NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

A IGREJA DO SENHOR

"E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem?" (Mateus 16:13)

   Jesus interroga os seus discípulos a respeito dos comentários que as pessoas estavam fazendo a seu respeito: o que elas estavam dizendo sobre Ele, quem elas falavam que era diante dos inúmeros milagres e sinais operado por Ele. Veremos os vários pensamentos que o povo tinha a respeito de Jesus, não obstante as Escrituras revelarem e mostrarem de forma clara que Ele era o Messias. Os vários profetas já tinham revelado de maneira clara quais seriam os sinais que seriam operados pelo Messias; o profeta Isaías tinha profetizado, revelado desde o seu nascimento até a morte na cruz bem como a sua ressurreição, portanto era para eles saberem sobre Ele. "E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas." (Mateus 16:14) Jesus obteve várias respostas, mostrando que o povo estava divagando e não sabia quem Ele era. Pensavam que fosse qualquer um dos profetas mortos, mas não que Ele fosse o Messias, apesar dos inúmeros sinais jamais operados pelos profetas que eles achavam que poderia ser. Esse povo não conhecia as Escrituras, ou não acreditava nelas, pois, se fosse assim, saberia quem Ele era, e principalmente saberia que as Escrituras nunca citaram que alguns daqueles profetas voltariam. "Disse-lhes Ele: E vós, quem dizeis que eu sou?" (Mateus 16:15). Agora o Senhor faz uma pergunta direta aos seus discípulos, porque, como todos falavam uma coisa e outra, queria saber a resposta daqueles que viviam com Ele. Jesus nesse interrogatório nos dá uma grande lição, nos mostra que o povo tem a tendência de, primeiro, não meditar nas Escrituras, e segundo, mesmo os que a conhecem não creem nela, porque, se cressem, não duvidariam da sua Palavra. "E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo." (Mateus 16:16). Pedro, como sempre, foi o primeiro a responder e trouxe uma revelação que deveria ser de todos, porque, a bem da verdade, não existia nenhuma outra alternativa. Os escribas, os fariseus e todos deveriam saber que Jesus Cristo era o Messias, o aguardado, assim como todo o povo, afinal, os hebreus, os judeus de Israel eram o povo de Deus. Esse povo tinha fama de ser conhecido como povo de Deus, mas não conhecia o Filho de Deus, e somente Pedro é que assim revelou, mas veremos que nem essa revelação veio dele mesmo.
   "E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus." (Mateus 16:17). Jesus chama Pedro de bem-aventurado, assim como o anjo chamou Maria, porque ele tinha acabado de receber a revelação do Pai. Pedro reconheceu ou falou que Ele era Cristo, mas por revelação Divina, e Jesus faz questão de mostrar isso. Não foi carne nem sangue, não foi nenhuma pessoa ou qualquer conhecimento humano que mostrou a Pedro que Jesus era o Filho de Deus, o Cristo, mas o próprio Pai. Pedro foi abençoado por receber essa revelação. "Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela." (Mateus 16:18). Jesus prossegue e traz mais uma informação preciosíssima a Pedro, a seus discípulos e a todos nós. O Senhor fala que sobre essa revelação Ele construiria a sua igreja, e as portas do inferno não prevaleceriam. Muitas religiões, pregadores, acham que Jesus disse que Pedro seria a pedra e que sobre ele seria edificada a igreja. Mas não é verdade, o que o Senhor disse sobre essa revelação é que Ele é o Filho de Deus e que veio para salvar o mundo, e que seria fundamentada a sua igreja, e o inferno não prevaleceria sobre ela. Sobre essa revelação que Deus Pai deu a Pedro foi fundada a igreja, e o inferno não prevalece de maneira nenhuma sobre ela. Por isso Jesus chamou Pedro de bem-aventurado diante de tamanha revelação que recebeu do Pai. "E eu te darei as chaves do Reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus." (Mateus 16:19). Jesus continua falando da igreja, não de Pedro, e diz que o que a igreja unir na terra será unida no céu e o que desligar será desligado, porque Ele Jesus Cristo é o cabeça da igreja. A Igreja é um corpo, e a cabeça é Jesus, e quem se une, se junta à igreja se junta a Ele, mas o que se separa, desliga é também desligado no Céu, pois é a sua morada. Quem se une a Jesus se une a sua igreja, mas falamos de igreja corpo de Cristo, não de templos construídos por mãos humanas, não de denominações, e sim da igreja pura, imaculada, que é o Senhor. A igreja de Cristo é formada por pessoas praticantes da Palavra de Deus, por pessoas que o amam e o adoram em espírito e em verdade. Quem está ligado ao Evangelho, à Verdade, está ligado a Jesus.
   "Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia." (Mateus 16:21).Jesus então começa a revelar o que iria acontecer com Ele, o seu fim como homem. Fala que vai a Jerusalém, que será preso, humilhado e acusado pelas autoridades judaicas, que os sacerdotes irão exigir a sua morte, mas que Ele iria ressuscitar três dias após a sua morte. O que Jesus está falando na verdade era para eles saberem, pois, como tinha dito anteriormente, já estava revelado nas Escrituras, mas, por não conhecerem as Escrituras, o diabo usa as armadilhas dele, e uma delas é um suposto sentimento de piedade. "E Pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso." (Mateus 16:22). Pedro, que antes foi usado por Deus Pai para trazer uma revelação, agora se permite ser usado pelo adversário, pois tenta fazer Jesus desviar da sua missão, porque, ao chamar Jesus à parte e tentar consolar, confortar e animá-lo dizendo que nada daquilo iria acontecer, estava falando de sentimentos terrenos. Por isto é necessário ler, meditar sobre as Escrituras e se ater a elas, e não ficarmos buscando somente coisas boas para nós; não podemos achar que aqui é o Paraíso. Não se pode fazer uso daquilo que achamos que é um sentimento nobre, mas que é frontalmente contrário à Palavra de Deus, pois estaremos sendo usados pelo diabo. "Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens." (Mateus 16:23). Na hora Jesus viu a ação terrena e inimiga e não aceitou esse argumento e expulsou o diabo da vida de Pedro, expulsou aquele que estava fazendo Pedro agir de maneira errada. Jesus não aceitou consolo, conforto, simplesmente expulsou o que faz errar, porque Ele sabia que aqui enfrentamos lutas e aflições como Ele mesmo nos ensinou. As pessoas acham que Deus quer que elas sejam somente felizes, que não sofram aqui; mas não é isso o que o Senhor diz. "Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á." (Mateus 16:24-25). Pelo ensinamento de Jesus, se quisermos segui-lo, devemos nos preparar para as lutas, os sofrimentos, as batalhas, e não fugir, não fazer a vontade própria, não olhar para si mesmo, sempre olhar para o nosso Mestre que é Ele. Assim como Ele não fugiu dos sofrimentos, não aceitou a mentira do diabo que usou a Pedro, nós também não podemos aceitar, porque nada adianta conseguir tudo aqui, desfrutar de tudo aqui e perder a vida, ou seja, desfrutar do sofrimento e morte eterna. Vida e em abundâncias só em Jesus, e segui-lo é andar no caminho apertado. "Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma? Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu Reino."(Mateus 16:26-28). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário