NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

FORTALECER NA GRAÇA

"Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros." (2 Timóteo 2:1-2)

Os conselhos de Paulo para Timóteo devem ser aplicados a todos os que querem viver de maneira santa, que querem ser cristãos aprovados por Deus. O apóstolo manda-o se fortalecer na Graça do Senhor, que é o que todos nós devemos fazer, porque é por ela que seremos salvos, é por ela que conduziremos outras pessoas à salvação. Esse apóstolo faz questão de lembrar a Timóteo que o que ele ouviu em suas pregações não era para esquecer, mas para aplicar e repassar para outros. Manda que escolha homens sérios, idôneos e tementes a Deus e lhes ensine para que venham também ser ministros do Evangelho. A certeza de Paulo de estar ensinando o Evangelho de Jesus Cristo o impelia cada vez mais para seguir em frente. Exatamente por não permitir distorções no Evangelho é que ele fazia questão de que se capacitassem outras pessoas com os mesmos ensinamentos que ele tinha passado a seu filho na fé. Paulo nos deixou um grande legado exatamente por ser um verdadeiro homem de Deus, praticante da Palavra de Deus, ele foi um homem usado tremendamente pelo Senhor. Jesus o chamou e o capacitou para levar o Evangelho, o que faz até hoje pelos seus escritos. Ele ensinava a verdade bíblica e cobrava a sua prática, não aceitava em hipótese alguma tolerância ao pecado e exigia santidade, e suas pregações eram somente sobre conversão, arrependimento, salvação, jamais sobre oferecimento de bênção. "Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo." (2 Timóteo 2:3). O próprio Paulo não pregava ou ensinava que as pessoas deveriam receber vantagens do Senhor, ao contrário, como discípulo de Jesus, sabia que deveria sofrer as aflições no mundo presente. Com ele não existia a pregação mentirosa de que Deus vai dar prosperidade financeira, ou que esteja preocupado em dar conforto e luxo para os seus. Ele era consciente de que, assim como o Mestre passou por todos os sofrimentos possíveis e inimagináveis, os seus seguidores também passarão. É claro que ele não só vivia como também ensinava, e assim como Jesus,que, quando foi executado, nada tinha de bens materiais, ele também não os tinha, pois a única coisa que deixou foram seus escritos e uma velha capa.
"Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra." (2 Timóteo 2:4). O apóstolo Paulo tinha a consciência de que tinha sido chamado, arregimentado para a luta, para a guerra e não para um passeio, ou para desfrutar de vantagens e regalias. Por isso o seu objetivo era pregar, ensinar o Evangelho de Jesus Cristo, e isso em toda parte e em tempo integral, sem nada cobrar ou pedir.Não tinha luxo e trabalhava com as suas próprias mãos para se manter e manter o ministério; não fazia campanhas para levantar fundos; não inventava ou criava situações para pedir ofertas. Em todas as suas ministrações só o vemos pedindo ofertas para ajudar outros irmãos que estavam passando por dificuldades, passando fome, e nunca pediu nada para si. Paulo sabia que aqui devemos enfrentar lutas, batalhas, e que teremos nossa recompensa não aqui, como muitos fazem crer. Atualmente, vemos supostos pregadores ricos, milionários, que fazem questão de mostrar o seu patrimônio e ainda dizerem que é bênção de Deus. Eles pregam que Deus quer abençoar com riquezas e felicidade plena aqui. Eles não conhecem o Evangelho, são os que Jesus chama de hipócritas. "E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente." (2 Timóteo 2:5). Só poderemos ser reconhecidos pelo Senhor como verdadeiros homens e mulheres de Deus se agirmos como tal, só receberemos a nossa recompensa se formos fiéis ao nosso chamado, se agirmos dignamente, não buscando conforto aqui, mas que a nossa alegria seja sempre o ensino do Evangelho de Jesus Cristo. Não podemos permanecer fiéis ao Senhor se tivermos a preocupação de juntar patrimônio material aqui; se estivermos preocupados com luxo e em enriquecer, o que é frontalmente contrário à Palavra de Deus. Nossa preocupação deve ser reconhecida pelo Senhor como pessoas fiéis a sua Palavra, e não nos preocupar com que pessoas nos vejam como grandes homens. "O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos. Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo."(2 Timóteo 2:6-7). Esse gozar dos frutos tem feito pregadores distorcerem o Evangelho, mas aqui esses frutos são o orgulho de ver pessoas que foram ministradas por elas se converterem e produzirem frutos. Queremos e devemos nos orgulhar de sabermos que pessoas que nos ouviram se converteram totalmente ao Senhor, sabermos que receberemos a nossa coroa de glória no grande dia com o Senhor.
"Lembra-te de que Jesus Cristo, que é da descendência de Davi, ressuscitou dentre os mortos, segundo o meu evangelho; Por isso sofro trabalhos e até prisões, como um malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa." (2 Timóteo 2:8-9). Paulo pregava o Cristo crucificado, o Jesus Cristo que veio como homem na linhagem da família de Davi, assim como estava prescrito. O Cristo que morreu, entregou-se por todos nós na cruz do Calvário para levar todos os nossos pecados, ou seja, se fez pecador em nosso lugar para nos dar salvação, e não para nos dar conforto e luxo. O Jesus que tudo sofreu como homem para nos dar a salvação e determinou que o seu Evangelho fosse pregado por todo mundo, e todos os que o ouvissem e o aceitassem e se convertessem seriam salvos. Por esse motivo, arregimentado como soldado, ele pregava, ensinava isso em toda parte, o que sempre gerou perseguições, sofrimento, mas, assim como ele, não podemos esmorecer, e sim seguir avante para o prêmio da soberana vocação. Não importa o que soframos, mas saibamos que a Palavra do Senhor se cumpre através de nós, pois é impossível calar o Evangelho de Jesus Cristo. "Portanto, tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus com glória eterna." (2 Timóteo 2:10). Por esse motivo Paulo não se preocupava de sofrer, desde que o Evangelho fosse pregado e as pessoas tivessem a oportunidade de conhecer e render-se aos pés de Jesus. Não importa o que nos aconteça ou o que passemos, o importante tem que ser sempre a pregação do Evangelho, tem que ser almas convertidas ao Senhor. Se sofrermos e até perdermos as nossas vidas, mas se com isso uma pessoa, uma só alma se converter ao Senhor, então valeu todo o nosso trabalho e sacrifício."Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos". (2 Timóteo 2:11). Jesus morreu para que todos fossem salvos, e, se tivermos que morrer pelo Evangelho, sabemos que também com Ele iremos reinar. Portanto, os que querem realmente servir ao Senhor devem abrir mão de luxo e conforto, das mentiras e engano, e ensinar a verdade sabendo que a nossa recompensa não é aqui, porque o que o mundo pode nos oferecer são perseguições e afrontas, mas em tudo isso o nome do Senhor é glorificado. "Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará; Se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo. Traze estas coisas à memória, ordenando-lhes diante do Senhor que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes. Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade." (2 Timóteo 2:12-16).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
Pr.Henrique Lino

a na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário