NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

SOMOS DEUSES

"E em Jerusalém havia a festa da dedicação, e era inverno. E Jesus andava passeando no templo, no alpendre de Salomão." (João 10:22-23)

A festa da dedicação do templo era comemorada no inverno, no mês de dezembro. Jesus estava passeando pelas instalações do templo, e, quando Ele estava no alpendre de Salomão, foi cercado pelos religiosos, para confrontá-lo. "Rodearam-no, pois, os judeus, e disseram-lhe: Até quando terás a nossa alma suspensa? Se tu és o Cristo, dize-no-lo abertamente." (João 10:24).Assim como o diabo,que arma as astutas ciladas para pegar, prender os filhos de Deus, esses religiosos também da mesma maneira agiram ao se dirigirem a Jesus questionando o que na verdade já sabiam. Queriam que Ele confessasse que era o Cristo, o Filho de Deus, o Messias, para conseguirem um pretexto para acusá-lo e sentenciá-lo à morte.Vieram perguntar se Ele era o Cristo, o Messias, mas esses mesmos questionadores sabiam pelas Escrituras e pelas obras praticadas por Jesus quem Ele era, e por inveja queriam matá-lo. Esses mesmos servos do diabo ainda lotam as igrejas, em busca de soluções mágicas, questionando os verdadeiros homens de Deus, para os acusar."Respondeu-lhes Jesus: Já vo-lo tenho dito, e não o credes. As obras que eu faço, em nome de meu Pai, essas testificam de mim." (João 10:25). Jesus já tinha falado inúmeras vezes nas suas pregações sobre as obras, os milagres feitos por Ele - jamais feitos em Israel -,e as Escrituras,sobre as quais eles meditavam aos sábados e que falava claramente sobre Ele, portanto não existia justificativa para aquele questionamento. Jesus voltou a afirmar que Ele já tinha mostrado e confirmado tudo isso pelas suas obras. Assim são muitas pessoas que lotam templos, igrejas,e que, quando se deparam com homens praticantes e ensinadores do Evangelho de Jesus Cristo, os verdadeiros discípulos de Cristo, que pregam e ensinam a verdade, que pregam sobre santificação, arrependimento, salvação, simplesmente os condenam. Não os aceitam, pois o que buscam e querem são pregações que falam sobre bênçãos e amor, que ensinam a negociar. Todos sabem quem é Jesus e quais são os seus ensinamentos, mas muitos distorcem a Palavra em benefício próprio e ensinam uma heresia às raias da loucura. Sim, da loucura, pois todos os que defraudam a Palavra de Deus estão cometendo atos insanos, que os conduzirão ao sofrimento e à morte eterna, e muitos preferem ignorá-los e tentar desfrutar o máximo aqui, agora.
"Mas vós não credes porque não sois das minhas ovelhas, como já vo-lo tenho dito. As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão." (João 10:26-28).Todos os que procuram um outro evangelho para seguir e praticar, assim o fazem simplesmente porque não são ovelhas do Senhor, porque ovelha segue o seu pastor, e, se são ovelhas de Jesus, então simplesmente o seguirão sem questionar, mas os que não concordam, não aceitam os seus ensinamentos, acham difícil, penoso, é porque não são do Senhor. Os que pregam e ensinam algo diferente, os que criam um evangelho paralelo, o das facilidades, o do amorzinho concordante com o pecado, tolerante com as desobediências, os que só conhecem as misericórdias, os pregadores da prosperidade antibíblica não são ovelhas do Senhor. As ovelhas ouvem a voz e entendem, aceitam, seguem o pastor; as ovelhas de Jesus conhecem os seus ensinamentos e não saem do Caminho. Elas terão vida eterna em Jesus, e ninguém poderá tirá-las do Senhor, somente quem é ovelha, quem ouve, segue, pratica o Evangelho, a Palavra, os ensinamentos de Jesus Cristo. Ouvir Jesus, ser ovelha não é ficar falando o seu nome, nem cantando, ou orando, é simplesmente praticando o Evangelho, é seguindo o Pastor. "Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.Eu e o Pai somos um."(João 10:29-30). Jesus respondeu a esses religiosos de maneira clara, para não ficar sombra de dúvidas, mostrando que Ele era sim o Messias, o Cristo, o Filho de Deus, e que eles não eram ovelhas do Senhor, que não tinham parte no Reino de Deus. Afirmou a sua Divindade quando disse que Ele e o Pai eram uma só pessoa. Também disse que as suas ovelhas ninguém poderia tirá-las Dele, que, por mais que eles perseguissem os verdadeiros discípulos Dele, jamais conseguiriam fazê-los se perder, pois Jesus mesmo os protegia. Jesus fala de Deus e declara que o Pai é maior do que tudo e todos, mostrando o seu Poder ilimitado, e que nenhum homem - que é criatura ou anjo descaído, também criação Dele - poderia atrapalhar quaisquer dos planos do Senhor. E, ao assumir a sua Divindade, mostrando que Ele estava unido a Deus, ninguém poderia frustrar os planos Dele, que eram os de Deus.
 "Os judeus pegaram então outra vez em pedras para o apedrejar. Respondeu-lhes Jesus: Tenho-vos mostrado muitas obras boas procedentes de meu Pai; por qual destas obras me apedrejais?" (João 10:31-32). Quando Jesus responde falando que Ele é Cristo, o Messias, o aguardado, que Ele é o Filho de Deus, e que eles não são ovelhas do Senhor, esses religiosos se revoltam e querem mais uma vez apedrejá-lo, querem matá-lo a pedradas, segundo o costume deles. Aquela era a desculpa que eles queriam para tentar matar Jesus, pois, ao serem confrontados, entenderam que deveriam tirar a luz que estava mostrando que eles eram trevas. Assim são muitos os religiosos da atualidade que, quando são confrontados, quando percebem que são trevas, não buscam se converter e sim perseguir o Evangelho; querem matar Jesus porque a Verdade, a luz incomoda as trevas. Jesus ainda pergunta por quais das obras que Ele fez queriam matá-lo. Essa pergunta ainda hoje é repetida quando se persegue o Evangelho de Jesus."Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa, mas pela blasfêmia; porque, sendo tu homem, te fazes Deus a ti mesmo."(João 10:33). Esses religiosos condenaram a si mesmos, ou seja, assumiram que não eram filhos de Deus, pois filhos seguem os passos do pai; filhos obedecem aos pais e são parecidos com os seus genitores. Jesus era o Filho de Deus, mas o próprio Deus já tinha dito antes que os homens praticantes da sua Palavra eram deuses."Eu disse: Vós sois deuses, e todos vós filhos do Altíssimo. Todavia morrereis como homens, e caireis como qualquer dos príncipes." (Salmos 82:6-7). Quando Jesus assume que Ele é o Filho de Deus e que Deus é Ele, revoltam-se, mas com esse gesto estão negando a si mesmos, negando a paternidade em Deus Pai, confirmando o que Jesus tinha acabado de dizer. Sabiam que Jesus era o Cristo e que era Deus, mas queriam matá-lo. "Respondeu-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: Sois deuses? Pois, se a lei chamou deuses àqueles a quem a palavra de Deus foi dirigida (e a Escritura não pode ser anulada),"(João 10:34-35). Jesus mostra que aqueles a quem a Palavra de Deus foi dirigida e a receberam e a praticaram são filhos de Deus, e ainda lhes lembra que as Escrituras não podem ser anuladas, extinguidas, então o que eles falavam, questionavam era totalmente sem fundamento e descabido. "Àquele a quem o Pai santificou, e enviou ao mundo, vós dizeis: Blasfemas, porque disse: Sou Filho de Deus? Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis." (João 10:36-37). Se ao filho legítimo de Deus, que foi santificado e enviado ao mundo para nos salvar, estavam chamando de mentiroso, mesmo mostrando todos os sinais, então fica claro que esses são servos do adversário. "Mas, se as faço, e não credes em mim, crede nas obras; para que conheçais e acrediteis que o Pai está em mim e eu Nele. Procuravam, pois, prendê-lo outra vez, mas ele escapou-se de suas mãos, E retirou-se outra vez para além do Jordão, para o lugar onde João tinha primeiramente batizado; e ali ficou. E muitos iam ter com ele, e diziam: Na verdade João não fez sinal algum, mas tudo quanto João disse deste era verdade. E muitos ali creram Nele." (João 10:38-42).
 Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário