depois fará o mesmo por nós, isso não é amor. Mas ajudar, socorrer, tratar bem alguém que sabemos que jamais poderá nos retribuir, e que depois possivelmente poderá nos ofender, isso sim é amor de Cristo. Nosso amor ao próximo não pode estar condicionado ao amor dele por nós; se somos amados ou odiamos, devemos simplesmente amar, que nos nossos corações não haja espaço para ira, ódio, raiva. "A candeia do corpo é o olho. Sendo, pois, o teu olho simples, também todo o teu corpo será luminoso; mas, se for mau, também o teu corpo será tenebroso." (Lucas 11:34). Temos que ser luzes, sermos diferentes, temos que mostrar o caráter de Deus, e, se queremos obter perdão do Senhor, devemos perdoar, pois, caso contrário, não seremos perdoados e também não receberemos amor. Não falemos de amor, mas sejamos amor verdadeiro, Divino. "Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus. Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso." (Lucas 6:35-36). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário